[ ]
Notícias de Última Hora
Por Notícias de Resende | quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 | Publicado em | Com 0 comentários
Na manhã desta quarta-feira, dia 21 de Janeiro, um autocarro escolar ficou retido, entre Feirão e Resende, na estrada nacional 553.

Em declarações ao Jornal de Notícias, Sérgio Monteiro, Comandante dos Bombeiros Voluntários de Resende afirmou que “nevou muito pouco mas há muito gelo que está a impedir a circulação automóvel”.

O Comandante dos Bombeiros Voluntários de Resende relatou ainda que cerca de 16 crianças foram transportadas para a escola pelos Bombeiros, Proteção Civil e GNR.

A via está a ser revestida de sal pelos bombeiros e prevê-se que a circulação possa ser retomada a partir das 13h.

Ainda por causa do gelo e da neve, as estradas municipais entre Felgueiras-Resende e Ovadas-Resende estão também cortadas ao trânsito automóvel.

João Pereira
joaopereira@noticiasderesende.com
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial, da Guarda Nacional Republicana de Lamego, no dia 13 de janeiro de 2015, na freguesia Resende, procederam à identificação de um indivíduo do sexo masculino de 20 anos de idade, residente naquela freguesia, por furto em residências.

O indivíduo foi identificado na sequência de várias diligências de investigação criminal, que culminaram com a recuperação e apreensão de um aparelho TDT, uma máquina de barbear e luvas utilizadas no furto.

O indivíduo foi constituído arguido, sujeito à medida de coacção de Termo de Identidade e Residência.
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários
Durante a madrugada do dia 16 de Janeiro, a neve instalou-se na Serra de Montemuro e as partes mais altas do Concelho de Resende acordaram com um manto branco que, levou ao corte de várias estradas municipais, entre elas: a EM 553 Feirão – Resende; a EM 554 Ovadas – Resende; a EM 553-1 Felgueiras – Resende, de acordo com informações disponibilizadas na Página Oficial do Facebook da GNR de Viseu.

Todos estes cortes, inviabilizam a chegada a Bigorne e consequentemente, à A24 e demais localidades afetas ao Concelho de Viseu. A alternativa aconselhada é a ida por Avões (Lamego) ou pela Régua, para quem pretenda chegar à A24 ou à região de Viseu.

Também na Página Oficial do Facebook, o Município de Resende dá conta do acesso cortado a Bigorne, referindo que nas principais estradas municipais (Entre S. Cipriano e Bigorne; entre Felgueiras e Bigorne e nas estradas que ligam S. Cipriano, Panchorra e Talhada) não está também autorizado o trânsito automóvel. O Município refere ainda que a Proteção Civil, em colaboração com os Bombeiros Voluntários de Resende estão a proceder aos trabalhos de limpeza com a viatura limpa-neves mas advertem que a constante queda de neve está a dificultar os trabalhos, não havendo ainda previsões para a reabertura dos troços encerrados à circulação automóvel.

João Pereira
joaopereira@hotmail.com
Por Notícias de Resende | segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Militares do Núcleo de Investigação Criminal em colaboração com o Posto Territorial de Resende, do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Lamego, entre os dias 08 e 09 de janeiro de 2015, na freguesia de Resende, procederam à identificação de um indivíduo do sexo masculino de 19 anos de idade, residente em São João de Fontoura - Resende, por furto em residências.

O indivíduo foi identificado na sequência de várias diligências de investigação criminal, que culminaram com a recuperação e apreensão de diversos material.

O indivíduo foi constituído arguido, sujeito à medida de coacção de Termo de Identidade e Residência.
Por Notícias de Resende | sábado, 10 de janeiro de 2015 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Depois da expressiva vitória a acabar o ano de 2014, no dia 28 de Dezembro no Estádio Municipal de Fornelos por 5-0 na receção ao Lamelas, o G. D. Resende deslocou-se a Vila Nova de Paiva para fechar a primeira volta do campeonato da Divisão de Honra da A. F. Viseu frente ao S. C. Paivense, um jogo que terminou com um nulo no marcador (0-0).

No último jogo do ano de 2014 em casa, o treinador Tomás Bernardo fez alinhar no onze inicial: Diogo, Carlitos, João Mário, Rogério, Caio, Tiago, Câe, Gaio, Marante, Coutinho e Ruizinho. Tinha ainda à disposição, no banco, para esse jogo: Marco, Bosingwa, André Correia, Rui Coelho, César Duarte, Hugo Monteiro e César Alves.

Um jogo que se traduziu num passeio da formação resendense a acabar o ano, uma vez que entrou praticamente a ganhar no jogo com um cabeceamento fatal de Rogério, que inaugurou o marcador, depois de um canto logo no primeiro minuto do jogo. Rogério ainda teve tempo para dar mais uma cabeçada certeira, fazendo o seu segundo golo no jogo. O resto dos golos ficaram a cargo de Coutinho que marcou mais dois e Marante, com um golo de belo efeito, num remate de primeira à entrada da grande área. Assim estava fixado o resultado final em 5-0 e um Lamelas, naquela altura com pontuação idêntica ao Resende, completamente anulado pelo Grupo Desportivo de Resende.

André Correia, Hugo e César Duarte acabariam ainda por ser lançados ao longo do jogo na formação da capital da cereja.

No dia 4 de Janeiro, a deslocação a Vila Nova de Paiva tinha reservado um nulo, como aliás também já tinha acontecido na última ida fora de portas, em Tarouca, onde o G. D. Resende também empatou sem golos.

O onze inicial foi composto por: Diogo, Carlitos, João Mário, Rogério, Caio, Tiago, Câe, Gaio, Marante, Coutinho e Ruizinho e no banco, Tomás Bernardo tinha ainda à sua disposição: Marco, Bosingwa, André Correia, Rui Coelho, César Duarte, Hugo Monteiro e César Alves.

Em V. N. Paiva aconteceu um jogo bem disputado por ambas as equipas, onde nenhuma acabou por arriscar, sendo que as melhores oportunidades aconteceram para o lado do Grupo Desportivo de Resende: ainda no primeiro tempo, um remate fortíssimo de Ruizinho já dentro da área que o guarda-redes adversário conseguiu defender e na segunda parte, Coutinho falhou o alvo depois de uma grande jogada pelo lado direito do ataque resendense.

Rui Coelho viria a entrar ainda na primeira parte para render Rogério que se lesionou. Hugo Monteiro e César Alves entraram no segundo tempo, ambos lançados de uma só vez.

Após este empate frente ao S. C. Paivense, o Grupo Desportivo de Resende soma 23 pontos e ocupa a 5ª posição da Tabela Classificativa do Campeonato da Divisão de Honra da A. F. Viseu, embora o Ferreira de Aves e o Castro Daire tenham também a mesma pontuação, restando ainda referir que a equipa resendense tem dois jogos a menos devido a processos que decorrem na A. F. Viseu relativos ao jogo com o Viseu e Benfica e com o Oliveira de Frades.

Na próxima jornada, dia 18 de Janeiro, o G. D. Resende volta a jogar fora, desta feita em Mangualde, onde inicia a segunda volta do campeonato, depois de na primeira volta se ter verificado um empate a duas bolas (2-2) entre as duas equipas.

João Pereira
joaopereira@noticiasderesende.com
Por Notícias de Resende | terça-feira, 6 de janeiro de 2015 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial, da Guarda Nacional Republicana de Lamego, entre os dias 04 e 05 de janeiro de 2015, na freguesia de S. João de Fontoura – Resende, procederam à identificação de dois indivíduos do sexo masculino e um do sexo feminino de 19, 27 e 37 aos de idade, todos residentes naquela freguesia, por furto em residências.

Os indivíduos foram identificados na sequência de várias diligências de investigação criminal, que culminaram com a recuperação e apreensão de um recuperador de calor, um frigorífico, um televisor, dois extintores, um DVD, um auto rádio, um ferro de engomar, duas carpetes de sala, dois passadores metálicos e diversas ferramentas.

Os indivíduos foram constituídos arguidos, sujeito à medida de coacção de Termo de Identidade e Residência.
Por Notícias de Resende | quarta-feira, 31 de dezembro de 2014 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Militares do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Lamego, no dia 31 de dezembro, em São João de Fontoura, Resende, procederam à apreensão de uma máquina de jogo de fortuna ou azar e dinheiro.

Foram constituídos arguidos e prestaram Termo de Identidade e Residência um indivíduo de 35 anos e o explorador do estabelecimento de 40 anos de idade, ambos residentes naquela localidade.

Processo baixou a inquérito.
Por Notícias de Resende | terça-feira, 30 de dezembro de 2014 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Passados sete anos sobre a aprovação do projecto de construção do Pavilhão Multiusos, este continua a não estar em condições de utilização, tais são as deficiências de construção e deterioração de várias zonas e materiais.

Não pode constituir justificativo para os sucessivos desastres, as características de um terreno, anteriormente dedicado ao cultivo e situado junto a uma ribeira. Impunha-se previamente, como em qualquer outra obra, um competente estudo das condições geológicas. Há muito que a construção de grandes edifícios sobre solos pantanosos deixou de constituir uma impossibilidade. Pelo menos desde 1893, com as soluções utilizadas em Chicago. Não podemos esquecer a Baixa Pombalina na cidade de Lisboa, e muito menos a sua estação de metropolitano dos Restauradores, que flutuam sobre um imenso lençol de água. Só uma terrível incúria ou uma grande incompetência podem ter motivado o “afundamento” das estruturas. A verdade é que este projecto devorador de verbas e comprometedor dos recursos camarários para longos anos, arrisca-se a ser velho quando tiver licença de utilização.

Para um orçamento inicial de 15 milhões de euros, já ultrapassou até hoje pelo menos o triplo, não contabilizando os encargos com as reparações e substituição de materiais e equipamento deteriorados. Estes custos podem crescer exponencialmente se, por razões técnicas já equacionadas, a demolição do “Multiusos” se tornar obrigatória.

Neste rol sem fim de atropelos e erros de avaliação, não podemos deixar de condenar o desrespeito que o prolongamento em curva do “Multiusos” constitui, ao penetrar na zona protegida de um imóvel classificado de interesse público, o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios. Este Santuário, com o seu monumental escadório, exemplo de vários estilos e diversas épocas, é um local de culto mariano, dos mais conhecidos do País. A mancha do multiusos e do seu prolongamento constitui um choque inadmissível no enquadramento da encosta que rodeia o escadório, rouba impacto e presença do mesmo a quem se aproxime. Tal concepção arquitectónica, não respeitou a importância religiosa, histórica e artística do monumento classificado. E se tal projecto, na versão e com as dimensões que hoje vemos, mereceu parecer favorável da DGPC, o que duvidamos, é também esta instituição culpada de um péssimo julgamento.

Nos últimos anos temos assistido a um verdadeiro carnaval de ilusionismo para esconder o descalabro financeiro do município. Tentando tapar o sol com a peneira, a Câmara cede a exploração, atribui e absorve dívidas, aluga e desaluga a empresas municipais também elas falidas ou em vias de extinção. É um festival de artimanhas jurídicas destinadas a encobrir o que para todos é evidente, com consequências terríveis a nível financeiro para o desenvolvimento futuro do Concelho.

Tal situação não pode continuar. O agravamento inevitável das sangrias financeiras tem de ser estancado. Urge tomar uma decisão. Para tal a população de Lamego tem que ver respondidas, imediatamente, as seguintes perguntas:

Quanto se gastou até agora no projecto do “Multiusos”?
Quanto é ainda necessário gastar para o tornar funcional?
Quanto custará a sua manutenção normal?
Quais as garantias de estabilidade física da construção?
Qual a real e actual avaliação do valor económico deste terreno e do edifício implantado?
Quanto poderá vir a custar a sua demolição e retirada de destroços?

Porém, o actual executivo camarário da responsabilidade da coligação PSD/CDS, não pode responder a estas perguntas, porque mesmo que o fizesse as respostas não seriam credíveis. A infinidade de ilícitos cometidos sob a responsabilidade do actual Presidente da Câmara, como o prova o despacho do Tribunal de Contas, datado de 2012, é verdadeiramente demonstrativa de que nada podemos esperar de quem parece querer arrastar este processo até ao fim do mandato, para depois deixar o pesadelo para quem vier.

Assim, o Partido Comunista Português, através da sua Comissão Concelhia de Lamego, no soberano interesse dos presentes e futuros lamecenses, requer a imediata intervenção dos organismos do Estado que tutelam a actividade municipal (DGAL, Tribunal de Contas, Ministério Público), para que apurem até às últimas consequências todas as responsabilidades políticas e criminais do Presidente Francisco Lopes e do seu executivo (publicamente já moribundo). É urgente uma sindicância às contas e às deliberações sobre o Multiusos e sobre as Empresas Municipais.

Há que parar este descalabro. Por cada dia que passe com este Executivo em funções, mais se comprometerá o futuro e a possibilidade de elevação da qualidade de vida dos lamecenses.

Lamego, 30 de Dezembro de 2014
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
Reforçando a ancestral ligação do povo à música e à semelhança do que tem vindo a acontecer em anos anteriores, a Câmara Municipal de Mesão Frio voltou a organizar um concerto de Natal, desta vez, interpretado pelo Grupo Coral do Orfeão do Porto. O evento de entrada livre que ocorreu durante a tarde do dia 28 de dezembro, contou com a assistência de dezenas de pessoas e realizou-se na Igreja de Santa Cristina, monumento emblemático e possuidor de condições acústicas ímpares para este tipo de concertos.

O grupo coral misto, centenário, que pela primeira vez atuou em Mesão Frio, apresentou, com a sua excelência, um reportório com as mais belas canções de Natal, numa interação animada com o público. Esta sublime combinação assinalou e comemorou a época festiva com muita vivacidade e reportórios musicalmente diversificados. O presidente da Autarquia de Mesão Frio, Alberto Pereira, juntamente com o restante executivo municipal, marcou também presença neste espetáculo, dirigido pelo maestro Afonso Alves.

O grupo coral do Orfeão do Porto, instituição de utilidade pública desde 1981, é um coro misto que tem já diversas distinções honoríficas, tendo atuado em vários países europeus. Fazem parte do seu reportório os eternos clássicos de Natal, desde os cantos tradicionais portugueses, bem como alguns europeus e ainda aqueles que à escala mundial são intemporais.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Integrados em diversos grupos folclóricos, culturais, etnográficos e associativos, centenas de cidadãos, vão concentrar-se no próximo dia 5 de janeiro, junto aos Paços do Concelho de Baião, a partir das 21h30, para dar corpo à tradição do Cantar dos Reis.
Vindos de todo o concelho, os grupos vão cumprir mais uma vez a tradição desta época festiva, num evento aberto ao público em geral.

A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de Baião e irá contar com a participação especial dos reis magos Belchior, Gaspar e Baltazar!

No dia 31 de janeiro realizar-se-á um encontro de Cantadores das Janeiras no Mosteiro de Santo André de Ancede, promovido pela Junta de Freguesia local, com o apoio da Câmara Municipal de Baião.

Por Notícias de Resende | segunda-feira, 29 de dezembro de 2014 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Devido ao êxito de afluência de público e vendas da Feira de Artesanato de Lamego, a realização deste certame será prolongada até ao próximo domingo, 4 de janeiro. A Câmara Municipal de Lamego e o Centro de Empresas da Região de Lamego, entidades organizadoras, acederam ao pedido da maioria dos artesãos e instituições locais participantes que pretendem continuar a exibir os seus trabalhos artísticos durante mais alguns dias, numa época em que esta cidade recebe por tradição muitos visitantes e emigrantes.

Recorde-se que a Feira de Artesanato de Lamego, situada na emblemática Av. Dr. Alfredo de Sousa, tem à venda o que de mais genuíno e autêntico se faz no concelho, nas áreas do artesanato, da gastronomia e da doçaria.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , | Com 0 comentários
Militares do Posto Territorial de Resende, do Destacamento Territorial da Guarda Nacional Republicana de Lamego, no dia 28 de dezembro de 2014, em Resende, detiveram um indivíduo do sexo masculino de 34 anos de idade, residente em São João de Fontoura – Resende, por posse de arma ilegal.

Foi apreendida uma carabina calibre 12.

O detido vai ser presente no Tribunal judicial de Lamego, no dia de hoje
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
No passado dia 26 de dezembro, em Santa Marinha do Zêzere, o Presidente da Câmara Municipal de Baião, José Luís Carneiro, entregou os apoios correspondentes aos acordos de execução e a dois meses de contratos interadministrativos, formalizados no ano de 2014 entre a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia.

Os contratos interadministrativos, à imagem dos acordos de execução, decorrem da lei e transferem para as Juntas de Freguesia recursos financeiros e a responsabilidade de assegurar a limpeza das vias e espaços públicos, sarjetas e sumidouros; a manutenção e reparação do mobiliário urbano instalado no espaço público, com exceção daquele que seja objeto de concessão e a construção, execução e pavimentação das vias municipais de circulação.

No decorrer da sessão o edil baionense referiu que as autarquias de freguesia “são o primeiro poder de proximidade no contato dos cidadãos com o estado e deste com as populações”.

“O escrutínio e a prestação de contas é um dever de todos nós. Procuramos fazê-lo junto dos cidadãos e explicar a todos os baionenses os recursos disponíveis e o modo como são aplicados, assim como a razão das prioridades assumidas”, salientou José Luís Carneiro.

Durante a sessão o autarca baionense pediu aos presidentes de junta para “fazerem a mesma prestação de contas explicando aos fregueses o modo como os recursos públicos estão a ser aplicados”.
“No decorrer do presente ano o valor entregue às juntas de freguesia foi superior a 600 mil euros”, sublinhou o autarca baionense.

No passado sábado, dia 26 de dezembro, a Câmara Municipal de Baião entregou às juntas de freguesia a importância de 249.590,71 euros, e que foram distribuídos da seguinte forma:
- União das freguesias de Ancede e Ribadouro – 29.797,08 euros;
- União das freguesias de Campelo e Ovil – 40.161,68 euros;
- Freguesia do Gôve – 16.216,72 euros;
- Freguesia de Gestaçô – 10.921,31 euros;
- Freguesia do Grilo – 17.666,68 euros;
- Freguesia de Santa Marinha do Zêzere – 29.812,58 euros;
- União de freguesias de Teixeira e Teixeiró – 23.725,68 euros;
- Freguesia de Frende – 733,32 euros;
- União de freguesias de Loivos da Ribeira e Tresouras – 25.335,82 euros;
- União de freguesias de Santa Cruz do Douro e Covelas – 21.569,22 euros;
- Freguesia de Loivos do Monte – 10.951,72 euros;
- União de freguesias de Santa Leocádia e Mesquinhata – 6.360,50 euros;
- Freguesia de Viariz – 14.896,68 euros;
- Freguesia de Valadares – 1.441,72 euros.

Marcaram presença na sessão representante das várias autarquias de freguesia do concelho, o Presidente da Assembleia Municipal de Baião, José Pinho Silva, o vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira, entre outros colaboradores da autarquia.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , | Com 0 comentários
Mais uma vez, os jovens nadadores da Escola Municipal de Natação de Lamego conseguiram uma excelente prestação no circuito municipal da modalidade que juntou, desta vez em Viseu, as escolas do distrito. A delegação de Lamego subiu quatro vezes ao lugar mais alto do pódio. A jovem nadadora Carolina Ribeiro assumiu um especial protagonismo ao superar toda a concorrência em 100 metros costas (categoria C7) e 200 m estilos. No conjunto dos lugares pontuáveis, também Pedro Santos (100m costas/C8) e Tiago Pinto (100m costas/C2) lideraram as provas que efetuaram.

A prova ocorrida em Viseu colocou em competição dentro da piscina, mais uma vez, centenas de jovens nadadores da região que brindaram o público presente com prestações de elevado nível, em diferentes estilos. No final da terceira jornada do Circuito Municipal de Escolas de Natação, a formação de Lamego alcançou a 12ª posição da classificação geral por equipas, num total de 21 coletividades em prova.

Os interessados em integrar a Escola Municipal de Natação de Lamego e, deste modo, participar em competições desportivas devem dirigir-se às Piscinas Municipais Cobertas a fim de efetuarem a respetiva inscrição.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , , | Com 0 comentários
O Comando Territorial de Viseu intensificou o patrulhamento e a fiscalização rodoviária no período de 23 a 28 de dezembro, tendo dado prioridade às vias mais críticas e com maior intensidade de tráfego.

Neste período foram fiscalizados 1.255 condutores, tendo sido detidos 9 condutores por condução sob o efeito de álcool e 11 por condução sem habilitação legal. Foram ainda elaborados 334 autos de contraordenação, destacando-se 17 por excesso de álcool, 23 por cinto de segurança e SRC, 14 por uso de telemóvel, 17 por falta de inspecção periódica, 7 por falta de seguro, 16 por iluminação e sinalização e 8 por pneus. No decorrer da operação foram também detetados 229 condutores em excesso de velocidade.

Comparativamente com igual período do ano de 2013, durante este período, registaram-se 47 acidentes (menos 43), uma redução de 48%, 1 ferido grave (igual ao ano passado) e 13 feridos leves (menos 35), uma redução de 73%.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
A Câmara Municipal de Resende em organização conjunta com o Grupo Coral de Resende e a Banda de S. Cipriano “A nova”, apoiados pela Paroquia de Resende realizaram um “Concerto de Natal” na Igreja da Imaculada Conceição em Resende, numa conjugação inédita em Resende.

Nas palavras do Diretor Artístico do Grupo Coral de Resende, Luís Matos, “era uma ideia já de há muito tempo e que este ano concretizamos, em grande parte pelo incentivo dado pelo Munícipio de Resende”.

O Grupo Coral de Resende e a Banda de S. Cipriano “A Nova” foram regidos pelo Maestro Paulo Teixeira, Diretor Artístico da Banda de S. Cipriano “A Nova”, exceto numa das interpretações em que o próprio convidou o Maestro Luís Matos, Diretor Artístico do Grupo Coral de Resende a reger, sendo este seguidamente homenageado com a entrega de um ramo de flores, o que veio também a acontecer mais à frente com o Maestro Paulo Teixeira, também ele agraceado com um ramo de flores, ambos com a respetiva saudação dos presentes.

Ao longo de mais de duas horas de espetáculo, o público presente, que encheu totalmente a recente Igreja da Imaculada Conceição, assistiu à interpretação de oito peças musicais, entre elas: “A Christmas Festival” de Leroy Anderson, arranjo para a Banda Filarmónica de Renato Ribet; Carmina Burana de Carl Orff, arranjo para a Banda Filarmónica de Jay Bocook; Noite de Natal com arranjo de Paulo Teixeira; Eltrizante (“Máquina” – Amor Eletro, “Asas Delta” – Clã, “Primavera” – The Gift e “Rosa Fogo” – Amor Eletro) com arranjo de Paulo Teixeira; Va Pensiero de Giuseppe Verdi; Saltitando no Douro com arranjo de Paulo Teixeira; Estudante Boémio (“Cantar de Estudante”, “Ondas do Douro”, “Viver e amar”, “As sete mulheres do minho”, “A gaivota” do projeto Amália Hoje e “Chula de Paus”; Suite de Natal com arranjo de Afonso Alves foi a última interpretação do Grupo Coral de Resende e da Banda de S. Cipriano “A Nova”.

Nas palavras dirigidas aos presentes, Garcês Trindade, Presidente da Câmara Municipal de Resende, afirmou: “o que aconteceu aqui hoje é grandioso”, enaltecendo a brilhante interpretação dos intervinientes e agradecendo a todos na pessoa do Maestro Luis Matos e do Maestro Paulo Teixeira. Garcêz Trindade aproveitou ainda para desejar a continuação de Boas Festas a todos os presentes, em especial aos resendenses, e a esperança num novo ano melhor do que este que agora termina.

João Pereira
joaopereira@noticiasderesende.com
Por Notícias de Resende | domingo, 28 de dezembro de 2014 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Dez novas ambulâncias de socorro vão entrar em funcionamento na segunda-feira em várias regiões, numa parceria entre o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e as corporações de bombeiros locais, informou hoje o INEM.

As ambulâncias vão assim reforçar "de forma significativa" a assistência às situações de emergência médica pré-hospitalar nas regiões de Mogadouro, Mondim de Basto, Resende, Vila Nova de Foz Côa, Murtosa, Oliveira de Frades, Estarreja, Chamusca, Ferreira do Zêzere e Vila Viçosa.

O objetivo é aumentar a cobertura de meios de emergência pré-hospitalar, reforçando a resposta às situações de acidente ou doença súbita, especifica o INEM, acrescentando que a disponibilização destes meios vem "melhorar de forma importante a capacidade operacional das Corporações de Bombeiros que são parceiras do INEM no Sistema Integrado de Emergência Médica".

Estas ambulâncias vão funcionar nas corporações de bombeiros através da criação de Postos de Emergência Médica (PEM), aos quais foram disponibilizadas ambulâncias, equipamento e formação. 

As ambulâncias que começam a operar na segunda-feira estão todas equipadas com Desfibrilhador Automático Externo (DAE), um "importante recurso para a assistência a vítimas de paragem cardiorrespiratória".

Para além de fornecer a ambulância de socorro e de garantir a manutenção da viatura, o INEM paga um quantitativo por cada serviço prestado pelas Corporações de Bombeiros que dispõem de um PEM, bem como um subsídio trimestral fixo, para comparticipar as despesas dos Bombeiros.

Atualmente, o INEM tem 265 Ambulâncias sediadas em Postos de Emergência Médica, 89 na zona norte, 71 no centro e 105 no sul do país.

Agência Lusa
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 26 de dezembro de 2014 | Publicado em , , , | Com 0 comentários
A Guarda Nacional Republicana realizou, em todo o território nacional, durante o período de 15 a 24 de dezembro, a operação “Comércio Seguro”, com o objetivo de garantir a segurança junto dos comerciantes e clientes.

Durante a operação estiveram empenhados 4563 militares dos comandos territoriais (das secções de programas especiais, da investigação criminal e dos postos territoriais), que levaram a efeito diversas ações de sensibilização junto de 13 551 comerciantes, alertando-os para os procedimentos de segurança a adotar para prevenir ilícitos criminais.

Para além das ações de sensibilização, a Guarda reforçou o patrulhamento junto das zonas de comércio, com o objetivo de proporcionar aos lojistas e clientes condições efetivas de segurança, bem como garantir uma maior proximidade a este público-alvo, favorecendo o contacto direto para a transmissão de conselhos preventivos.

Durante a operação, no distrito de Viseu, estiveram empenhados 128 militares das Secções de Programas Especiais, da Investigação Criminal e dos Postos Territoriais, que levaram a efeito diversas ações de sensibilização junto de 622 comerciantes, alertando-os para os procedimentos de segurança a adotar para prevenir ilícitos criminais.