Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Exclusivo: Entrevista a Alexandre Bastos, Presidente do Grupo Desportivo de Resende
sábado, 2 de agosto de 2014 Publicado por Notícias de Resende

Alexandre Bastos, foi reeleito Presidente há pouco mais de um mês nas eleições para os Órgãos Sociais do Grupo Desportivo de Resende e vai cumprir o seu terceiro mandato à frente do clube. Nesta entrevista concedida ao João Pereira, Alexandre faz-nos um balanço de todos estes anos à frente do Grupo Desportivo de Resende, fala-nos de algumas mudanças na estrutura do clube para este novo biénio 2014-2016 e admite que o objetivo é manter os Seniores na Divisão de Honra da A. F. Viseu e sempre melhorando a classificação. Como em tudo, as dificuldades são também presentes na vida do clube e o presidente não foge a elas, indicando o financiamento como principal opositor.

Fala-nos ainda da ajuda que é as condições proporcionadas pelo novo Estádio de Fornelos, principalmente na fixação de atletas e promete que este ano o Grupo Desportivo de Resende vai voltar a ter o escalão de juniores, afirmando que a formação sempre foi, é e continuará a ser uma aposta do clube. Justifica a escolha do novo treinador, Tomás Bernardo e pede apoio a todos os sócios, adeptos e simpatizantes para a próxima época que se avizinha.

Além de tudo isto, há ainda muito mais para descobrir sobre Alexandre Bastos e o Grupo Desportivo de Resende nesta entrevista.

João Pereira – Foi eleito recentemente para o seu terceiro mandato à frente do Grupo Desportivo de Resende. Quer fazer-nos um balanço destes anos de presidência do clube? 

Alexandre Bastos – O balanço que faço é positivo, o primeiro mandato foi o mais complicado até porque estávamos a competir em campo emprestado. Nos 3 anos seguintes estabilizamos e conseguimos manter o clube na divisão de Honra da A.F. Viseu.


JP – Para este mandato, há algumas mudanças no que diz respeitos aos órgãos sociais. Porquê?

AB – Houve realmente algumas alterações principalmente de cargos, a entrada dos novos directores bem também ajudar a dar uma maior dinâmica ao clube para este novo mandato.


JP – Quais são os principais objetivos para este novo mandato?

AB – Manter o clube na divisão de honra melhorando sempre na tabela classificativa. Pretendemos também estruturar o clube em termos administrativos para melhorar na proximidade aos sócios e simpatizantes.


JP – Quais foram as principais dificuldades ao longo destes anos em que preside o clube?

AB – A principal dificuldade é sempre financeira, pois todo o quadro competitivo em que participamos tem custos elevados na A.F. Viseu. A nossa localização geográfica também não ajuda tanto nas deslocações para as competições como na angariação de jogadores para as várias equipas que temos a competir.


JP – Foi durante os seus mandatos que o G.D. de Resende se fixou na Divisão de Honra da A.F. de Viseu. Foi essa a grande vitória destes anos?

AB – Sem dúvida, essa é a uma das grandes vitórias que conseguimos. Com esse feito temos presenteado os nossos sócios e simpatizantes com grandes jogos no nosso estádio.



JP – Nos últimos anos temos também tido grandes notícias a nível dos escalões de formação, com vários campeões até. A formação é também importante e deve ser a grande aposta daqui para a frente?

AB – A formação sempre foi uma aposta do clube, e vamos continuar a trabalhar para que seja cada vez melhor.


JP – A nível de condições, o Grupo Desportivo de Resende possui talvez as melhores condições que se pode proporcionar aos atletas. É provavelmente um dos poucos clubes no país com esse privilégio. As obras exercidas no Estádio Municipal de Fornelos e as condições criadas nele foram determinantes para o crescimento do clube?

AB – Claro que sim, o estádio novo veio ajudar muito, e nesse aspeto temos que agradecer ao Município as condições que nos proporcionam. Mas não é tudo, um estádio novo não é o garante de um maior e melhor clube, é preciso muitas horas perdidas dos seus directores e treinadores para que esse crescimento se verifique.


JP – Hoje em dia, e voltando aos escalões de formação, temos muitos desportos que são proporcionados à nossa juventude no concelho. O que é que continua a fixar tantos atletas no Grupo Desportivo de Resende? O que é que o clube tem para oferecer?

AB – O clube oferece aos atletas a possibilidade de praticar o desporto Rei que é o futebol. O facto de termos agora um relvado sintético também ajuda a fixar e aumentar o número de atletas.


JP – A nível de associados, e sendo que as quotas são também uma ajuda para as despesas do clube, as pessoas continuam a querer ser sócias do Grupo Desportivo de Resende?  

AB – Na conjuntura atual não é fácil angariar e manter os sócios, mas quem gosta do clube com certeza que se vai manter sócio. Com tudo, apelo a todos os resendenses que ainda não são sócios que o façam para que o clube cresça cada vez mais.


JP – Quanto aos jogos disputados no Estádio Municipal de Fornelos, considera que a assistência nos últimos anos tem vindo a aumentar? Se sim, porquê? O que é que faz as pessoas quererem estar mais perto do Grupo Desportivo de Resende e assistir aos jogos?

AB – As nossas assistências no estádio foram sempre das melhores do distrito, juntando a esse facto a melhoria da equipa e da qualidade de jogo da mesma, é evidente que vamos ter cada vez mais gente assistir aos jogos. Contudo o novo estádio também teve a sua dose de responsabilidade nesse aumento de espectadores.



JP – Na época transata (2013/2014) o G.D. Resende não teve o escalão de juniores a disputar o campeonato distrital. Para 2014/2015 vamos ter esse escalão de volta ao ativo?

AB – Sim, está tudo encaminhado para termos a equipa de juniores, e não tenho dúvidas que vamos ter uma excelente equipa.


JP – Para treinador da equipa sénior, voltou a escolher um treinador da terra. Porquê é que a escolha recaiu sobre o Tomás Bernardo?

AB – O Tomás para além de ser Resendense, é um treinador competente com um passado muito ligado ao futebol como jogador que lhe dá créditos para fazer um excelente trabalho no nosso clube.


JP – Quanto ao plantel para esta época que se aproxima, a aposta na continuidade da maior parte dos jogadores que vêm já de anos anteriores, é notória. Porquê?

AB – Porque os projetos assentam em bases sólidas, e se no ano passado fizemos uma época em que cumprimos os nossos objetivos não fazia sentido alterar tudo de uma hora para outra.


JP – Quais são os objetivos da equipa sénior do Grupo Desportivo de Resende para a época 2014/2015?

AB – O objetivo é a manutenção com um lugar nos 6 primeiros classificados.


JP – Para finalizar, qual é a importância do Grupo Desportivo de Resende hoje em dia no nosso concelho?

AB – Na minha opinião é muito importante, somos a instituição mais antiga do Concelho e a que mais atletas têm a competir. Somos hoje vistos com outros olhos e começam a dar valor ao trabalho realizado no clube.


JP – Gostaria de acrescentar mais alguma coisa à sua entrevista?
Gostava que todos os Sócios e simpatizantes do clube nos apoiem e que não se esqueçam que todos a puxar para o mesmo lado seremos mais fortes no futuro.

Agradeço oportunidade desta entrevista e estarei sempre disponível para colaborar com o Noticias Resende.

Abraço,
Alexandre Bastos

João Pereira
joaopereira@noticiasderesende.com

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "Exclusivo: Entrevista a Alexandre Bastos, Presidente do Grupo Desportivo de Resende"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html