Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Apesar dos receios, smartphones tornam-se âmago da infidelidade
terça-feira, 18 de novembro de 2014 Publicado por Notícias de Resende

Ao passo que se deposita mais confiança em dispositivos móveis como ferramenta de conveniência, os Portugueses começam a desconfiar acerca da maneira de como os seus dados são partilhados e visualizados – especialmente os adúlteros.

De acordo com um recente inquérito realizado a mais de 10.000 utilizadores da Victoria Milan, um dos sites de relacionamentos líder para quem procura um caso extraconjugal, dois-terços (67%) dos utilizadores utilizam smartphones para contactar os seus amantes – embora mais de 80% temam que os dados dos seus dispositivos acabem nas mãos erradas.

Com uma margem surpreendente – 74% - os respondentes confessaram manter um “relacionamento íntimo” com o seu smartphone, ainda que optem por não o utilizar como ferramenta para a traição. Daqueles que decidiram fazê-lo, mensagens de texto sensuais, trocadilhos com o amante ou chats eróticos através de redes sociais públicas revelaram-se populares, não obstante o risco que apresentam.

Contudo, quase três-quartos (72%) dos inquiridos afirmaram que preferem utilizar sites específicos, tais como a Victoria Milan, a fim de prosseguirem com os seus casos mais discretamente. Atendendo ao receio demonstrado pela exposição à força de traições por meio de smartphones, esta estatística aponta para uma maior conscientização acerca da “big data”, assim como recente mentalidade pro-segurança a nível mundial, a qual se espraiou até algo tão visceral como o romance.

“Eventos recentes, tais como as ‘Revelações da Vigilância Global’ de Snowden e os ‘Despedimentos Facebook’, despertaram as pessoas para o facto de a privacidade ser o novo luxo,” diz Sigurd Vedal, fundador e CEO da Victoria Milan.

“Por vezes parece que tudo o que fazemos é categorizado, escrutinado e partilhado. Mas naquilo que toca às nossas vidas privadas, ansiamos intimidade e portanto é difícil ser sexualmente honesto com outra pessoa quando estamos sempre a olhar por cima do ombro ou a preocupar-nos com um eventual post público acidental. Foi por isso que fundei a Victoria Milan: para dar às pessoas a oportunidade de serem elas próprias, sem medo. É essa a diferença que separara um site de relacionamentos que leva a confidencialidade dos seus clientes a sério das demais redes sociais e planos de partilha pública de dados.”

Questões do Inquérito

10.256 utilizadores da Victoria Milan Inquiridos

Utiliza o smartphone para contactar o seu amante, enviar mensagens de texto sexuais, ou fazer chats eróticos através de redes sociais?
Sim 67%
Não 33%

Já alguma vez teve medo que as informações enviadas através do seu smartphone acabem nas mãos erradas?
Sim 83%
Não 17%

Considera ter um relacionamento “íntimo” com o seu smartphone?
Sim 74%
Não 26%

Prefere utilizar sites como a Victoria Milan para contactar o seu amante mais discretamente?
Sim 72%
Não 28%

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Apesar dos receios, smartphones tornam-se âmago da infidelidade"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html