Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Veículo ligeiro volta a entrar pelo portão adentro na Rua de São Salvador. Moradores não sabem o que fazer
domingo, 13 de janeiro de 2013 Publicado por Notícias de Resende

Depois de no dia 3 de maio de 2012, um carro ter embatido no portão de entrada de uma casa na Rua de S. Salvador e ter sido notícia neste site (http://www.noticiasderesende.com/2012/05/veiculo-ligeiro-bate-e-entra-pelo.html), o mais temido pelos moradores voltou-se a repetir no passado dia 9 de janeiro de 2013. O acidente deu-se por volta das 17:00h do mesmo dia, provocando 3 feridos ligeiros, que viajavam no carro.

Há muito que o Notícias de Resende alerta para a falta de infra-estruturas suficientes para a circulação de peões, assim como o facto de os automobilistas não terem em conta a circulação permanente de estudantes ou outros peões. Desde maio de 2012, numa notícia publicada aqui no site (http://www.noticiasderesende.com/2010/11/rua-de-sao-salvador-rua-que-preocupa.html), que o Notícias de Resende alerta para o perigo desta estrada. Já nesse ano (2010), aquando da notícia, tinham acontecido alguns atropelamentos, e o Notícias de Resende dava conta da preocupação dos moradores mas também Pais e Encarregados de Educação, visto que a estrada liga duas Escolas (Escola Preparatória e Externato D. Afonso Henriques).

Os moradores, perante esta situação, já atuaram, enviando cartas e realizando um abaixo-assinado com perto de 500 assinaturas com destino à Câmara Municipal de Resende. Se nada for feito, prometem avançar com outro tipo de acções.

João Pereira

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

13 comentários para "Veículo ligeiro volta a entrar pelo portão adentro na Rua de São Salvador. Moradores não sabem o que fazer"

  1. Anónimo

    pORRA ESTE INDA É PIOR, SE ESTAVA ALI ALGUÉM LIMPAVAM-LHE O SEBO.

  2. Anónimo

    A culpa é de quem anda com muita velocidade, não pensam no perigo quando chove é pior, travam por causa da curva, meu amigo há que andar devagar.

  3. Anónimo

    Só quando morrer alguém é que a camara vai fazer alguma coisa...

  4. Anónimo

    isto é uma camara de m..., não se pode dizer palavrões se nao eles iliminam..
    Só podem gastar dinheiro com obras grandes, dão mais lucro, para compor as estradas e dar segurança ás pessoas, não tem dinheiro.

  5. Anónimo

    O primeiro sinistro do ano 2013, mas infelizmente o enésimo de uma lista que parece nunca ter fim!! Diga lá Senhor Presidente António Borges, continua a achar que não há nada a fazer por esta estrada que é camarária e da sua responsabilidade, ou da responsabilidade dos seus fiéis seguidores?

  6. Anónimo

    Este é o 1º. de 2013. E quantos mais se irão seguir?
    Mais uma vez, venho alertar as pessoas responsáveis do Município de Resende para que sejam tomadas medidas de segurança, para evitar uma desgraça. Se isto que está à vista de toda a gente, é politiquice.... (Foi dito por um PARASITA) que está na Câmara, a ser pago por nós contribuintes, não sei o que terá que acontecer para provar que efectivamente, isto é muito sério.Já sobre o tal PARASITA, não se pode dizer o mesmo. Ademar Ferreira Leitão

  7. Anónimo

    Soluções?
    Perguntem aos eng. da câmara, ora essa, para que é que lhes pagamos?
    E diga-se que são mais do que as mães.
    Alguns deles até andam lá só para ver os comboios, mas, como em Resende não passam continuam a espera.
    Por amor de Deus, se o grande responsável ou os filhos dele tivessem que aqui passar, já tinha arranjado solução, disso podem ter a certeza...
    ass: Dulce Leitão

  8. Anónimo

    Soluções? Os peritos não somos nós, moradores. Mas já que insiste eu apresento-lhe algumas:

    1º - No Barracão, localidade que se não estou em erro pertence à Freguesia de S. Martinho de Mouros, estão os semáforos à espera de caírem de podre, que teriam mais utilidade nesta estrada. Digo...assim como quem não quer a coisa;

    2º - Lombas de redução de velocidade, e não me venham dizer que são proibidas, senão percam uns minutos e vejam a legislação. Mas não sei, se calhar sou eu que não entendo bem as coisas e nesse caso peço que me expliquem "como se fosse engenheira da câmara" se é que entenderam a ironia;

    3º - Alargamento da via pública, neste caso seria necessário um esforço maior, mas não é impossível, é mais uma questão de vontade. Porque se são capazes de expropriar lotes de terras maiores, também são certamente capazes de pagar por um metro de estrada.

    Parece-lhe bem como soluções ou parece-lhe que para alguém que não tem o diploma de perita nas estradas e nas engenharias civis, não são soluções suficientemente adequadas? Se não forem, por favor, não se acanhe, e sinta-se à vontade para sugerir. Várias cabeças a pensar, são sempre melhor que umas...!!!

    Ass.: Susana Leitão

  9. Anónimo

    1. A estrada é perigosa e estreita.
    2. Expropriar 1m para cada lado, para ser justo.
    3. Reduzir a velocidade para 20km/h e colocar um radar.
    4. Duvido que os acidentados fossem a 40km/h que julgo ser a velocidade obrigatória.

    5. A culpa da Câmara foi ter dado estágios demais porque se ainda estivesse a estagiar provavelmente estava tudo a piar fininho.

    6. Gosta de saber quem foi o eng. e de que partido, que aprovou a construção daquela casa com aquele muro a 1cm da estrada sem haver passeio, realmente os donos da casa podiam abrir um processo para apurar em que moldes foi passada a licença, isto é, se houve licença.. antes ou depois de ser construída…

    7. Telhados de vidro

    8. Têm bom remédio.. este ano há eleições, se não estão de acordo com o actual.. votem nos putos,
    a crítica é positiva desde que construtiva.


    Ass. A pedrada


  10. Anónimo

    Para o anónimo de 19 de Janeiro de 2013 à0 17:50

    Como proprietária da casa em questão e principal interessada no caso, gostava de lhe responder, mas antes de mais nada, gostava de compreender o que escreveu...!!!

    Ass. Dulce Leitão

  11. Anónimo

    Estou de acordo com tudo o que li . So é pena que se modarmos de presidente venha um pior que este por isso vamos nos contentando com este ...

  12. Anónimo

    Resposta ao anónimo de 19 de Janeiro 2013 às 0 17;50

    1º. Estamos de acordo.

    2º. Expropriar 1metro para cada lado da estrada, é de todo impossível, visto ter que mexer em muitas casas que estão construídas ao longo da estrada. Caso não saiba, é bem diferente alargar uma estrada onde só tem terreno, do que onde há casas.

    3º. Estamos de acordo.

    4º. Estamos de acordo.

    5º. Gostaria que fosse mais clara(o) sobre os estágios da Câmara.

    6º. Quanto ao Engº. que aprovou a construção desta casa, também aprovou outras construções idênticas. Quem é ou quem era, é um assunto que não me preocupa, nem tão pouco perco tempo com isso. Quanto à sua dúvida, se tem ou não licença, então abra o dito processo. E já agora, se isso incomoda assim tanto, pode contar as casas que estão à beira da estrada, e aproveitar para abrir um processo para cada uma delas...

    7º. Telhados de vidro tem você, senão não vinha para este espaço como anónima(o). Não será muita cobardia??
    Ou estará algum tacho em causa?

    8º. Quanto às eleições, é um problema que só a mim diz respeito, e votarei em quem entender. Mas, desde já lhe posso garantir, que mais vale apostar na JUVENTUDE, que nos REFORMADOS. Para que não haja dúvidas, aqui vai a minha identificação: Ademar Leitao.

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html