Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
REGIÃO: Baião: Douro Royal Valley Hotel & SPA *****Application School Hotel: Um exemplo para o país de como sair da crise
terça-feira, 23 de julho de 2013 Publicado por Notícias de Resende

Cobertos pelos frondosos ramos dos sobreiros e ladeados à direita pelo Património Mundial da Humanidade – Rio Douro, foi assim que foram recebidos os convidados para a cerimónia de Lançamento da Primeira Pedra do Douro Royal Valley Hotel & SPA ***** Application School Hotel, no dia 21 de junho, numa das mais magníficas Albufeiras do Rio Douro, localizada no lugar da Pala, freguesia de Ribadouro.

Participaram, na cerimónia, o presidente da Assembleia Municipal de Baião, José Pinho Silva, o presidente da Câmara de Baião, José Luís Carneiro, os promotores do empreendimento, Joaquim Ribeiro e Salvador Oliveira (Administradores da JASE, Empreendimentos Turísticos), a presidente do Instituto Politécnico do Porto, Rosário Gambôa, o presidente do Turismo Porto e Norte, Melchior Moreira e o vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, Álvaro Carvalho.

As intervenções foram unânimes ao classificarem este projeto como diferenciador, único no país que congrega lazer com conhecimento e um exemplo de como sair da crise.

José Pinho Silva abriu a sessão e não poupou os elogios às intervenções dos promotores do Hotel pelo seu arrojo e persistência num projeto que demorou cerca de seis anos para se consolidar , ao presidente da Câmara pela sua capacidade de diálogo com as instituições determinante para a captação de investimentos para o concelho de Baião, ao IPP pela sua parceria com setor privado, ao Turismo Porto Norte pelo esforço na promoção de uma marca fortíssima como é o Douro e à CCDRN pela capacidade de perceber o carácter inovador deste projeto e apoiá-lo financeiramente.

“ Sempre quisemos ser embaixadores no Douro e sonhamos com a nossa expansão para esta região e com a ajuda de todos foi possível a concretização deste grande investimento”, foi a frase mais marcante de Joaquim Ribeiro no uso da palavra.

“Seremos rigorosos com o cumprimento dos prazos de execução da obra, por isso esperamos que no final do ano de 2014, as portas do Douro Valley se abram para o Douro”, finalizou.

Rosário Gambôa salientou as muitas entidades envolvidas para que este projeto resultasse. “Foi preciso a confluência de muitas pessoas ligadas às várias escolas e administração do IPP, da JASE, da Câmara Municipal de Baião, da CCDRn, do Turismo Porto e Norte, do IPTM para, finalmente estarmos aqui hoje. Contudo, quando o projeto me foi apresentado senti-me uma privilegiada e a decisão do IPP se associar como parceiro só podia ter sido positiva, pelo seu caráter diferenciador”.

Dois recados foram deixados pelo vice-presidente da CCDRn: “ Parabéns à JASE, pois só há uma forma de combater a crise, que é fazer e a partir de Baião vamos sair da crise. E, depois porque o turismo não é só Lisboa, o turismo também é aqui!”

Melchior Moreira referiu ser a sua intervenção mais difícil em 5 anos, desde que se encontra com a responsabilidade de dirigir o Turismo Porto e Norte.

“Eu o presidente da Câmara Municipal de Baião somos, hoje, as pessoas mais felizes, por partilharmos este momento. As minhas primeiras palavras apaixonadas vão para o Salvador e para Joaquim que assumiram um grande investimento no Douro. Deram um exemplo ao País de como sair da crise, estamos a criar riqueza e postos de trabalho”, salientou.

“O trabalho que o presidente da Câmara Municipal de Baião tem feito, no que diz respeito á área de turismo em Baião e na região é notável. Os promotores deste Hotel, poderiam ter escolhido outro concelho para a sua implantação, mas, eles sabem que têm em Baião um interlocutor à altura, que os acompanha sempre nos momentos difíceis”, concluiu.

“ Estamos aqui hoje a sinalizar o maior investimento privado no concelho de Baião, 12 milhões e 700 mil euros. Trata-se de um investimento exemplar a nível Europeu por cinco razões: 1) Articula o investimento privado com os fundos públicos, nomeadamente comunitários; 2) Articula os centros de investigação e do ensino superior com a estrutura empresarial, económica e social; 3) Ocorre num setor nevrálgico do desenvolvimento da região norte e do país, ou seja, no Turismo; 4) Garante uma resposta em termos de emprego qualificado e de escoamento dos produtos locais e regionais; 5)Durante o período de construção temos a garantia de que as empresas locais e regionais serão envolvidas no projeto e indiretamente os setores da restauração, do alojamento serão também dinamizados, elencou José Luís Carneiro.

“ De janeiro de 2006 a julho de 2013 conhecemos um investimento superior a 20 milhões de euros em 2 unidades hoteleiras no concelho de Baião e no fim deste investimento seremos o concelho do Douro com maior capacidade de alojamento. A este valor acresce mais 4 milhões de euros de projetos públicos e privados, executados e outros em fase de execução. Neste valor evidenciam-se oito projetos apoiados pelo Programa de Desenvolvimento Rural, através da cooperativa Dólmen , nomeadamente: Casa da Lavandeira em Ancede; o Casarão em Santa Marinha do Zêzere; o Restaurante da Fundação Eça de Queiroz; Quinta das Quintãs em S. Tomé de Covelas; Quinta da Ermida , em Santa Marinha do Zêzere; Associação de Desenvolvimento Regional; Douro Suites , na Pala, Freguesia de Ribadouro Casa das Aguincheiras, em Ancede e a beneficiação do Cais de Aregos (Santa Cruz do Douro), no valor de 200 mil euros; a requalificação do Jardim da Pala (Ribadouro), no valor de 90 mil euros e a melhoria das acessibilidades nas freguesias de Ancede e de Santa Cruz do Douro, no valor de 735 mil euros”, continuou.

“ A política é arte do possível, mas por vezes é quase a arte do impossível. Acreditar é muito importante e a política é essa arte de alcançar aquilo que parece inatingível. É isso que vivemos aqui, hoje”.

Para José Luís Carneiro “Baião tem elementos de caráter patrimonial, como é o caso do Mosteiro de Santo André de Ancede, monumento cujas origens remontam a 1120, data anterior à nacionalidade portuguesa e a margem do Rio Douro sendo a melhor para o desenvolvimento projetos turísticos pela sua exposição solar (referenciado pelos especialistas na matéria) que o distinguem e o tornam singular no país”.

O presidente da Câmara Municipal de Baião aproveitou a oportunidade e lançou o desafio ao vice-presidente da CCDRn para apoiar o projeto de Reconversão e Restauro deste valioso Mosteiro, que tem a marca do prestigiado arquiteto português, Álvaro Siza Vieira.

O PROJETO
O Douro Royal Valley Hotel & SPA ***** Application School Hotel promete revolucionar o panorama hoteleiro no Douro em Portugal, ao aliar o turismo de luxo com a formação na área da hotelaria de cinco estrelas, replicando um conceito popularizado em países como a Espanha ou a Suíça.

Esta unidade hoteleira vai criar 107 postos de trabalho (diretos e indiretos) e prevê receber uma turma de formação superior com 30 alunos – Licenciatura em Gestão Hoteleira – por ano (perfazendo um total acumulável de 90 alunos). O Douro Royal Valley Hotel vai também ministrar cursos de formação técnico profissional na área hoteleira que serão certificados pelas entidades credenciadas.

Será a segunda unidade hoteleira criada em Baião pelos mesmos investidores. A JASE tem desde 2008 em funcionamento o Douro Palace Hotel Resort & SPA – Hotel de 4 Estrelas, localizado na freguesia de Santa Cruz do Douro, concelho de Baião.

O novo Hotel de cinco estrelas contará com a parceria do Instituto Politécnico do Porto (o maior do país com cerca de 16 mil alunos).

O empreendimento irá nascer na Albufeira da Pala, um dos mais belos espelhos de água no rio Douro, situado na freguesia de Ribadouro, no concelho de Baião, representando um investimento total de 12 milhões e 700 mil euros.

O Douro Royal Valley Hotel & SPA ***** Application School Hotel irá assumir-se como o primeiro hotel de aplicação de Portugal, já que por intermédio da parceria com o Instituto Politécnico do Porto serão ministradas naquele local formações e aulas práticas nas áreas do turismo e da hotelaria.

O caráter estratégico deste investimento traduz-se no facto de receber uma comparticipação de 7 milhões de euros suportada por fundos comunitários, através do Quadro Estratégico de Referência Nacional.

Este investimento visa dar resposta ao crescente investimento no sector do turismo no Douro, mas afirmar-se, ao mesmo tempo, como uma referência formativa para a região norte e para todo o país.

O Douro Royal Valley Hotel & SPA ***** Application School irá ter sessenta e nove quartos no hotel, a que se somam trinta e quatro quartos na escola. Serão ainda construídos um restaurante, dois bares, duas piscinas, um SPA, seis salas de reuniões e um campo de ténis.

Este é o segundo investimento da empresa JASE – Empreendimentos Turísticos, no concelho de Baião, que já detém o Douro Palace Hotel Resort & SPA, uma unidade de quatro estrelas com 60 quartos situada na freguesia de Santa Cruz do Douro.

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "REGIÃO: Baião: Douro Royal Valley Hotel & SPA *****Application School Hotel: Um exemplo para o país de como sair da crise"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html