Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Por Notícias de Resende | segunda-feira, 31 de março de 2014 | Publicado em , , , | Com 0 comentários
“+ Baião para Todos”: assim se designa o Plano de Desenvolvimento Social (PDS), que o Conselho Local de Ação Social de Baião aprovou a 28 de março para os próximos seis anos. Até 2020 deverão ser implementadas cerca de 90 atividades ou medidas, destinadas a atingir 35 objetivos concretos, repartidos por seis eixos temáticos.

O presidente do Conselho Local de Ação Social e vereador dos Assuntos Sociais da Câmara de Baião, Paulo Pereira, congratulou-se pela aprovação por unanimidade do documento e destacou o facto der um documento com “soluções” e “lógicas” à medida de Baião e assente na parceria e na participação entre os vários agentes da rede social do concelho.

Paulo Pereira agradeceu a participação de todas as entidades que fizeram propostas para o PDS, ajudando a construir um plano “rico, adaptado à realidade local e passível de ser colocado em prática”. Referiu, também, que o modelo de governação do plano permite a monitorização e adaptação das medidas, consoante este vá sendo implementado.

Também presente na reunião, o presidente da Câmara Municipal de Baião, José Luís Carneiro referiu que alguns dos problemas sociais e demográficos com os quais o concelho se defronta, como sejam a quebra demográfica e o envelhecimento da população, não são um exclusivo de Baião. “São uma realidade nacional e europeia. Os problemas com que nos confrontamos não devem ser vistos segundo uma perspetiva partidária, mas deve sim unir todas as forças políticas, sociais, empresariais e associativas do concelho na sua resolução”, acrescentou.

José Luís Carneiro elogiou ainda o facto de o PDS estar alinhado com um plano social de âmbito regional e com a estratégia nacional e europeia até 2020.

Na reunião do Conselho Local de Ação Social estiveram presentes autarquias de freguesia, agrupamentos de escolas, instituições de solidariedade social, serviços públicos de saúde e segurança social, forças de segurança e corporações humanitárias, para além de entidades privadas do sector da formação e saúde, com assento no órgão.

DA INFÂNCIA AO ENVELHECIMENTO ATIVO

O Plano de Desenvolvimento Social tem como objetivo essencial a promoção da dignidade da pessoa, assente na supressão e/ou atenuação dos constrangimentos que impedem a sua valorização, conforto e inclusão na sociedade como cidadãos ativos de pleno direito.

O plano desenvolve-se ao longo de seis eixos: “Envelhecimento Ativo e Inclusivo”, “Emprego, Formação e Empreendedorismo”; “Incapacidades e Dificuldades na Autonomia e Mobilidade”; “Família, Infância e Juventude”; “Habitação, Acessibilidades e Transportes” e “Saúde”.

Entre os vários indicadores de impacto definidos no PDS está a garantia uma oferta formativa profissional nas áreas da agricultura e do turismo; a integração de 40 famílias em habitação social até 2020; o envolvimento de 2000 pessoas em idade ativa em ações de qualificação até 2017; o aprofundamento do Projeto Educativo Concelhio de Baião; a criação de um Lar Residencial para Cidadãos com Incapacidades até 2020; a criação de uma Universidade Sénior até 2017; a aprovação da Carta de Responsabilidade Social Partilhada para o Bem-Estar de todos; a criação de uma casa-abrigo até 2018; a implementação da rede Local de Intervenção Social e da Consulta Multidisciplinar de Alcoologia.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
A Orquestra do Norte vai divulgar as principais obras do seu repertório sinfónico, coral e operático num concerto que ocorrerá no próximo domingo, 6 de abril, pelas 16 horas, no interior da Sé Catedral de Lamego. Patrocinado pela Câmara Municipal, o evento “Música no Caminho Interior de Santiago” quer valorizar este templo religioso e dar a conhecer o trabalho desenvolvido pela orquestra sinfónica.

O espetáculo, de entrada livre, conta com a participação de Pedro Macedo Camacho (Requiem por Inês de Castro), Carla Caramujo (soprano), Rodrigo Carvalho (baixo), Coro Sinfónico Inês de Castro e Artur Pinho Maria (direção).
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
A presença do “Baião Rally Team” no WRC Fafe Rally Sprint 2014 não poderia ter culminado de melhor maneira, já que a dupla Vítor Pascoal / Martim Azevedo alcançou uma extraordinária vitória na Categoria A, sendo a única equipa Portuguesa a subir ao pódio final da prova organizada pelo ACP Motorsport e pela Câmara Municipal de Fafe.

Aos comandos do Mitsubishi Evo VII #41, Pascoal e Azevedo, imprimiram forte andamento ao longo das duas passagens de prova, batendo em ambas os seus directos adversários, perante uma multidão estimada em 120.000 pessoas!

“Desta vez privilegiamos a velocidade em detrimento do espectáculo, pois queríamos oferecer a vitória a todos aqueles que nos apoiam, tanto aos nossos fãs, como aos nossos patrocinadores, sem os quais nos seria impossível continuar a praticar esta modalidade de que tanto gostamos,” começou por referir Vítor Pascoal. “Acredito que todos terão ficado agradados com o andamento que imprimimos! Uma vez mais aqui quero deixar o meu agradecimento pessoal à Organização pelo excelente espectáculo que nos ajudaram a proporcionar perante esta fabulosa moldura humana! Este é um evento fabuloso a todos os níveis, e um dos pontos altos da temporada, pelo que, a vitória teve aqui um significado especial. Gostava de renovar o meu agradecimento aos nosso patrocinadores e à MCO Racing Team por nos ter voltado a colocar o Mitsubishi em condições de discutir a vitória.” Concluiu o piloto Baionense.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários

No passado dia 22 de Março, Paulo Sequeira e Pedro Ferreira apresentaram o seu novo livro “Caldas de Aregos- As Águas Milagrosas do Douro”. A obra de banda desenhada foi ilustrada por José Vicente e conta a história das termas de Caldas de Aregos desde os tempos em que a terra se destacou pelas suas águas milagrosas.

Paulo Sequeira fez uma breve introdução do projeto Douro Memories, no qual a obra está incluída. Projeto esse que, segundo o próprio, “(…) pretendeu registar todo o significativo acervo cultural e histórico encontrado que para além de condensar todos os testemunhos culturais do passado, pudesse promover, divulgar e potenciar a região. Surgiu assim o livro de banda desenhada “Caldas de Aregos- As Águas Milagrosas do Douro”, aqui apresentado hoje. Esta publicação era mais que merecida para o nosso concelho, para a região do Douro, na qual nos inserimos. Ela evoca o passado das Caldas de Aregos, terra que se notabilizou pelas suas águas milagrosas como eram chamadas. Na conjugação de uma paisagem de encantar, dos prodígios da Natureza e do esforço humano, nasceu e prosperou ao longo dos séculos uma estância mágica para os viajantes que aqui encontraram o descanso, a tranquilidade, as atividades sociais e claras capacidades curativas, sempre milagrosas, das suas águas (…)”

Álvaro Bonito, presidente da Escola de Tecnologia e Gestão de Lamego esteve presente para fazer a apresentação do livro, na qual referiu “(…) se o livro nos leva por uma viagem histórica, não se fica pelo passado longínquo e distante, mas traz-nos também até aos dias de hoje e deixa referências sobre o que se fez, o que se faz e o que se vai fazer para trazer de novo as Caldas para o estatuto que já teve, mas que vai querer voltar a ter.”

António Borges, Presidente da Assembleia Municipal e autor do prefácio da obra, Garcez Trindade, Presidente da Câmara Municipal, e Telmo Pinto, Presidente da Dólmen, Associação de Desenvolvimento Local também intervieram na sessão.


Foi também feita uma apresentação do livro em versão áudio-livro narrada por José António Pereira, resendense estudante de Ciências da Comunicação e colaborador do Notícias de Resende. 

Raquel Evangelina
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
No passado dia 24 de Março estive à conversa na Emissora Regional de Resende com Isabel Santos Moura. A escritora, natural de Matosinhos, mas residente em Baião é a autora do livro infantil “O Anjo Gabriel, o Miguel e o livro de papel”. Transcrevi a entrevista para que os leitores do Noticias de Resende tivessem oportunidade de conhecer um bocadinho melhor a autora e a obra.

Raquel Evangelina- Isabel, quando começou o gosto pelo mundo da literatura?
Isabel Santos Moura- Eu sempre gostei muito de livros porque, apesar de neste momento estar a trabalhar na biblioteca, desde pequena que a biblioteca é para mim uma segunda casa. A minha mãe também trabalhava numa, portanto eu saía das aulas e ia para lá ler, fazer os trabalhos de casa e a biblioteca foi desde cedo o meu mundo, o meu espaço.

RE- E foi algo que começaste por iniciativa própria ou tiveste alguém que te incentivasse à leitura?
ISM- Sim, o facto de a minha mãe trabalhar numa biblioteca foi o que funcionou como a maior motivação. Passava bastante tempo lá, o contacto com os livros era muito próximo. Acho que veio muito da minha mãe a veia dos livros, de gostar de ler.

RE- Já sei que em pequena lias muito. Quais os teus autores favoritos da época?
ISM- Sempre gostei muito da coleção “Uma Aventura” da Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada. Lembro-me de à noite estar na cama a ler e muito entusiasmada dizer à minha mãe: “Oh mãe em que capítulo é que achas que eu vou?” e de ela dizer “Ah se calhar no 3º ou no 4º”  e eu “Não, já vou no 6º”. Foi uma coleção que me cativou bastante.

RE- Sei que ganhaste um prémio literário na infância. Foi a partir daí que ficaste com a ideia que um dia escreverias um livro?
ISM- Talvez. Eu sempre gostei muito de livros. Na altura concorri a esse concurso, intitulado “Conta com a Barbie” de uma revista existente na altura que era a revista da Barbie, creio que agora não existe. O conto chamava-se “O Sonho” e talvez tenha sido daí que começou a crescer o bichinho da escrita.

RE- Falando então agora no teu livro “O Anjo Gabriel, o Miguel e o livro de papel”. Em que consiste a obra?
ISM- Esta história é fruto do meu trabalho, isto é, uma das coisas que eu faço na biblioteca é desenvolver atividades junto do público mais jovem, atividades com crianças. Ateliers temáticos na Páscoa, Natal, Carnaval, e uma das coisas que fazemos no final de cada sessão é requisitar livros e uma altura uma das crianças que até costumava ler e levar livros para casa não quis. Eu achei aquilo estranho e perguntei-lhe o porquê de não querer levar livros para casa e o que ela me disse foi que o pai lhe tinha oferecido um tablet no aniversário e que sempre que ele quisesse ler ia buscar os livros à internet de graça. E isso deixou-me preocupada. Qual seria o futuro da minha profissão e o futuro do livro em papel? Até porque o facto de os livros estarem disponíveis online pode pôr em causa direitos de autor como acontece por exemplo com as músicas, com os filmes. Decidi escrever então esta história para preservar a memória do livro em papel.

RE- Cada vez há uma maior preocupação com a escassez dos recursos naturais. Tendo em conta que os livros digitais são uma opção a que não se gastem folhas, logo se poupe árvores achas que os livros em papel podem estar à beira da extinção?
ISM- Não acredito que o livro em papel seja instinto por causa disso. Realmente uma das vantagens que se vê ou que se aplica ao livro eletrónico é precisamente o de não se gastar papel. Acontece que se a maior parte das pessoas for como eu vai-se gastar papel na mesma porque quando tenho que ler um artigo eletrónico costumo imprimi-lo. Acho que não é por aí até porque mesmo que o livro eletrónico poupe papel em termos ambientais não é bio degradável demora muito mais tempo a decompor-se do que o papel.

RE- Quais são para ti os pontos fortes, as vantagens que o livro em papel tem em relação ao digital?
ISM- Um dos pontos é o que explico no livro e tento transmitir às crianças, o livro em papel nunca nos deixa ficar mal. Vamos em viagem de comboio, de avião, seja o que for temos o livro em papel podemos ler até ao final da mesma. Com o livro eletrónico já não é bem assim porque estamos dependentes de um suporte que precisa de bateria para funcionar, a qualquer momento pode ser roubado e podemos ter no tablet 20, 30 ou 40 livros e ficar sem eles. Para mim essa é a maior vantagem. Há também o toque da folha, o cheiro, algo que não é possível com o tablet que é muito mais impessoal. E depois tem outra coisa, que tento explicar isso aos miúdos, vamos a um sítio qualquer à presença de um escritor numa livraria e o livro pode ser personalizado, o escritor pode dedicar-nos o livro, fazer uma dedicatória, não pode fazer isso no tablet, não é?

RE- Este livro infantil tem sido promovido nas escolas, a Isabel esteve também recentemente no Luxemburgo no Salão do livro. Independentemente de papel ou digital tem havido um declínio na leitura nas nossas crianças. Na sua opinião que medidas se deveriam tomar para incentivar a leitura?
ISM- Em certa medida o tablet, a tecnologia até pode incentivar as crianças a ler. Por outro lado o tablet por exemplo, embora possa aproximá-las da leitura porque uma das funcionalidades que tem é precisamente o acesso a livros eletrónicos, vai acabar por distrai-las da leitura porque também se pode lá jogar, aceder à internet. Penso que para incentivar as crianças a ler, se possível livros em papel, as bibliotecas desempenham um papel muito importante. O que eu tento fazer na biblioteca de Baião que é onde trabalho é aliar atividades de trabalhos manuais que as crianças gostam muito com as histórias, com o livro. Fazer as atividades sim mas não fazê-las por fazer, ter sempre uma componente didática e no final da sessão tentar que as crianças levem livros para casa que isso é o mais importante.

RE- Onde é que podemos encontrar o livro “O Anjo Gabriel, o Miguel e o livro de papel” à venda?
ISM- Ora este livro está à venda nas Fnac de todo o país, Bertrand, Almedina e podem requerê-lo, encomendá-lo em qualquer livraria, papelaria, ou até através do meu facebook (Isabel Santos Moura). Este livro foi editado pelas Edições Esgotadas que é uma editora de Viseu e basta dar a indicação do título da autora e encomendam.

RE- Foi fácil conseguir publicar pelas Edições Esgotadas?
ISM- Quando terminei de escrever a história, fiz o que a maior parte das pessoas fazem, mandei para várias editoras. Curioso que a Edições Esgotadas respondeu-me no dia do meu aniversário, 8 de Dezembro, portanto foi uma boa prenda. Desde sempre tive um ótimo relacionamento com esta editora, o diálogo entre nós sempre foi muito fácil. O livro está a vender bem, está tudo bem.

RE- Sei que brevemente editas um segundo livro, em finais de maio, podes falar-me um pouco sobre ele?
ISM- O meu próximo livro chama-se “Índigo e Cristal os meninos que vieram das estrelas” e tal como o primeiro tento passar uma mensagem, não de preservação do livro em papel mas uma mensagem de preservação do ambiente, do respeito pelos animais e pela natureza. Abordo também a questão do reiki como terapia de cura e tento mostrar às crianças que elas são os adultos de amanhã. Eu sei que isto pode soar a cliché mas se queremos adultos melhores amanhã, é hoje que temos de criar crianças melhores. Tento também passar a mensagem de ter carinho com os animais, cuidado com o ambiente. A história, levantando um bocadinho o véu, é sobre duas crianças, Índigo e Cristal, que vêm do planeta Sirius para a Terra, para tentar tornar o nosso planeta um sítio melhor. Então Índigo quando cresce torna-se advogado, numa atitude altruísta vai defender as pessoas que não têm dinheiro para contratar um. Torna-se também político, não um político como os que conhecemos, mas um que pensa no bem das pessoas que trabalha para isso. E Cristal cresce, torna-se professora e ajuda pessoas que não têm possibilidade de pagar estudos, cria também uma associação de proteção de animais. Curiosamente escrevi essa história e passado uns tempos, eu e o João Fragoso, que é meu colega na Câmara de Baião, criamos a Associação Amor Animal, para a proteção animal em Baião. Aproveito ainda para dizer que as vendas desta obra “Índigo e Cristal os meninos que vieram das estrelas” revertem na sua totalidade a favor da associação.

RE- Tens intenções de escrever um livro para adultos? Ou o livro infantil é mesmo a tua vocação?
ISM- Estou a pensar escrever também para adultos, aliás já comecei a escrever um que se chama “A Nova Humanidade” mas para já está em stand-by, por enquanto estou a dedicar-me ao público infantil.

RE- Para terminar, há algo que queiras dizer?

ISM- Aproveito para deixar mensagem às escolas, principalmente do 1º Ciclo, bibliotecas também de que estou disponível para apresentar o meu livro não só este mas também o “Índigo e Cristal” quando estiver publicado. 
Por Notícias de Resende | quinta-feira, 27 de março de 2014 | Publicado em , , | Com 0 comentários
Almoço de gastronomia “Galega” foi preparado, confecionado e servido pela equipa do CIFP Carlos Orosa num intercâmbio de conhecimentos inter-regional: - o Douro português e as Rias Baixas Galegas 

Dando continuidade ao intercâmbio que tem vindo a ser desenvolvido nos últimos anos entre o Norte de Portugal e a Galiza, cerca de quatro dezenas de alunos de Pontevedra do 2º ano de “cozinha”, “gastronomia” e “serviços” em restauração visitaram a Escola de Hotelaria e Turismo do Douro – Lamego.

Tema e atividade principal desta “visita” a elaboração e o serviço de um menu “galego”, em conceito de aula que a equipa liderada pelos professores Jorge Verdeal, Carme Alvite e Paco Orge compartilharam com colegas e parceiros portugueses e, entre alunos de ambas as escolas como verdadeiros profissionais.

Entidades e convidados de ambas as regiões apreciaram a gastronomia e vinhos galegos, constituindo este um verdadeiro marco da iniciativa que há cerca de um ano a Xantar organizou num encontro entre o Sr Conselheiro da Educação da Xunta da Galiza, Dr. Jesus Abad, os seus colaboradores diretos do setor das escolas de hotelaria e, a Direção da EHTDOURO, Dr. Paulo Vaz.

As entidades regionais de Portugal e neste caso do Douro tiveram pela primeira vez contacto com o adiantado e desenvolvimento destas parcerias e, acima de tudo do interesse no incremento destas experiências em benefício dos futuros profissionais e do desenvolvimento das escolas.

No almoço foi entregue pelo Delegado da Xantar para Portugal, António Garcia, em nome da Direção da Expourense uma carta que foi lida por uma das alunas e, aonde D. Alejandro Rubin se dirige ao Diretor da EHTDOURO, Dr. Paulo Vaz, salientando, …, “Para uma entidade como é a Expourense e as pessoas que a lideramos, estamos convencidos da necessidade da cooperação transfronteiriça que nos permite crear novas oportunidades de negócio e um intercâmbio permanente de experiências, encontramo-nos muito honrados de que a Xantar, o Salão Internacional de Gastronomia e Turismo tenha servido de ponto de encontro entre a Escola de Hotelaria e Turismo do Douro e o CIFP Carlos Oroza de Pontevedra”.

E acrescentou, …, “Esperamos que esta via de colaboração entre ambos os centros educativos que conta com o apoio da Conselharia da Cultura e Educação da Xunta da Galiza, contribua para o desenvolvimento socioeconómico de ambas as regiões e definitivamente reforçar a competitividade das nossas entidades públicas e privadas. Esperamos que esta nova relação tenha um futuro repleto de êxitos profissionais que beneficiarão tanto o turismo galego, como o português.”

E a concluir, …, “Aproveito a ocasião para enviar a todos o nosso agradecimento pelo vosso empenho e colaboração continua com a Expourense e a Xantar durante todos estes anos e reiteramos a nossa melhor disposição para continuar trabalhando neste sentido”, …, “Recebam todas as entidades e seus representantes o nosso testemunho do mais profundo respeito profissional, que, tem servido para cimentar uma amizade sincera, que sustenta a continuação das relações frutíferas entre a Galiza e o Douro. Muito especialmente nesta ocasião queremos felicitar o Dr. Paulo Vaz, diretor da Escola e a toda a sua equipa, que representam um modelo de cooperação e de gestão com elevados índices de qualidade”!

A comitiva permaneceu três dias no Douro, tendo ainda servido para visitas de estudo a estabelecimentos enoturísticos ligados ao mundo vitivinícola e aos seus produtos associados, Quinta da Pacheca e The Wine House Hotel – Quinta da Pacheca, Aquapura Douro Valley Hotel e Quinta do Seixo, agradecendo ainda a colaboração especial do Hotel Régua Douro e dos alunos e professores da EHTDOURO - Lamego.

Já no horizonte com visitas programadas para Maio das escolas de Lamego e a de Coimbra a Pontevedra, deixamos as palavras do Diretor da CIFP Carlos Orosa, Dr. Manuel Hermo, … , “Foi para nós un gran descubrimento coñecervos, a bosa hospitalidade, o voso saber facer e estar. Pronto volveremos a facer outro encontro.”
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Como já vem sendo tradição, o município de Baião prepara-se para receber, entre 28 a 30 de março, os apreciadores do fumeiro e da boa gastronomia portuguesa, em mais uma edição da Feira do Fumeiro e do Cozido à Portuguesa. A abertura decorre no dia 28 de março às 18h00.

Para além de poderem adquirir vários tipos de fumeiro produzido no concelho, os visitantes têm ao seu dispor seis restaurantes. Ali, podem degustar o cozido à portuguesa, o arroz de moira com grelos, entre outros pratos.

Existe a possibilidade de adquirir o menu completo, que inclui entradas, a refeição e sobremesas, ou de optar apenas pela refeição e pagar os complementos pretendidos à parte. Tanto num caso, como no outro, as bebidas são pagas à parte.

Desta forma é possível ajustar o preço da refeição às preferências dos consumidores.
Mas as alterações promovidas não colocam, no entanto, em causa a excelência do fumeiro baionense, já que todo o processo de produção é acompanhado por técnicos especializados, desde a criação dos suínos, passando pelo abate e pela avaliação das condições sanitárias do local onde são produzidos os enchidos. Todos os produtos são oriundos do concelho, possuindo um sabor genuíno e muito apreciado.

SABORES PARA TODOS OS GOSTOS

A Feira do Fumeiro e do Cozido à Portuguesa de Baião realiza-se na vila de Baião num recinto coberto com uma área de 1800 metros quadrados.

Estão inscritos 15 produtores, que irão comercializar vários tipos de fumeiro: salpicão, presunto, linguiça, moira, alheira, farinheira, pá, barriga e cabeça fumada.

O certame irá contar com a participação de 6 restaurantes, com capacidade para servir 700 pessoas. Estes restaurantes irão confecionar os “pratos fortes”: Cozido à Portuguesa e Arroz de Moira com Grelos, uma iguaria região.

Estarão ainda presentes expositores de produtos tradicionais como a broa de milho, os doces regionais, os citrinos da Pala, o biscoito da Teixeira, os vinhos verdes de Baião, os doces conventuais ou o artesanato.
Marcarão, também, presença, produtores de licores, mel, chocolates, compotas, queijos e pão-de-ló. O surgimento destes produtos deu-se na sequência das anteriores edições dos eventos gastronómicos promovidos pela autarquia baionense: Feira do Fumeiro e do Cozido à Portuguesa e Festival do Anho Assado e do Arroz do Forno.

A animação do evento será assegurada pela presença de grupos de música tradicional, tocadores de concertina e de cantar ao desafio, ranchos folclóricos e bandas musicais.

O evento é organizado pela Câmara Municipal de Baião e co-financiado pela Cooperativa Dolmen. O certame dispõe ainda de apoios da Câmara Municipal de Resende e da Refer.

Em paralelo a este evento, terá lugar no mesmo local mais edição uma Feira “Stock Off”, com a presença de diversas empresas baionenses. Esta iniciativa é organizada pela Associação Empresarial de Baião com o apoio da Câmara Municipal de Baião.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
No final da Comissão Política do dia 25, onde foi aprovada por unanimidade a lista dos candidatos socialistas ao Parlamento Europeu, Francisco Assis, o cabeça de lista, declarou que esta é “uma excelente lista” e salientou o facto de “ser uma lista paritária”, o que acontece pela primeira vez na democracia portuguesa.

Francisco Assis classifica a lista como “muito qualificada, quer do ponto de vista político, quer do ponto de vista da preparação específica dos elementos que a integram. É com esta lista que vamos afirmar o nosso projeto para a Europa e o nosso projeto por Portugal”. Reafirmando serem cada vez mais ténues “as fronteiras entre as questões internas e externas”, Assis afirma a vontade de o Partido Socialista querer “travar um debate sério, um debate profundo sobre a Europa, sobre o futuro do nosso país, sobre o futuro da relação de Portugal com a Europa”

O cabeça de lista socialista disse que “este deve ser um tempo de mudança. Há muito tempo que há uma maioria liberal e conservadora na Europa e, infelizmente, há 3 anos que prevalece essa linha de orientação em Portugal. Os resultados estão à vista: catástrofe económica e retrocesso do ponto de vista social. É preciso começar por mudar na Europa. Estamos agora em condições de lutar por garantir uma nova maioria de esquerda democrática no Parlamento Europeu e estamos em condições também de lutar para que o Partido Socialista volte a ser o maior partido português” naquele parlamento.

Francisco Assis mostra-se confiante na adesão dos portugueses ao projeto de mudança socialista e diz estar “convencido que, pela força das nossas ideias e dos nossos projetos e pela qualidade dos protagonistas que agora apresentámos, nós vamos obter a confiança dos portugueses”.

A lista de candidatos do Partido Socialista ao Parlamento Europeu teve como critério cumprir três grandes objetivos: Renovação, Qualidade e Competências específicas em dossiers fundamentais para Portugal, tendo em vista a articulação entre o futuro Governo e o Parlamento Europeu.

Para o Partido Socialista, as áreas prioritárias na política europeia são o Emprego, a União Económica e Monetária, o Mar, a Energia e a Ciência e Tecnologia. António José Seguro frisou que estas áreas são muito relevantes, dando como exemplo a prioridade do mar numa altura em que Portugal tem uma candidatura nas Nações Unidas para alargar a sua Zona Económica e Exclusiva. A lista do PS integra três independentes em lugares claramente elegíveis: Elisa Ferreira, Ricardo Serrão Santos e Liliana Rodrigues.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
O edifício dos Paços do concelho, instalado no centro histórico da Vila de Mesão Frio, que abrange o Claustro do Convento dos Franciscanos de Varatojo, está a ser alvo de obras de conservação e manutenção. A intervenção pretende revitalizar toda a área exterior do edifício e é suportada, em 60% do valor elegível, pelo programa PRODER – Abordagem Leader, Eixo “Qualidade de Vida nas Zonas Rurais e Diversificação da Economia Rural”.

A ação de conservação e manutenção pretende preservar o elevado valor histórico e patrimonial, mantendo a identidade do edifício, apanágio do concelho de Mesão Frio. Os trabalhos incluem a substituição da cobertura, melhoramento das características térmicas, funilarias, reparação de elementos em madeira, limpeza de granitos, rebocos e pinturas. A ala esquerda do edifício (cobertura da Igreja de Santa Cristina) não vai sofrer qualquer intervenção, pois foi a única a ser excluída na aprovação da candidatura.

Apesar de o atual Governo PSD estar a decretar o fecho do tribunal e das finanças, serviços que se encontram instalados no respetivo edifício, a Câmara Municipal de Mesão Frio continua a proporcionar todas as condições para que estes se mantenham em funcionamento.

Com o objetivo de centralizar num único ponto todo o atendimento da autarquia, de forma a responder com rapidez, clareza e eficácia às solicitações e necessidades dos munícipes, o edifício dos Paços do Concelho vai, brevemente, contar com um novo serviço de atendimento ao munícipe, o “Balcão Único”, inserido no projeto do Sistema de Apoio à Modernização Administrativa (SAMA) que, será implementado durante o ano 2014.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , | Com 0 comentários
Os espaços onde decorrem as aulas durante este ano letivo no concelho de Lamego estão livres de amianto, segundo informação veiculada pelo Ministério da Educação e Ciência. Uma situação bem diferente daquela que se verifica em 52 escolas, de norte a sul do país, que vão ser alvo de intervenção para remover coberturas de fibrocimento, por conterem amianto, um produto cancerígeno.

Este plano de ação visa cumprir uma lei da Assembleia da República, de fevereiro de 2011, que obrigava o Governo a apresentar, no prazo de um ano, uma lista dos edifícios públicos contendo amianto e a elaborar uma estratégia para a sua remoção nos casos de risco para a saúde pública. A vereadora com os pelouros da Cultura, Educação e Desporto da Câmara Municipal de Lamego, Marina Valle, alerta no entanto que existem na Escola EB 2/3 dois pequenos pavilhões, atualmente desativados, que possuem coberturas de fibrocimento e que o Ministério da Educação se compromete demolir a curto-prazo. Um processo que está a ser gerido em estreita colaboração com Aristides de Sousa, Delegado Regional de Educação do Norte, e José António Martins, Presidente do Conselho Administrativo do Agrupamento de Escolas de Latino Coelho. Os dois espaços não foram utilizados como salas de aula durante este ano letivo.

Recorde-se que um levantamento realizado, em 2007, pelo Ministério da Educação identificou 739 estabelecimentos de ensino com cobertura de fibrocimento, num universo de 1222 sob a tutela direta da administração central. O levantamento não esclarecia, todavia, o número total em que havia situações de risco. Neste sentido, a Parque Escolar já removeu o amianto de dezenas de escolas, entre as 165 em que já fez obras desde 2007. As intervenções destinam-se sobretudo a remover as coberturas de fibrocimento dos passadiços, onde pode existir mais exposição à inalação de partículas, nos casos em que o fibrocimento está muito danificado.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
O vereador dos Assuntos Sociais da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira visitou, a 21 de março, um munícipe da freguesia de Campelo e Ovil cuja habitação foi requalificada graças à colaboração entre a Câmara Municipal de Baião, a Junta de Freguesia de Campelo e Ovil e as Conferências Vicentinas.

O munícipe reside sozinho numa habitação com poucas condições de salubridade e de higiene, mas que foi alvo de melhoramentos graças à ação daquelas três entidades.

As obras consistiram na pavimentação do chão da residência, que era em terra, e na limpeza das paredes. Foi ainda construída uma divisória entre o quarto e a cozinha e foram colocadas telhas de vidro, de modo a aumentar luminosidade no interior da casa.

Esta intervenção foi considerada pelo vereador dos Assuntos Sociais como uma "verdadeira ação em rede", já que as Conferências Vicentinas cederam mobiliário e materiais de construção, enquanto a Câmara Municipal de Baião realizou as obras de construção civil através da "Linha Amiga".

A Junta de Freguesia procedeu à remoção de vários materiais resultantes dos trabalhos ali executados.
A Linha Amiga foi criada pelo pelouro dos Assuntos Sociais da Câmara Municipal de Baião em 2006, tendo recebido até ao momento 237 inscrições e 377 pedidos de intervenção.

Este serviço é gratuito e destina-se a cidadãos com idade a partir dos 65 anos de idade e com manifesta carência económica, avaliada pelo estabelecido na lei para o "salário mínimo nacional". A Linha Amiga pode ser contactada pelo número 255-541390, que está disponível 24 horas por dia.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , | Com 0 comentários
Esta é a primeira edição do Ultra Trail do Marão, uma das provas de trail running mais exigentes de Portugal, organizada pela Associação Viver Canadelo e Serra do Marão.

O evento acontecerá entre os dias 1 a 4 de Maio, percorrerá o território de seis concelhos (Amarante, Baião, Peso da Régua, Vila Real, Sta. Marta de Penaguião, Mondim de Basto e Marco de Canaveses) e terá a participação de cerca de mil atletas.

É o primeiro evento do género a percorrer a totalidade da “cordilheira” do Marão.

São três provas de competição – Ultra Trail (121kms), Maratona (42kms) e Meia Maratona (21kms) – que desafiarão os limites dos melhores atletas nacionais e internacionais com trajetos ambiciosos que percorrerão, em parte ou na sua totalidade, a Serra do Marão e seus contrafortes (Alvão, Aboboreira e Meia Via) e o Douro Vinhateiro.

O evento conta já com a participação de atletas de 7 nacionalidades diferentes entre os quais um dos mais reconhecidos atletas de longa distância – Òscar Pérez López.

Nesta primeira edição contamos já com o selo “Qualifying Race” do Ultra-Trail du Mont-Blanc® para a nossa prova de 121kms, qualificando os nossos atletas com 4 pontos dos 8 necessários para participação no Monte Branco.

A prova de Ultra partirá de Amarante (S. Gonçalo), a Maratona sairá do Peso da Régua (Sedielos) e a Meia Maratona começará em Baião (Campelo). Todas as provas terminarão no belíssimo Largo de S. Gonçalo.

As inscrições estão abertas até 13 de Abril e podem fazer-se através do site oficial do evento: www.ultratrailmarao.com.

Além da parte desportiva, este evento contará com uma parte lúdica e cultural com arraiais montados em pleno centro histórico de Amarante. Para brindar os nossos visitantes o ambiente será aquecido com alguns concertos, aulas e atividades desportivas ao ar livre e abertas a todos, um espaço especial para os mais pequenos e uma feira de artesanato e produtos regionais.

Estão também disponíveis inscrições para feira e para voluntariado no site oficial.

São quatro dias de festa em honra do Marão e da prática de trail running, num local repleto de história, cultura e beleza natural.

Ultra Trail do Marão – Above the Limits!

Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , , , | Com 0 comentários
Cristiano Ronaldo é a Personalidade de Confiança 2014, tendo sido eleito pelos portugueses com 56% de votos. O futebolista português, premiado em 2013 pela segunda vez pela FIFA com a Bola de Ouro, venceu sem margem de dúvida na categoria Desportista, ficando o treinador de futebol José Mourinho (7%) em segundo lugar e o atleta Nelson Évora (4%) em terceiro.

O comendador Rui Nabeiro, que preside a Delta Cafés, reconquistou a primeira posição (44%) na categoria Empresário, no ano passado ganha por Belmiro de Azevedo, presidente do Conselho de Administração da Sonae. A segunda e terceira posições pertencem a Belmiro de Azevedo (24%) e ao antigo presidente do grupo Jerónimo Martins, Alexandre Soares dos Santos (14%), respetivamente.

José Rodrigues dos Santos é dupla Personalidade de Confiança 2014, pelo terceiro ano consecutivo, como Jornalista (42%) e Escritor (36%), com uma subida de 2% e de 6%, respetivamente, em cada área, o que mostra a notoriedade crescente junto dos portugueses.

Os jornalistas Judite de Sousa (16%) e José Gomes Ferreira (11%) mantiveram as posições seguintes nesta categoria.

Quanto aos escritores Miguel Sousa Tavares (16%) e António Lobo Antunes (11%) ocuparam o segundo e o terceiro lugares, como no estudo anterior.

A Personalidade de Confiança 2014 na categoria Ator é Ruy de Carvalho, com 37% de votos. Recentemente, Ruy de Carvalho estreou, juntamente com o filho João e o neto Henrique, o espetáculo inédito “Trovas & Canções” que reúne as três gerações de atores. Diogo Infante foi o segundo ator mais votado pelos portugueses, com 9%, seguido de Diogo Morgado (8%).

Isabel Jonet, presidente do Banco Alimentar Contra a Fome, tem a confiança dos portugueses enquanto Dirigente de ONG, obtendo 37% de votos. Os inquiridos colocaram na segunda posição Fernando Nobre (7%) e não elegeram mais nenhum dirigente de uma Organização Não Governamental, tendo dificuldade na identificação de um terceiro responsável, já que, recorde-se, a pergunta colocada aos inquiridos foi aberta, sem qualquer sugestão.

Rui Veloso é Personalidade de Confiança 2014 na área musical, sendo já tricampeão. O "Pai do Rock Português” venceu com 3% de diferença Tony Carreira (16%), que ocupa a segunda posição. A fadista Mariza, com 9%, ficou em terceiro lugar.

O ex-presidente da Câmara Municipal do Porto Rui Rio (19%) é uma nova Personalidade de Confiança dos portugueses e destronou o Presidente da República Aníbal Cavaco Silva (7%), colocando-o na terceira posição na categoria Político. O Professor Catedrático e comentador Marcelo Rebelo de Sousa consolidou o segundo lugar (19%), apenas a 1% de Rui Rio. No estudo “Marcas de Confiança 2014” os portugueses assumem a desconfiança nos políticos, remetendo-os para o fim da tabela das profissões onde lhe atribuem apenas 4% de votos nesta profissão, contra os 96% dos votantes que consideram a profissão de Bombeiro como a de maior confiança.

As conclusões resultam do estudo “Marcas de Confiança 2014”, da Selecções do Reader’s Digest, realizado em 10 países, que pelo terceiro ano avaliou os níveis de confiança em personalidades e profissões em Portugal.

Estudo “Marcas de Confiança 2014”

“Marcas de Confiança” é um dos estudos de mercado mais abrangentes realizados na Europa, tendo sido realizado com 17 676 inquiridos em 10 países: Portugal, Alemanha, Áustria, Eslovénia, Finlândia, França, Polónia, Roménia, Rússia e Suíça.

O estudo foi efetuado em cinco países via on-line e nos restantes cinco via postal.

Em Portugal, este estudo foi realizado através de questionário postal endereçado a cerca de 12 mil assinantes da revista Selecções do Reader’s Digest. As respostas foram apuradas por método de pergunta aberta, sem qualquer sugestão, originando deste modo respostas espontâneas, entre 16 de setembro e 30 de novembro de 2013.

De notar que quem participa neste estudo está sujeito a uma inibição por 24 meses, o que assegura uma nova amostra em cada dois anos.

Ficha técnica:

- “Marcas de Confiança da Europa 2014” foi realizado pelas Selecções do Reader’s Digest pelo 14.º ano consecutivo.

- Este estudo de consumo tem como objetivos identificar as marcas em que os consumidores mais confiam e avaliar os níveis de confiança em produtos e serviços, repartidos por 40 categorias, e foi levado a cabo entre setembro e novembro de 2013.

- A selecção da amostra e as respostas foram ponderadas pela população portuguesa, nas variáveis género e idade.

- O processamento de dados foi feito por Wyman Dillon, empresa sediada em Bristol, no Reino Unido, e a margem de erro é de 3,1%.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Uma das melhores alturas do ano para realizar uma caminhada é certamente durante a floração das cerejeiras, quando a paisagem apresenta um cenário encantador, recheado de cores e atrativos distintos. Seguindo este propósito, no próximo dia 6 de abril, os lamecenses são convidados a calçar as sapatilhas e percorrer as encostas da freguesia de Ferreiros.

O percurso pedestre “Rota das Cerejeiras em Flor” vai passar por diversos trilhos à descoberta, por exemplo, da Senhora do Pilar e de Avões de Cá. Gratuita e adaptável a qualquer estilo de vida, os interessados em participar nesta atividade devem comparecer às 9h15 no Coreto de Ferreiros, onde terá início o percurso de sete quilómetros. Não necessitam de inscrição.

Organizada pela Associação Cultural e Desportiva Amigos de Ferreiros, em parceria, entre outras instituições, com o Centro Municipal de Marcha e Corrida de Lamego, esta iniciativa promete seduzir os participantes devido à beleza do património paisagístico local.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
A Câmara Municípal de Castro Daire, promoveu de 17 a 21 de Março de 2014 a IX Semana Florestal do Concelho, onde foram realizadas várias ações, com o objectivo de sensibilizar a comunidade escolar e a população em geral para a defesa da floresta.

A abertura da Semana Florestal, teve início no dia 17 de Março com o encontro dos Técnicos dos Gabinetes Florestais das autarquias do distrito. Este dia teve início com a realização do Percurso Pedestre do Trilho dos Lameiros, situado em Mouramorta. Este é um percurso ainda muito rural e os Técnicos puderam ver a sua importância quando situadas em zonas envolventes à ocorrência de incêndios florestais. Na parte da tarde, no Auditório do Centro Municipal de Cultura, realizou-se um workshop, com a participação do Vice Presidente da Câmara Municipal de Castro Daire, Eurico Moita, do Eng.º Nuno Amaral do ICNF, do Eng.º Tiago Pocinho do CDOS de Viseu  e do Tenente Coronel José Machado da GNR de Viseu, , onde se debateram várias questões relacionadas com as tarefas que os GTF têm que desempenhar.

No dia 18 de Março, realizou-se um Workshop sobre Floresta e Proteção Civil, dirigido aos alunos do 1º ciclo do agrupamento de escolas de Castro Daire, onde o Adjunto do Comando dos Bombeiros Voluntários de Castro Daire, Fernando Albuquerque, fez uma abordagem sobre as medidas de autoproteção a adotar para os principais riscos existentes no concelho.

Realizou-se no dia 19 de Março, a plantação de espécies autóctones e aromáticas, na escola EB2, 3, na EB1 de Mões e na Escola Secundária de Castro Daire. Esta plantação contou com a participação interativa dos alunos.

No dia 20 de Março, o dia foi dirigido aos alunos do pré-escolar do agrupamento de escolas de Castro Daire, que assistiram ao espetáculo musico-teatral “O Tobias e o auto-tanque”, que mostrou a centenas de alunos a forma de agir corretamente perante uma situação de incêndio na escola, tendo em conta três linhas de orientação: Prevenir, Planear e Socorrer.

O dia de encerramento da Semana Florestal, dia 21 de Março, datou com o IX Seminário “Floresta sem Fronteiras no Montemuro e Paiva”. Neste Seminário foram abordados temas relacionados com a floresta, agricultura e apicultura, temas estes muito debatidos pelos participantes.

A realização das ações ao longo da semana florestal tiveram como objetivo sensibilizar todos os participantes para a importância dos espaços florestais na multiplicidade dos seus usos e funções e para a responsabilidade coletiva da sua proteção e valorização, através de um melhor conhecimento do que é a floresta. Por outro lado, sensibilizar os jovens para as corretas práticas ambientais, apontando para a importância da floresta e a sua proteção. Desta forma, apostando numa faixa etária que está em formação e por isso, mais “vulnerável” à aprendizagem. Esta iniciativa remete um conjunto de práticas que, com certeza, serão interiorizadas por todos.

A Câmara Municipal de Castro Daire agradece a todos os participantes e colaboradores.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Sem cenários nem efeitos especiais, a verdadeira magia vai andar à solta pelas ruas de Lamego durante esta semana com a gravação do programa Minutos Mágicos, a emitir pela SIC em horário nobre. Sempre descontraído e com um humor contagiante, Mário Daniel promete deixar de boca aberta as pessoas que vai abordar na rua utilizando objetos vulgares usados no dia a dia para dar corpo a truques espetaculares.

O episódio de Minutos Mágicos que será gravado em Lamego, de 26 a 28 de março, vai explorar e contextualizar os locais mais emblemáticos da cidade através de imagens e grafismos que contêm informações de âmbito local, como por exemplo lendas, referências históricas e monumentos.

Ao dar apoio institucional à produção e realização deste programa, que atinge picos de audiências superiores a 1 milhão de espetadores, a Câmara Municipal de Lamego pretende incentivar o turismo e o comércio locais.

Neste programa as ilusões servem para pregar partidas aos espetadores em Magia às Escondidas, deixar um sorriso estampado na cara das crianças em Magia de Palmo e Meio, ensinar truques para fazerem em casa em Magia de Bolso, e surpreender algumas das personalidades mais conhecidas do nosso país na rubrica Convidado Especial.

Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , | Com 0 comentários
Uma grande representação de agricultores do distrito de Viseu vai participar na concentração nacional da agricultura, em Lisboa, no próximo dia 3 de Abril, promovida pela CNA-Confederação Nacional da Agricultura e a que se associa a BALFLORA – Secretariado dos Baldios do Distrito de Viseu, em defesa da Agricultura Familiar, no ano declarado pela ONU Ano Internacional da Agricultura Familiar, associando, desta forma, as comemorações desta efeméride à defesa dos interesses dos muitos milhares de agricultores (também no distrito de Viseu) que, apesar das enormes dificuldades que sentem, continuam a desenvolver esta actividade, com vantagens para a economia nacional e local, para o equilíbrio social, ambiental e cultural.

Trata-se de uma jornada de luta em defesa da actividade dos agricultores, proprietários florestais e compartes dos baldios, como se pode ver na lista das reclamações que, nesse dia, a CNA vai entregar na Assembleia da República, e que são:

  • A anulação das novas imposições fiscais sobre os pequenos e médios Agricultores
  • O Escoamento e melhoria dos Preços à Produção de: Carne, Leite, Vinho, Arroz, Fruta, Hortícolas, Azeite, Cereais, Madeira de Rolaria.
  • A baixa de custo das Contribuições Mensais dos Agricultores para a Segurança Social.
  • A baixa de custo de Combustíveis, Electricidade, Rações, Adubos, Pesticidas, Crédito Bancário.
  • O pagamento, por parte do Ministério da Agricultura e do Governo, das dívidas à Lavoura, com destaque para cerca de 10 milhões de euros em dívida aos Produtores Pecuários pelos serviços (2013) de Sanidade Animal;
  • Mais apoios públicos para o combate às doenças e pragas da Floresta, dos Pomares, das Vinhas e Olivais.
  • A defesa da propriedade comunitária dos Baldios. Pelos direitos dos Compartes de Baldios e dos pequenos e médios Produtores Florestais;
  • O aumento da Produção Agro-Alimentar Nacional com respeito pelo património dos Agricultores, incluindo as Sementes, e pelo acesso à Água.
  • Contra o encerramento, e pela reabertura, de Serviços Públicos. Pelo incremento dos Mercados Locais e dos Produtos da Agricultura Familiar;
  • Mais investimento e melhores apoios públicos, com prioridade para as Explorações Familiares, no âmbito da PAC e do novo PDR, Programa de Desenvolvimento Rural - 2014 - 2020, e em defesa da Soberania Alimentar.


Acresce a estas justas reivindicações a necessidade de dar combate ao Projecto de Lei do PSD e CDS sobre baldios, recentemente entregue na AR e que, se fosse aprovado, significaria a destruição em Portugal da propriedade comunitária dos baldios e a sua apropriação privada por grandes interesses ligados à fileira florestal.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
Os lamecenses prometem voltar a unir-se em torno de uma nobre causa solidária. Diversos artistas, associações e outras instituições locais vão levar a efeito, no próximo dia 4 de abril, a Gala Solidária para a Consciencialização do Autismo, a favor da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo de Viseu (APPDA-Viseu).

O evento começa às 21h30 no Teatro Ribeiro Conceição e tem como principal objetivo a aquisição de fundos que revertam para a promoção da qualidade de vida das crianças, jovens e adultos com perturbações do espetro do autismo e suas famílias, através dos serviços e valências que a APPDA-Viseu disponibiliza.

Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
O Corpo de Bombeiros Voluntários de Baião, com o apoio do Município de Baião, irá realizar no próximo dia 10 de Maio a partir das 14:00 horas no auditório municipal de Baião o I Fórum Local sobre Incêndios Florestais – Prevenir para Proteger. Este evento trará a Baião especialistas no domínio dos incêndios florestais promovendo a discussão que se pretende participada pelas populações que mais são afectadas pelos efeitos dos incêndios.

A organização pretende com a realização deste evento em formato de fórum promover junto da comunidade a sua participação e sensibilização para a problemática dos incêndios florestais. Serão veiculados procedimentos de auto-protecção que se pretendem que sejam seguidos e adoptados pela comunidade tornando-a mais resiliente e desta forma mais preparada para agir pró activamente face aos incêndios.

Integram os painéis do Fórum a Professora Doutora Fantina Tedim da Universidade do Porto, Mestre Ricardo Oliveira da Universidade de Coimbra, Eng.º José Ribeiro do Serviço Municipal de Protecção Civil de Baião, Dr. Pedro Alves da Associação de Produtores Florestais de Entre Douro e Tâmega, Eng.ª Verónica Catarino da Escola Nacional de Bombeiros e Mestre Emanuel Sardo Fidalgo, Adjunto de Comando dos Bombeiros Voluntários de Baião.

A participação no Fórum é gratuita mas de inscrição obrigatória. Os interessados poderão formalizar a sua inscrição no Corpo de Bombeiros Voluntários de Baião, através do telefone 255 541 231 ou através do envio da ficha de inscrição disponível em www.facebook.com/bvbaiao para o email baiao1334@gmail.com
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
No dia 04 de abril de 2014, sexta feira, pelas 14 horas, o Externato D. Afonso Henriques receberá uma exibição da Equipa de Salvamento de Grande Ângulo dos Bombeiros Voluntários de Seia.

Segundo o Diretor Pedagógico deste estabelecimento de Ensino Particular e Cooperativo, Padre José Augusto Marques refere "que esta atividade irá proporcionar um tarde diferente aos 300 alunos no último dia de aulas do 2.º período".

Por Notícias de Resende | sexta-feira, 21 de março de 2014 | Publicado em , | Com 0 comentários
Depois de no passado dia 7 “Thor: O Mundo das Trevas” ter sido a escolha cinematográfica do Município de Resende para hoje, dia 21, a escolha recai novamente na aventura mas desta vez com “O Hobbit- A desolação de Smaug”. O filme de Peter Jackson é a sequela do já exibido “O Hobbit- Uma viagem inesperada” e a sinopse diz o seguinte: “A aventura de Bilbo Baggins, enquanto este viaja com o feiticeiro Gandalf e treze anões, liderados por Thorin Escudo-de-Carvalho, numa épica demanda para retomar a Montanha Solitária e o reino perdido dos anões de Erebor. Tendo sobrevivido ao início da sua inesperada viagem, a Companhia prossegue para Oriente, encontrando ao longo do caminho Beorn - capaz de mudar de pele - e um bando de aranhas gigantes, na traiçoeira Floresta Tenebrosa. Depois de escaparem aos perigosos Elfos da Floresta, os anões prosseguem para a Cidade do Lago e, finalmente, para a Montanha Solitária, onde terão de enfrentar o maior de todos os perigos, a mais aterrorizadora de todas as criaturas, que porá à prova não só a dimensão da sua coragem, como também os limites da sua amizade e o significado da própria viagem - o Dragão Smaug.”

Para quem tal como eu é fã de Peter Jackson, e da trilogia do Senhor dos Anéis, a saga do Hobbit é algo que não se pode perder até porque conta a história do anel e dos acontecimentos que levaram a que o Senhor dos Anéis fosse possível. Confesso que me assustei um pouco com a duração do filme, aproximadamente 2h40m e pensei que talvez Peter Jackson tivesse exagerado no tempo e que iria acabar por me aborrecer em certas partes do filme. O certo é que não há uma cena que eu ache desnecessária na obra. O realizador faz todos os minutos não serem desperdiçados e, melhor que isso é que, nem sequer damos conta do tempo passar de tão embrenhados que estamos com a trama.

Martin Freeman, que representa Bilbo Baggins é hilariante, não imagino mais ninguém a encarnar tão bem o personagem. O filme não é tão centrado nele como foi o primeiro mas assim acaba por dar espaço a que histórias paralelas de outras personagens se desenrolem. Recordo, por exemplo, a de Legolas. O elfo, interpretado por Orlando Bloom, já existente no Senhor dos Anéis, tem neste capítulo uma versão direcionada para a sua vida íntima. Na saga do anel nada é indicado acerca do dele e talvez alguns pensassem, tal como eu na altura, que fosse apaixonado pela princesa Arwen (Liv Tyler). Agora com este segundo capítulo do Hobbit descobre-se que afinal ele faz parte de um triângulo amoroso com uma elfo e um anão. A elfo, interpretada por Evangeline Lilly, de seu nome Tauriel é a personagem que integra a temática do amor no filme, algo que não esteve presente no primeiro capítulo. E juntamente com ela sentimos aquela indecisão. Todos gostamos do Legolas mas também entendemos o porquê de ela sentir carinho pelo anão Kili (Aidan Turner) e quem não entende, quando vê o filme passa a entender. Acabamos por nos envolver um pouco e perceber, ou pelo menos tentar, os sentimentos de Tauriel.

Para terminar outros dos pontos fortes que destaco é a qualidade visual. Sim, sabe-se que é quase tudo a computador. Mas é tudo tão perfeito, tão trabalhado ao pormenor. Não consegue ter um ar artificial como acontece com certos filmes. Peter Jackson é um expert nesta área e leva-nos quase a acreditar que os cenários existem mesmo. E a paisagem real, tendo em conta que é a Nova Zelândia, ajuda imenso.

Tenho apenas algo negativo a apontar. A maneira como termina. Quando se vê o Hobbit já se espera que o desfecho seja em aberto, como foi o anterior e como foi com o Senhor dos Anéis, o que eu não esperava é que fosse tão em aberto. O filme acaba de maneira tão abrupta que nós próprios ficamos frustrados por ter que esperar um ano pelo próximo capítulo. O primeiro pensamento que me ocorreu foi. “Acaba assim? Não pode…” Mas pode, quem manda é o realizador, e eu estou em pulgas para o desfecho da saga.

Se o consegui convencer passe então mais logo às 21 h pelo Auditório Municipal de Resende. Se gostou do primeiro capítulo vai gostar ainda mais deste. Se não viu o primeiro filme, aconselho a ver os dois o mais rapidamente possível porque decididamente não sabe o que anda a perder…

Bons Filmes,
Raquel Evangelina  
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
A vereadora da Educação da Câmara Municipal de Baião, Ivone Abreu, anunciou que a autarquia está a trabalhar em conjunto com os Agrupamentos de Escolas de Baião na criação de um projeto educativo concelhio. Esta medida, referiu a autarca, permitirá oferecer aos alunos baionenses uma escola pública mais inclusiva, adaptada aos desafios presentes e promotora da mobilidade social.

A responsável do pelouro da Educação falava a 19 de março na Escola EB 2,3 do Vale do Ovil, durante um seminário realizado pelo Sindicato dos Professores do Norte, por aquele agrupamento e pela Câmara Municipal de Baião sob o tema “A Sociedade Portuguesa e a Escola Pública”.

O debate realizou-se perante uma plateia de professores e contou com a presença do pedagogo brasileiro Max Haetinger, do presidente do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil, Carlos Alberto Carvalho e dos sindicalistas José Augusto Cardoso (coordenador da área sindical de Amarante do Sindicato dos Professores do Norte) e Manuela Mendonça (coordenadora do Sindicato dos Professores do Norte).

Na sua intervenção, Ivone Abreu enalteceu o trabalho dos membros da comunidade educativa – professores, pessoal não docente, encarregados de educação e responsáveis pelos agrupamentos –, atribuindo-lhes o mérito dos progressos que se têm verificado na educação do nível concelhio.

“Os indicadores permitem-nos perceber a enorme evolução que se registou no nosso concelho desde finais de 2005, altura em que metade dos nossos alunos não terminavam o nono ano e em que 70 por cento dos alunos não concluíam a escolaridade obrigatória, para o cenário que temos hoje em dia. Atualmente o abandono escolar é praticamente inexistente e o insucesso escolar reduziu-se muito. Temos igualmente registado excelentes classificações nos “rankings” de escolas e todos esses feitos enchem-nos de orgulho”, observou.

Mas Ivone Abreu descortinou também alguns riscos de retrocesso. Nomeadamente por via das medidas e dos cortes recentemente implementados pelo Ministério da Educação. “Se há consenso importante que temos que gerar na sociedade portuguesa é precisamente em torno da educação. É vital que as políticas de austeridade não comprometam tantas conquistas e tantos resultados que foram obtidos, caso contrário o preço a pagar por várias gerações e pelo país será muito elevado”, considerou.

Para Ivone Abreu a educação constitui um investimento e não uma despesa. Nesse sentido, a autarca elencou algumas medidas implementadas pela autarquia como sejam o reforço da rede de transporte escolar, a introdução das refeições ou a construção dos centros escolares. “Estas medidas constituíram a nossa prioridade e significaram um investimento médio anual de 3,7 milhões de euros, porque entendemos que sem educação um território não pode alcançar o desenvolvimento e as nossas crianças não podem aspirar a um futuro mais risonho”, notou.

Ivone Abreu, que é também responsável pelos pelouros da Formação, Qualificação Profissional, Emprego e Ensino Superior, mencionou, por fim, a aposta da autarquia na “formação ao longo da vida” e na qualificação de adultos, tendo em vista o cumprimento do direito à educação que, de acordo com a declaração dos direitos do homem, preconiza o acesso à educação e à instrução para pessoas de todas as idades. “Todos temos o direito a ter as mesmas oportunidades e os adultos não podem ser deixados para trás só porque não tiveram oportunidades de se qualificarem e estudarem durante a sua infância ou juventude”, concluiu.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
Os rios Ovil e Teixeira ganharam mais de 6000 novos habitantes no dia 19 de março. São trutas "truta fário" e foram trazidas para os cursos de água baionenses por um técnico do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas após um contato estabelecido pela Câmara Municipal de Baião.

Esta ação de repovoamento dos rios insere-se na estratégia de preservação da fauna e da flora concelhias que tem sido seguida pela autarquia baionense.

O vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira explicou que esta é mais uma das medidas da autarquia para promover o equilíbrio ambiental do concelho que se orgulha do seu lema "Baião Vida Natural". "Somos o concelho do distrito do Porto com maior percentagem de áreas verdes no seu território e temos vindo a desenvolver medidas no âmbito da sensibilização ambiental, da reflorestação e da eficiência energética, mas também da qualificação do território no âmbito da recolha e tratamento de resíduos sólidos e do saneamento", observou Paulo Pereira, acompanhado pelo vereador do Urbanismo e Ambiente, Henrique Gaspar. Para o autarca é importante que Baião seja um concelho com mais qualidade de vida para os baionenses e mais atrativo para os visitantes.

No rio Ovil os repovoamentos foram feitos nos lugares de Outoreça e na zona de Lazer da Fraga do Rio, ambos situados na freguesia de Campelo e Ovil. No rio Teixeira a ação decorreu em Várzea (Teixeira e Teixeiró) e em Arufe (Loivos da Ribeira e Tresouras).

Nas ações participaram o Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil, a associação Ecosimbioses, as freguesias de Campelo e Ovil e de Loivos da Ribeira e Tresouras e a Associação de Caçadores e Pescadores de Ovil e Loivos do Monte.

TRAZER VIDA AOS RIOS DE BAIÃO

Esta atividade surge no seguimento de dois outros repovoamentos com trutas realizados no concelho de Baião em 2010 e em 2011. Na primeira destas ocasiões foram colocados nos rios Ovil e Teixeira cerca de 3000 ovos de truta fário. Já em 2011, por iniciativa do Agrupamento de Escolas de Vale de Ovil, efetuou-se outro repovoamento, desta vez apenas no Ovil, tendo sido ali colocados 3500 espécimes.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
Os jovens nadadores de Lamego estão mais uma vez de parabéns! Após um início de época promissor, os alunos da Escola Municipal de Natação voltaram a melhorar as classificações individuais e coletivas, continuando a trabalhar todos os dias com muita determinação para alcançar este objetivo.

Realizada a 15 de março último, em Penalva do Castelo, a sexta etapa do Circuito Municipal de Escolas de Natação contou com a presença de uma equipa lamecense bastante empenhada. Os jovens alcançaram duas posições de pódio e amealharam onze pontos para o ranking coletivo. Destaque para a classificação obtida por Carolina Ribeiro, ao conquistar a segunda posição em 50 metros costas e 100m estilos, e também para João Almeida que arrecadou o 4º lugar em 200m livres.

Os interessados em integrar a Escola Municipal de Natação de Lamego e, deste modo, participar em competições desportivas, devem dirigir-se às Piscinas Municipais Cobertas a fim de efetuarem a respetiva inscrição.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , | Com 0 comentários
No Distrito de Viseu, nos últimos anos, têm ocorrido acidentes de viação de trabalho e viação de que resultam mortes. Importa pois que seja feita uma análise estatística para que os condutores destes veículos tomem as medidas adequadas para que evitem acidentes.

· Até 17 de março de 2014, registaram-se 7 acidentes de que resultaram 1 morto e 7 feridos.

· Em 2013, registaram-se 37 acidentes, 24 de viação e 13 de trabalho, nestes 8 foram por capotamento e resultaram 6 mortos. No total dos acidentes, 9 condutores faleceram e 16 ficaram feridos e a idade média dos condutores é de 65 anos. Destes acidentes registaram-se ainda 15 outros feridos.

· Em 2012, registaram-se 30 acidentes, 24 de viação e 6 de trabalho, neste 3 foram por capotamento e resultaram 2 feridos. No total dos acidentes, 5 condutores faleceram e 12 ficaram feridos e a idade média dos condutores é de 62 anos. Destes acidentes registaram-se ainda mais 1 morto e 13 outros feridos.

· Em 2011, registaram-se 25 acidentes, 14 de viação e 11 de trabalho, neste 7 foram por capotamento e resultaram 5 mortos e 2 feridos. No total dos acidentes, 8 condutores faleceram e 7 ficaram feridos e a idade média dos condutores é de 46 anos. Destes acidentes registaram-se ainda mais 2 morto e 6 outros feridos.

Ano
Acidentes
Mortos
Feridos
2013
37
9
31
2012
30
6
25
2011
25
10
13


Para todos aqueles que fazem uso deste tipo de veículo deixamos aqui alguns conselhos a ter em conta:

  • Não esqueça a manutenção do veículo. O seu mau funcionamento ou falta de limpeza podem causar acidentes.
  • Lembre-se que as estruturas de proteção, como o arco de “Santo António”, podem evitar a morte do condutor ou reduzir a gravidade dos ferimentos.
  • Utilize os acessórios de iluminação e sinalização, de acordo com a lei.
  • Frequente ações de formação teóricas e práticas. Conheça os riscos da condução de tratores agrícolas e circule com segurança.
  • Não conduza sob o efeito de álcool, fadiga ou com excesso de velocidade.
  • Respeite os limites do trator. Não sobrecarregue nem transporte passageiros “à pendura”. É proibido e perigoso.

Os condutores dos tratores e máquinas agrícolas não devem esquecer que são as principais vítimas.

O Comando Territorial Viseu, durante as Operações “Floresta Protegida. Sempre!” e “Campo Seguro”, vai procurar sensibilizar a população para os cuidados a ter na condução dos tratores e máquinas agrícolas.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Esta é uma previsão da Cision para o valor de retorno total dos principais patrocinadores da Seleção Nacional.

À imagem do que foi feito em relação às últimas provas internacionais em que participou a seleção portuguesa, a Cision, através de um estudo realizado de forma continuada pela sua unidade de análise e ciências da informação, prevê agora que a Seleção Nacional vá gerar, no Mundial de Futebol 2014, 150 milhões de euros de retorno aos seus principais patrocinadores.

Relembre-se que o valor total de retorno dos patrocinadores da Seleção Nacional, nas últimas provas internacionais em que participou, foi de 132 milhões de euros no Mundial 2010, e de 98,5 milhões de euros no Euro 2012. Em relação ao Mundial de Futebol de 2014, que irá decorrer entre junho e julho, no Brasil, estima-se que o valor de retorno total seja significativamente superior, atingindo, desta feita, os 150 milhões de euros.

O valor de retorno foi calculado no espaço editorial português, que analisa mais de 2000 meios de comunicação social, entre televisão, rádio, online e imprensa. Foram tidos em conta os custos publicitários dos meios de comunicação social em que as marcas foram referidas ou visíveis e de acordo com a metodologia Cision, líder global em serviços e software de pesquisa, monitorização e análise de media, para avaliação de retorno de patrocínios.