Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Secular sabonete termal recuperado nas Caldas de Aregos: “Sabonete Aregos” recuperado em Resende
sábado, 9 de novembro de 2013 Publicado por Notícias de Resende

O “sabonete Aregos”, secular sabonete termal, feito à base das águas “milagrosas” das Caldas de Aregos, já se encontra à venda nos Postos de Turismo, no Museu Municipal de Resende e do Douro, nas Termas de Caldas de Aregos, nas farmácias e em algumas unidades hoteleiras e de restauração do concelho de Resende. O sabonete também pode ser adquirido online, no sítio eletrónico http://www.douromemories.com.

Este produto é o resultado de um projeto denominado “Douro Memories”, da autoria de dois investigadores das raízes históricas das Caldas de Aregos, Paulo Sequeira e Pedro Ferreira, com o objetivo de recuperar, preservar e promover o tradicional sabonete de Aregos. De referir que o projeto, que conta com o apoio do Dólmen – Associação de Desenvolvimento Local, recebeu em maio deste ano uma menção honrosa no “Prémio Rural Criativo 2013”, pela “qualidade, inovação e apresentação”, entre 42 a concurso.

O sabonete Aregos é produzido pela “Ach Brito” e foi formulado com as famosas “aquas calidas” das Caldas de Aregos, redutoras da atividade cutânea, antioxidantes, antibacterianas/antifúngicas, estimuladoras do desenvolvimento celular, indicadas para tratamentos de eczemas, psoríases, atopias/alergias e queratoses, entre outras doenças de pele.

A origem deste sabonete remonta a 1917, quando o desenvolvimento da estância termal das Caldas de Aregos foi acompanhado pelo aparecimento de um conjunto de novos serviços e produtos. O sabonete, à base das águas sulfurosas de Aregos, promovia as termas, a localidade e a região do Douro, entrando, simultaneamente, nos hábitos higiénicos da maioria da população.

A produção ficou a cargo da primeira fábrica nacional de sabonetes e perfumes, Claus & Schweder, mais tarde adquirida pela “Ach Brito”, e a promoção foi efetuada por Raul de Caldevilla, pioneiro da publicidade moderna em Portugal, através do seu Escritório Técnico de Publicidade (ETP). A publicidade, nos jornais diários de maior tiragem da época, realçava o seu caráter medicinal: “O SABONETE AREGOS é um producto directo das célebres ÁGUAS D’ AREGOS, famosas na cura das DOENÇAS DA PELE (…). O seu uso deixa a pele macia e aveludada. É um producto sério, primorosamente perfumado, sem colorido artificial, que reúne verdadeiras utilidades (…)”. Em meados do século passado, a diminuição de aquistas às termas da moda provocou a progressiva diminuição e o fim definitivo do seu fabrico e comercialização.

“Com este projeto recupera-se a aplicação das águas milagrosas das Caldas de Aregos em sabonete”, referem os promotores. “Para além do carater utilitário e benéfico do sabonete, pretendeu-se, também, potenciar e promover a localidade e a região através de uma moderna e original caixa, assim como de um expositor, em forma de barco rabelo, que transporta o sabonete termal das Caldas de Aregos em substituição das tradicionais pipas de vinho do Porto”, explicam.

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Secular sabonete termal recuperado nas Caldas de Aregos: “Sabonete Aregos” recuperado em Resende"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html