[ ]
Notícias de Última Hora
Carlos Bianchi: Autárquicas 2017: Um novo rumo para Castro Daire
segunda-feira, 3 de abril de 2017 Publicado por Notícias de Resende

As eleições autárquicas, que se avizinham, podem (e devem) ser um referencial da mudança que se impõe ao nosso Concelho.

Comparando alguns indicadores de Castro Daire, entre 2009 e 2015, e analisando as respostas do Município, verificamos resultados que impõem muitas reflexões.

Em primeiro lugar, entre 2009 e 2015, Castro Daire perdeu 6,8% de população (1.059 habitantes), sendo que o número de jovens diminuiu em cerca de 2% e o número de idosos por cada 100 jovens aumentou 23,8%. Dito de outro modo, o concelho não só perde habitantes, como também envelhece, o que potencia a perda de rendimentos às famílias. Quais foram as respostas do Município:
a) Para o envelhecimento da população: A criação do Cartão Viver Mais.
b) Para a perda de habitantes. Como diria Jorge Jesus: bola.
c) Para a fixação de população jovem e aumento da natalidade: o Enxoval do Bebé e a concessão de apoios às despesas escolares.

Estas duas últimas medidas levam-nos à análise dos indicadores natalidade e população escolar, em segundo lugar. Ora, dizem-nos os dados oficiais que, entre 2009 e 2015, os nascimentos, por ano, diminuíram 26,2% (passando de 122 para 90) e o número de alunos diminuiu 27,7% (de 2.824 para 2.042). Dito de outro modo, pese embora as despesas do Município tenham aumentado com as duas medidas, certo é que nada resolvem e o envelhecimento da população, bem como a diminuição de quadros do Concelho, não foram resolvidos.

Vejamos, agora em terceiro lugar, os indicadores quanto à saúde do tecido económico do concelho. O número de empresas, não financeiras, com sede em Castro Daire, entre 2009 e 2015, aumentou 7,2% (de 1.025 para 1.292). Seria óptimo não fossem outros dados. O número de pessoas ao serviço dessas empresas, diminuiu 8% (de 3.084 para 2.836); o número de desempregados, inscritos no centro de emprego aumentou 67,3% (de 498 para 833); o número de desempregados, inscritos nos centros de emprego, há mais de um ano, aumentou 200% (de 134 para 402). Quais as respostas, do Município, para os problema:

a) Aposta nos programas de ocupação, emprego e inserção e estágios profissionais, a realizar no Município, sendo que dos realizados, menos de 4,5% resultaram em emprego, para os participantes;
b) Incapacidade de fixação de empresas, sendo paradigmático o facto de recentemente uma empresa de Castro Daire ter investido cerca de um milhão de euros, noutro concelho, por não lhes ter sido dada resposta do Município.
c) Ausência de quaisquer medidas de apoio à criação de empregos.

Finalmente, analisemos um outro indicador que deve merecer a nossa maior atenção: o aumento, em cerca de 75% dos crimes registados por cada mil habitantes (de 12 para 21). Ou seja, de cerca de 188 crimes registados, em 2009, passou-se para uns significativos 306 crimes, em 2015. Quais as respostas do Município? Não existem, que se saiba.

Ou seja, Castro Daire perde população, envelhece, não fixa os mais jovens, perde capacidade de gerar empregos e vê a criminalidade aumentar.

Que faz, ou fez, o executivo PS, entre 2009 e 2015. Nada ou quase nada. Ou melhor e mais rigorosamente dito: Pouco, muito pouco.

Será que depois de 8 anos de exercício de poder, sem olhar para as pessoas, pode o mesmo Executivo, ser um motor de desenvolvimento do Concelho? Responda o amigo leitor. Cá para nós, achamos que não e isso justifica a mudança.

Ah! e caso se duvide dos números acima apresentados, uma recomendação, consulte-se no sitio www.pordata.pt, separador municípios, os números relativos a Castro Daire

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Carlos Bianchi: Autárquicas 2017: Um novo rumo para Castro Daire "

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html