Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Penafiel: Centro Hospitalar consegue mais recursos humanos e procura combater a precariedade: 24 Enfermeiros passaram para contrato por tempo indeterminado: Cerca de 40 assistentes operacionais vão ser contratados a partir de janeiro
quarta-feira, 21 de dezembro de 2016 Publicado por Notícias de Resende

São 24 os enfermeiros que desde dezembro passaram de contrato a termo incerto para contrato por tempo indeterminado.

Num claro combate à precariedade e em consonância com a estratégia da tutela para fixação de recursos humanos, o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) assinou contrato por tempo indeterminado com 24 enfermeiros.

Os profissionais agora contratados vieram reforçar as equipas de enfermagem dos Serviços de Cirurgia, Medicina, Obstetrícia, Ortopedia, Urgência e Urologia.

Além destas situações e da contratação recente de mais médicos e enfermeiros, estratégia que continuará a ser seguida em 2017, o CHTS recebeu luz verde do Ministério da Saúde para contratar já no início do ano cerca de 40 novos assistentes operacionais.

Além da autorização para a contratação, a tutela informou ainda que no próximo ano o CHTS terá mais 4, 2 milhões de euros face a este ano o que abre portas também a outros investimentos e projetos onde os recursos humanos são fundamentais.

Carlos Alberto, presidente do Conselho de Administração do CHTS, considera que “com estas contratações dá-se seguimento à estratégia do Governo de aumentar os recursos que são necessários para o melhor funcionamento do Serviço Nacional de Saúde e neste caso em concreto para melhorar o acesso e o nível de cuidados que prestamos aos utentes da região que servimos.

“O CHTS é um centro hospitalar com uma produção elevadíssima e de grande qualidade graças aos seus profissionais, mas chega a uma altura em que é preciso criar mais e melhores condições e é esse o nosso objetivo”, acrescenta ainda o presidente do Conselho de Administração.

Carlos Alberto faz também a ressalva, “somos a segunda maior urgência do norte do País e com excelentes serviços e níveis de cuidados prestados à população que precisam de ser reforçado. Em termos clínicos foi também possível desde setembro contratar para os quadros 18 novos médicos especialistas de diversas áreas e outros 18 para apoiar áreas mais desfavorecidas. Não chega, mas estamos no bom caminho.”

José Ribeiro, enfermeiro diretor, refere que “ao nível da enfermagem, a conversão de contratos para tempo indeterminado de 24 enfermeiros significa não só o combate à precariedade como aumenta também o nível motivacional dos profissionais, culminando com a sua fixação no CHTS. Estas novas condições, bem como as recentes e futuras contratações de enfermeiros, procuram dotar o centro hospitalar de profissionais que fazem falta e que são fundamentais para o dia a dia dos cuidados hospitalares”.

Em setembro e outubro deste ano, as equipas clínicas do CHTS foram já reforçadas com as contratações de um técnico de Fisioterapia, vários médicos e enfermeiros.

Os profissionais na altura admitidos vieram reforçar as áreas de Anestesiologia, Cardiologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Medicina Física e de Reabilitação, Medicina Interna, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Ortopedia, Patologia e Psiquiatria.

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Penafiel: Centro Hospitalar consegue mais recursos humanos e procura combater a precariedade: 24 Enfermeiros passaram para contrato por tempo indeterminado: Cerca de 40 assistentes operacionais vão ser contratados a partir de janeiro"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html