Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
REGIÃO: Baião: Projeto da Casa Mortuária de Campelo apresentado ao público
segunda-feira, 22 de julho de 2013 Publicado por Notícias de Resende

“Um projeto de arquitetura com condições dignas de conforto, com capacidade para acolher amigos e familiares para participarem na celebração fúnebre e a inexistência de um equipamento municipal desta natureza na freguesia de Campelo”, foram as principais razões para a conceção deste projeto evocadas pelo presidente da Câmara Municipal, José Luís Carneiro, na sessão pública de Apresentação do Projeto da Casa Mortuária de Campelo, que ocorreu a 19 de julho, no Auditório Municipal de Baião.

“No decurso da sua execução, houve também, duas preocupações fundamentais: ouvir o Padre, Joaquim Ribeiro e o presidente da Junta de Freguesia de Campelo, Fernando Guedes, por forma a serem contempladas as suas principais perceções sobre o equipamento em questão. Agora é a vez da população da freguesia de Campelo se pronunciar”, acrescentou o autarca.

José Luís Carneiro referiu ainda que a construção desta Casa Mortuária será o culminar “destes equipamentos nas freguesias do concelho de Baião. Recordo que desde 2006 construímos seis Casas Mortuárias (Ancede; Covelas; Grilo; Mesquinhata; Viariz e Santa Cruz do Douro (este equipamento não foi criado de raiz)”.

Na cerimónia esteve também o vice-presidente da Câmara Municipal de Baião, autarcas, membros do associativismo e população locais.

O projeto foi apresentado pelo seu autor, Álvaro Ribeiro (colaborador da Câmara Municipal de Baião) que afirmou ter-se baseado em dois elementos essenciais para a definição das linhas exteriores do edifício. Os elementos que estiveram na base do seu trabalho de arquitetura foram: a tolha que cobre a mesa da área presidencial designada de “corporal” e o guardanapo que cobre o cálice, designado de “sanguíneo”, ambos assumem um formato semelhante, o qual foi transferido para o edifício.

A Casa Mortuária será construída junto à entrada principal do Cemitério de Campelo, contemplará dois pisos. O piso inferior vai albergar duas câmaras ardentes, capacidade para 20 lugares sentados, uma sala destinada ao Pároco e instalações sanitárias. No piso térreo ficará localizada a Capela, que será constituída por um amplo salão com altar e assembleia, estimando-se uma lotação máxima de 240 pessoas (194 lugares sentados). A área coberta do edifício é de 548 metros quadrados.

O projeto contempla ainda o tratamento dos espaços exteriores, com ajardinamento e pavimentação. Será um investimento da responsabilidade da Câmara Municipal de Baião, no valor de 470 mil euros.



Após a apresentação da Casa Mortuária de Campelo foi aberto o debate onde foram levantadas questões muito pertinentes por parte da plateia que vão ser equacionadas pela Câmara Municipal de Baião, para que o projeto corresponda o mais possível às necessidades sentidas pela população.

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "REGIÃO: Baião: Projeto da Casa Mortuária de Campelo apresentado ao público"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html