Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Jantar Convívio da Concelhia do PS em Resende juntou 800 pessoas: As eleições legislativas de Outubro foram o tema central
quarta-feira, 1 de abril de 2015 Publicado por Notícias de Resende

No passado dia 28 de Março a Concelhia do PS de Resende organizou um jantar convívio no qual, entre militantes e simpatizantes, estiveram presentes cerca de 800 pessoas.

Pedro Bacelar Vasconcelos, Secretário Nacional do Partido Socialista marcou presença em representação da Direção Nacional. O mesmo afirmou no seu discurso que: “Há 4 anos quando este governo iniciou campanha eleitoral o que é que eles nos diziam? Que o país estava uma desgraça, que os culpados da desgraça do país eramos nós, o governo socialista. Eles entendiam que não era admissível pedir mais sacrifícios ao povo. Lembro-me como se fosse hoje, no ato da tomada de posse do atual Presidente da República, Cavaco Silva dizer “Não é possível pedir mais sacrifícios aos portugueses” Garantiram, prometeram tudo. Despedimentos na função pública? Nem pensar! Encerramento de Serviços? Nem pensar! O que é que fizeram? A partir do primeiro dia que chegaram ao governo fizeram tudo, mas absolutamente tudo, ao contrário da narrativa que inventaram para derrubar o Partido Socialista. Aquilo que assistimos foi à negação cabal de todas as expectativas que garantiram durante a época eleitoral. O que assistimos é que tudo o quanto eram críticas e acusações feitas por parte da oposição ocorreram durante estes 4 anos de governo. O desemprego; a ausência de cuidados de saúde; a dificuldade em obter serviços de justiça; a diminuição e cortes dos salários, o aumento dos impostos; a crise económica que nos rodeia essa mantem-se dura e cravada bem fundo na nossa pele. E todos nós o sabemos porque a suportamos amargamente ao longo destes 4 anos. Ao contrário do que dizem os governantes nada melhorou neste país. Bem pelo contrário, a situação agravou-se, as reformas não se fizeram, a dívida subiu, agravou-se. Exige-se que em Portugal mas também em Bruxelas, junto dos nossos parceiros da União se consiga dar expressão a um profundo descontentamento que reclama governos mais atentos e responsáveis perante os seus próprios povos. Temos que nos mobilizar para o combate, denunciar as mentiras e os enganos deste governo.”

O jantar contou ainda com as intervenções de Garcez Trindade, Presidente da Câmara Municipal de Resende; Jorge Caetano, Presidente da Concelhia do PS e António Borges, Presidente da Federação de Viseu.

Garcez Trindade pediu união à população. “Gostaria de agradecer a vossa presença neste jantar convívio do PS, vocês que são o nosso batalhão do combate que está quase a chegar. Nós em Resende temos que contribuir para a vitória do Partido Socialista nas eleições legislativas de Outubro. Resende tem sido absolutamente ofendido pelo governo atual. No ano passado perdemos o nosso Tribunal e o Serviço de Atendimento Noturno do Centro de Saúde. As pessoas que querem tratar das suas ações judiciais têm que se deslocar a Viseu ou Lamego. Um nosso conterrâneo adoeceu subitamente a 30 m do Centro de Saúde e acabou por falecer a caminho de Cinfães por não ter um médico para o assistir em Resende. Diminuíram ao complemento de solidariedade dos idosos, diminuíram ao abono de família, ao RSI, os pobres ficaram mais pobres, as pessoas estão a passar mal em Resende. Temos que nos insurgir com isto tudo. É inadmissível, estão a tirar-nos a dignidade. Temos que nos unir, que trabalhar! Se vocês todos que aqui estão forem lá para fora comunicar isto às pessoas vamos quadruplicar os votos. É isto que vocês têm que fazer, é esta a nossa luta. Podem dizer que tenho um discurso negativo, mas não. Eu digo a verdade. E é o que vocês têm que fazer lá fora, digam a verdade, digam quem nos tem trucidado, desqualificado, prejudicado, tirado a nossa dignidade. Peço-vos que lutem para que efetivamente derrubemos este governo que tão mal nos tem feito.”

O Presidente da Concelhia do PS, Jorge Caetano, salientou as dificuldades com que nos debatemos com o governo atual. “O momento que todos vivemos, em Resende; no País e na Europa, obriga-nos a encarar os próximos combates políticos com uma enorme Responsabilidade! A Responsabilidade de quem sabe que um novo paradigma da Politica e dos Políticos se instalou na sociedade. Tem sido muito difícil observar a Direita e a Comunicação Social a instrumentalizar os dados e as noticias sobre o despesismo dos Governos do Partido Socialista. Ouvir e ler, todas as campanhas que atentam contra a seriedade e competência dos ex-governantes do Partido Socialista. Foi difícil quando o Governo PSD-CDS fechou o nosso tribunal, tornando o acesso à justiça em Resende mais caro e mais distante. Quando encerrou a nossa Urgência noturna. Tem sido muito difícil para um concelho do Interior, como o nosso, ver o Estado a abandonar centenas de famílias, cortando-lhes os apoios e as prestações sociais, lançando para a pobreza os mais frágeis e os mais necessitados. Este não é o discurso do pessimismo. É a realidade! Orgulham-se de ter os cofres cheios à custa da redução de salários, por terem cortado milhares de prestações sociais, à custa da maior redução no orçamento para a saúde. Temos que ter uma voz firme e dizer-lhes olhos nos olhos que não queremos os cofres cheios à custa do empobrecimento dos Portugueses. Temos que dizer aos Portugueses que as exportações aumentaram porque tivemos governos do partido socialista que apostaram na inovação tecnológica do País, que apostaram nas energias renováveis e na modernização das infraestruturas, que acreditaram no potencial empreendedor dos Portugueses! Este terá que ser o nosso caminho! Um caminho assente na obra geradora de oportunidades e de emprego.

António Borges demonstrou o seu apoio à luta dos resendenses. “Queria testemunhar o meu grande apreço pelo nosso Presidente da Câmara. Não é fácil o lugar que ele ocupa. Não tem sido fácil mas todos reconhecemos é um grande camarada, que merece o nosso apoio, que estejamos sempre ao seu lado. È ele que leva na mão aquilo que são os nossos valores de sempre, as nossas ambições de sempre. E esses valores são os do Partido Socialista, do Desenvolvimento, da Igualdade, da Fraternidade, que todos nós reconhecidamente cultivamos em Resende. Independentemente das circunstâncias a minha presença, mais como resendense não tanto como presidente da Assembleia Municipal e da Federação Socialista, é para vos dizer que sempre estarei ao lado do nosso Presidente da Câmara, do nosso Presidente da Concelhia, dos militantes do PS, daquilo que é a ambição de fazermos da nossa terra uma terra fraterna, de oportunidades e uma terra onde como sempre sejamos capazes de reforçar o orgulho resendense. Nós temos a obrigação de nas próximas eleições legislativas de estar à altura da nossa responsabilidade enquanto pais, filhos e cidadãos. Temos que nos perguntar se são estes os governantes que merecem a nossa confiança. A grande oportunidade que todos nós temos de voltar a um ciclo de prosperidade, ambição e confiança no futuro existe nas próximas eleições legislativas. Façamos das próximas eleições um momento de decisão para o futuro da nossa terra e para o futuro do nosso país.”

O evento serviu para mostrar o descontentamento quanto às reformas políticas do governo atual e ainda o de consciencializar a população socialista dos direitos enquanto cidadãos e dos deveres nas próximas eleições legislativas. 

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Jantar Convívio da Concelhia do PS em Resende juntou 800 pessoas: As eleições legislativas de Outubro foram o tema central"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html