Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
REGIÃO: Lamego: Abertura do espaço museológico do Castelo de Lamego marca Feira Medieval deste ano
sábado, 8 de junho de 2013 Publicado por Notícias de Resende

A Feira Medieval de Lamego vai ficar este ano marcada pela abertura ao público do Castelo de Lamego como espaço museológico militar, após a conclusão da intervenção efetuada no local no âmbito do projeto de regeneração urbana Viver Lamego. Durante a realização desta recriação histórica, os lamecenses também vão poder conhecer, pela primeira vez, o resultado dos trabalhos de remodelação e adaptação que incidiram na antiga Padaria O Cantinho que passará a acolher os Escoteiros do Grupo 49 e o novo Centro de Atividades Ocupacionais do Castelo que nasce da requalificação de uma casa próxima desta fortificação para ser um espaço polivalente ao serviço da comunidade idosa que reside no bairro mais antigo da cidade.

Com a concretização do projeto Viver Lamego, a Câmara Municipal quer, entre outros objetivos, inverter a desertificação populacional do bairro do Castelo e aumentar a sua atratividade para os turistas. Para além da valorização do espaço público, através da requalificação de todas as ruas e travessas, em breve a antiga Cisterna de Lamego também reabrirá como centro de exposições, para além da entrada em funcionamento de outros equipamentos: o Centro de Design e Estudos da Prata, o Centro de Artesanato, das Artes e dos Ofícios Tradicionais e o Centro de Acolhimento de Artistas. Estas intervenções, em fase adiantada de execução, vão potenciar a componente turística e comercial do bairro do Castelo e alavancar o fator de modernidade no âmbito do Viver Lamego.

O Castelo de Lamego constituirá o principal pólo do conjunto de espaços museológicos da zona envolvente que vão ter por missão valorizar os achados arqueológicos descobertos recentemente e que ilustram a ocupação pré-romana daquela zona. Este projeto de musealização perpetuará a vivência antiga de uma cidade com cerca de 3000 anos de história e acentuará o seu passado militar. Na torre de menagem é criado um miradouro virtual para a cidade e a muralha exterior vai dispor das condições adequadas à livre circulação de pessoas.

Por outro lado, o Centro de Atividades Ocupacionais do Castelo funcionará como um espaço polivalente ao serviço da comunidade idosa que reside naquele bairro. Um novo centro de convívio e de apoio social, onde os serviços municipais e as instituições particulares de solidariedade social poderão prestar auxílio aos utentes.

Orçado em 10 milhões de euros e comparticipado pelo QREN, o projeto Viver Lamego integra trabalhos já executados na rua da Olaria, Encostinha e Largo da Feira. Também estão em curso neste momento as obras de regeneração urbana no chamado Eixo Barroco que integra as avenidas Dr. Alfredo de Sousa e Visconde Guedes Teixeira, consideradas a “sala de visitas” da cidade, num investimento superior a 2,5 milhões de euros.

Mais uma vez, a Feira Medieval de Lamego “assenta arraiais” na zona envolvente da Praça do Comércio onde reunirá o clero, a nobreza, os mestres de ofício e os servos da gleba para fazerem a evocação histórica do comércio e das artes e dos ofícios medievais. A viagem ao passado destaca a recriação das Cortes de Lamego por D. Afonso Henriques, através da qual o público poderá vivenciar vários episódios da época, enquadrados na moldura de um mercado. Não faltarão, por isso, mercadores e artesãos que vão desenvolver as suas atividades de comércio.

Assim, ao longo de três jornadas, de 14 a 16 de junho, as ruas e ruelas da zona alta da cidade serão palco de “jogos de destreza e perícia”, “reinos de armas e preitos de vassalagem a D. Afonso”, para além de “bailias e folguedos com músicos”.
Ao apresentar uma programação ampla e bastante apelativa, este evento promete cumprir duas missões essenciais: fazer a pedagogia dos usos e costumes medievos e expor artesanato nacional e internacional de qualidade. Para além da Praça do Comércio, o espaço ocupado por mercadores e artesãos, muitos dos quais provenientes do Magrebe, será alargado às ruas Marquês de Pombal, Padre Alfredo Pinto Teixeira, das Cortes, Almacave e Nova, para além de um pequeno troço da Av. 5 de outubro. A Câmara Municipal de Lamego apela à compreensão e colaboração dos moradores e comerciantes das zonas envolvidas para que se associem a esta manifestação cultural e respeitem as restrições em relação à circulação e estacionamento automóvel.



Organizada pela Câmara Municipal de Lamego, através do programa Viver Lamego, a Feira Medieval representa um investimento de 56 mil euros, comparticipado em 85% através do QREN.

Notícias de Resende

Obrigado pela sua sua visita..!

0 comentários para "REGIÃO: Lamego: Abertura do espaço museológico do Castelo de Lamego marca Feira Medieval deste ano"

Deixe um comentário

Regras de utilização aceitável do noticiasderesende.com

Não obstante as regras definidas e a diligência e zelo a que NOTÍCIAS DE RESENDE se propõe, não é possível um controlo exaustivo dos comentários dos utilizadores e, por isso, não é possível a NOTÍCIAS DE RESENDE garantir a correção, qualidade, integridade, precisão ou veracidade dos referidos comentários.

NOTÍCIAS DE RESENDE não é responsável pelo teor difamatório, ofensivo ou ilegal dos comentários. Todos os textos inseridos nas caixas de comentários disponibilizadas em www.noticiasderesende.com expressam unicamente os pontos de vista e opiniões dos seus respetivos autores.

Apesar da referida impossibilidade de exercer um controlo exaustivo, NOTÍCIAS DE RESENDE reserva-se o direito de bloquear e/ou de retirar das caixas de comentários quaisquer mensagens que contrariem as regras que defende para o bom funcionamento do site, designadamente as de caráter injurioso, difamatório, incitador à violência, desrespeitoso de símbolos nacionais, racista, terrorista, xenófobo e homofóbico.

Os comentadores são incentivados a respeitar o Código de Conduta do Utilizador e os Termos de Uso e Política de Privacidade que podem ser consultados neste endereço:
http://www.noticiasderesende.com/p/politica-de-privacidade.html