[ ]
Notícias de Última Hora
Lamego: Aniversário da Misericórdia de Lamego debateu o futuro do setor social
terça-feira, 2 de maio de 2017 Publicado por Notícias de Resende

A Misericórdia de Lamego promoveu um grande debate nacional sobre a sustentabilidade futura das misericórdias portuguesas para celebrar o 498º aniversário da sua fundação. O encontro juntou provedores de todo o país, para além do Presidente da União das Misericórdias e do Diretor do Centro Distrital de Viseu do Instituto da Segurança Social, com o objetivo de partilhar ideias para garantir que estas organizações continuem na vanguarda da proteção e do desenvolvimento das comunidades onde se situam. “Encontramo-nos num momento difícil em termos da sustentabilidade económica financeira de boa parte das nossas instituições, pois se por um lado, as despesas crescem, nomeadamente as despesas com pessoal, por outro lado, as receitas estagnam, dado que já há vários anos que os valores dos acordos estabelecidos com a Segurança Social não têm qualquer aumento”, explicou à audiência o Provedor da Misericórdia de Lamego, António Marques Luís.

Com um legado histórico de quase cinco séculos, a Santa Casa da Misericórdia de Lamego é hoje uma instituição de referência, no concelho e na região, na área da solidariedade social. Na hora de assinalar mais um aniversário, organizou, no Teatro Ribeiro Conceição, onde há alguns séculos, iniciou a sua atividade assistencial com a construção de um hospital, um importante seminário que juntou mais duas centenas de pessoas ligadas ao setor social, para escutarem um vasto leque de oradores, composto sobretudo por dirigentes de instituições sociais e responsáveis de projeto. O evento contou com a colaboração institucional da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego.

Durante a sua intervenção, Marques Luís esclareceu em pormenor o andamento dos principais projetos que a instituição que dirige tem neste momento em desenvolvimento de modo a assegurar a sua sustentabilidade e continuar a ser uma organização de referência e de excelência.

Revelou, em primeiro lugar, que foi concluído recentemente o licenciamento do Lar de Idosos de Arneirós e lançado o concurso público para adjudicar a sua requalificação “muito em breve e iniciar a obra, resolvendo um problema que nos atormentava e preocupava e que estava há vários anos por resolver”. Em seguida, destacou que também já foi concluído o projeto de reabilitação da Ilha Amarela, na cidade do Porto, e obtido o licenciamento junto da Câmara Municipal do Porto, pelo que dentro de pouco tempo será lançado o concurso público para a obra, “contribuindo duma forma, muito importante, para a reabilitação de uma zona profundamente degradada, num complexo moderno, duma residência universitária, bem integrado arquitetonicamente, que dignificará o nome da Santa Casa e que lhe proporcionará um bom rendimento futuro, tão importante para sua sustentabilidade”. Por último, adiantou, que “após intensas e difíceis negociações”, foi alcançado um acordo com a ARS Norte e com administração do Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro, que em breve será assinado, que permitirá que esta Misericórdia seja “ressarcida dos valores que nos eram devidos”, relativos às rendas em atraso da ocupação do antigo Hospital de Lamego.

A terminar, revelou em primeira mão que já chegou a um acordo com um grupo de médicos nefrologistas portugueses com vista ao aluguer duma parte destas instalações para a abertura de uma clínica de hemodiálise. “Temos uma visão para esta instituição, qual seja, a de a levar a ser, uma instituição de referência e de excelência, na prestação de cuidados nas diferentes áreas em que atua, a custos economicamente comportáveis e sustentáveis, num ambiente de trabalho que permita o desenvolvimento pessoal e profissional dos seus colaboradores e que seja uma alavanca do crescimento económico e social do nosso concelho”, enfatizou.

A programação do dia encerrou com a realização, na Igreja das Chagas, de uma missa evocativa, celebrada por D. Jacinto Botelho, Bispo Emérito da Diocese de Lamego, e acompanhada pelo Coro desta Misericórdia.

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Lamego: Aniversário da Misericórdia de Lamego debateu o futuro do setor social"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html