Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Partido Socialista de Resende: Resposta ao comunicado da coligação “ Juntos pela Terra”
sexta-feira, 7 de novembro de 2014 Publicado por Notícias de Resende

Vereador Jaime Alves (PSD/CDS) continua a difundir comunicados onde a mentira e a ignorância são, as conclusões a destacar.

Tendo em conta as considerações publicadas pelo Sr. Vereador Dr. Jaime Alves intituladas "contributos para o futuro (Opções do Plano e Orçamento)”, a maioria PS do executivo agradece os contributos, registando o seguinte:

Refere que a maioria socialista copia medidas do programa eleitoral do PSD/CDS, nomeadamente referentes à valorização e qualificação dos produtos endógenos com especial enfoque na cereja e nas cavacas.

Não pretendemos reclamar a autoria desta ou daquela ação, uma vez que concretizaremos todas as que entendermos contribuírem para a melhoria da qualidade de vida dos resendenses, independentemente de sermos ou não os primeiros a idealizar, mas a este propósito, anda mal mais uma vez o Sr. Vereador quando tenta fazer passar para os resendenses algo que não corresponde à verdade, já que as Grandes Opções do Plano e Orçamento de 2012 e 2013 contemplavam como medida em execução a certificação da "Cereja de Resende". O Sr. Vereador não lê concerteza o que discute e vota nos órgãos municipais ou deliberadamente falta à verdade , logo, mente.

No que respeita à valorização dos recursos endógenos, nomeadamente a cereja, cavacas e gado de raça arouquesa, será ainda importante socorrer-se da memória para enquadrar e comparar o posicionamento destes produtos antes da governação municipal do partido socialista e o processo de valorização e afirmação que entretanto foi e continua a ser concretizado. Não esperamos o seu reconhecimento, mas tão só reavivar-lhe a memória na discussão.

No tocante à energia eólica, o Sr. Vereador associa demagogia com incompetência e desconhecimento, porque se por um lado a exploração da energia eólica depende de atribuição de licenças por parte do governo, sendo que o governo que apoia e se encontra em funções, SUSPENDEU em fevereiro de 2012 a atribuição de novas licenças, por outro, as licenças são atribuídas ao setor privado, não dependentes das ações municipais. Desconhecemos que o Sr. Vereador, que pugna pelo interesse do desenvolvimento do concelho, como forma de contributo e não demagógica, tenha indicado qualquer pretensão de particular neste domínio.

Não obstante, o executivo está e estará sempre empenhado em aproveitar as oportunidades que contribuam para o desenvolvimento do concelho, nomeadamente as constantes do "Portugal 2020"
De facto o Acordo de Parceria assinado com a Comissão Europeia, denominado "Portugal 2020", estabelece como uma das prioridades a concretização de AIDUS - Ações Integradas de Desenvolvimento Urbano Sustentável, de ITI – Investimentos Territoriais Integrados e ainda de DLBC – Desenvolvimento Local de Base Comunitária.

Assim o Acordo de Parceria prevê desde já a existência de ITI a nível NUT III e de AIDUS nas Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto, bem como de DLBC em áreas rurais

Afirma o Sr. Vereador no referido texto designado de “contributos para o futuro” que " É urgente que o município comece, desde já, a realizar o seu trabalho de casa, criando bases para a elegibilidade das suas candidaturas" nomeadamente enquadráveis em AIDUS para a área urbana de Caldas de Aregos, ora tal proposta resulta de perfeito DESCONHECIMENTO sobre a temática já que as AIDUS apenas se destinam a ações integradas das duas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto.

É provável que tenha ouvido algo sobre AIDUS em qualquer lugar, que tentou reproduzir, o contexto é que não é este. Parece-nos que mais uma vez tenta fazer PASSAR uma imagem de conhecimento dos dossiers, que de facto não tem, sendo que talvez seja possível fazê-lo junto dos seus apoiantes partidários. Não permitiremos, no entanto, que os resendenses embarquem nesse embuste.

Caldas de Aregos, como consta das Grandes Opções do Plano, em tempo oportuno, será objeto de ação integrada de valorização urbana, enquadrada em instrumentos de financiamento que não os que propõe o Sr. Vereador, já que as AIDUS não se aplicam ao nosso território.

A sua terceira proposta versa sobre a alienação da Companhia das Águas das Caldas de Aregos, ora estaremos perante mais um ato de demagogia ou o Sr. Vereador que coloca os interesses do concelho acima de qualquer outro é conhecedor de alguma iniciativa privada nesse sentido e vai de imediato apresentá-la nesta câmara. Como bem sabe, porque participou na discussão e votação do processo de concurso público que visa essa alienação e, que em resultado da crise económica e financeira que o país tem atravessado, ficou deserto. Temos desde então desenvolvido diversas iniciativas no sentido de concretizar a operação, mas parece que o Sr. Vereador vai agora contribuir para a solução com a apresentação de privados que a concretizem, ou, devem os resendenses entender como mais um ato de demagogia.

Concluímos, agradecendo mais uma vez os contributos, mas estaríamos nós e todos os resendenses à espera que os seus (Governo) incluíssem propostas de iniciativas que visassem a reabertura imediata do Tribunal de Resende e o não encerramento das urgências noturnas no Centro de Saúde e que junto do Governo que apoia, e responsável pelas respetivas decisões, tivessem  resultados em benefício de todos os resendenses.

Resende, 07 de novembro de 2014
Garcez Trindade

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Partido Socialista de Resende: Resposta ao comunicado da coligação “ Juntos pela Terra”"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html