[ ]
Notícias de Última Hora
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 30 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
O Pavilhão Municipal de Anreade vai receber mais uma prova do Next 21, Campeonato Nacional de Andebol de Juniores Masculino, no dia 2 de Outubro, domingo, pelas 17h00. Nesta 2.ª Jornada, os Dragões vão defrontar o Sporting CP.


Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Amanhã, dia 1 de Outubro, a partir das 9h00, Caldas de Aregos receberá o Campeonato Nacional de Fórmula Futuro.

Programa:

9h00 - Inscrições
10h00 - Reunião de Pilotos
10h30/13h00 - Acção de Formação
14h30/17h00 - Provas
17h30 - Entrega de Prémios



Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
No dia 29 de Setembro, feriado municipal, procedeu-se à inauguração do Estádio Municipal de Fornelos. O programa de inauguração contou com um jogo entra as equipas, Grupo Desportivo de Resende e Clube Desportivo de Cinfães, por volta das 18:30 horas.

Rui Felisberto, do Grupo Desportivo de Resende, inaugurou o marcador, estando a equipa resendense a ganhar por um a zero. O Clube Desportivo de Cinfães, ainda na primeira parte, consegue virar o resultado do jogo para 1 a 3, a favor da equipa cinfanense. A equipa visitante marca ainda dois golos na segunda parte, finalizando assim o resultado de 1-5.

Ainda é de referir que o Clube Desportivo de Cinfães era a equipa favorita do jogo, pois milita actualmente na 2.ª divisão nacional.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Dr. António Almeida Henriques
Secretário de Estado Adjunto da
Economia e Desenvolvimento Regional
Durante a última semana tive a oportunidade e o prazer de estar presente na inauguração do Welcome Center de Viseu e, ainda, no arranque da construção do primeiro hotel de 5 estrelas no distrito de Coimbra.

Dois importantes investimento turísticos que vêm melhorar a atratividade e a competitividade do País, em particular da região centro.

Dois investimentos realizados num importante sector de atividade económica, altamente internacionalizado e superavitário em termos de Balança Comercial.

O turismo, enquanto sector, é estratégico para o relançamento da economia nacional. O conjunto de relações e interdependências deste sector gera uma dinâmica económica regional que, para além de proporcionar um aproveitamento equilibrado dos recursos endógenos da região, dinamiza a produção local e revigora atividades típicas, quer históricas, culturais ou de empreendedorismo, de uma localidade.

Por tudo isto, o turismo deve ser encarado como um motor de desenvolvimento regional. Um motor capaz de transformar os recursos endógenos em mais-valias locais e, ainda, criar um maior valor acrescentado a todo o património cultural, histórico e natural de uma região.

É um dos meus objetivos trabalhar no sentido de que o turismo venha, cada vez mais, a ganhar espaço crescente nas propostas de desenvolvimento a delinear com o fim de contribuir para a resolução da crise que afeta a maioria das áreas rurais. Para que tal aconteça é fundamental que o seu crescimento seja efetuado de forma sustentada, quer a nível económico, quer a nível ambiental. É para isso que, todos juntos, continuamos a trabalhar.
Por Notícias de Resende | quarta-feira, 28 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
Decorreu no dia 24 de Setembro mais uma edição da prova de Perícia Automóvel – Labareda 2011, numa organização do Município de Resende, em conjunto com o Clube Automóvel da Régua e Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

Os pilotos participantes, oriundos de várias partes do país, deram o seu melhor na prova de perícia automóvel que já tem lugar garantido na Festa da Labareda e levaram ao rubro centenas de pessoas que assistiram ao espectáculo.

Carlos Resende, ao volante de um Mini, foi o grande vencedor da Classe A, e Jorge Almeida, que conduziu um Dayatshu, foi o primeiro classificado da Classe B. Já na classe C, Paulo Borges, com um Honda, levou a melhor, na classe D o grande vencedor foi Luís Delgado, ao volante de um Dayatshu EVO, e José Pouca Sorte, que conduziu um BMW, venceu na Classe E.

O prémio para melhor piloto do concelho foi atribuído a Marco Almeida, que tem o título de Campeão Nacional de Juniores, e concorreu com um Mini.

Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
O Grupo Desportivo de Resende ganhou por 2 bolas a 0 ao G.D. Boassas, num jogo realizado no Estádio Dona Margarida Alpoim Aranha, em Miomães, no dia 25 de Setembro. Pedro Esteves e Matinha foram os marcadores deste jogo de preparação que teve muito público a apoiar o clube resendense.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Será realizada no dia 29 de Setembro a Inauguração do Estádio Municipal de Fornelos, às 17:30 horas. No mesmo programa será realizado um jogo entre as equipas GD Resende e CD Cinfães, por volta das 18:30 horas.


Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
De toda a minha vasta experiência, de trabalho com crianças, jamais me esquecerei da forma como os nossos Afonsinhos receberam cerca de 20 colegas de familias carenciadas. A amizade, o companheirismo e o saber receber, já fazem parte da vivência dos nossos queridos Afonsinhos.

Queremos que eles joguem muito bem á bola, mas sobretudo queremos que criem condutas educativas que os orgulhem de fazer parte do nosso projecto.

Numa altura em que muito se fala em poupar , Os Afonsinhos decidiram criar esta actividade de receber miudos carenciados com muito carinho, dedicação e sobretudo sinceridade. Oferece-mos umas t shirts da Fundação Guimarães e a alegria ficou patente em todos os meninos e meninas que vieram.

Queremos agradecer aos pais que criaram estes Afonsinhos , que os educaram excelentemente e que por isso nos facilitam o trabalho de ajudá-los a crescer, a bem crescer.

Queremos continuar a ser exemplo para as outras associações, com projectos inovadores e sem envolvimentos monetários !!!Queremos fomentar cada vez mais o associativismo genuino e não o clientelismo que provoca maus projectos e acaba com as associações.

Sentimos-nos bem felizes e sobretudo realizados por o projecto crescer fortemente, e sobretudo por movimentar as freguesias á volta do nosso local de trabalho, e vê-las mais dinamizadas, mais abertas á população e também com melhores miudos, mais felizes, mais alegres e futuros homens de amanhã.

É tudo isto que nos move, é por isto que temos orgulho de pensar que quando o trabalho é bem feito, o gosto pelas coisas é muito gratificante.

A nós , o medo , é uma cena que não nos assiste!!!

Obrigado ao Municipio de Resende, ao CLDS Resende Mais Solidário , ao site Noticias de Resende e ao nosso patrocinador oficial RMCV- Serviços informáticos.

Marcos Antunes
Por Notícias de Resende | terça-feira, 27 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários


O Presidente da Câmara Municipal de Resende, António Borges, assinou um protocolo de colaboração com a Federação de Andebol de Portugal, numa cerimónia realizada no dia 24 de Setembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, que garantirá a presença permanente da Selecção Nacional de Juniores B em Resende.

Com a assinatura do protocolo ficam estabelecidas as condições de preparação e funcionamento da equipa Resende Andebol/Selecção Nacional que irão participar no Campeonato Nacional de Seniores Masculinos, da 2.ª Divisão, na época desportiva 2011/2012.

No âmbito do protocolo assinado entre as duas entidades, os atletas encontram-se a desenvolver um estágio permanente em Resende que se prolongará até Agosto de 2012. Para o efeito, a Câmara Municipal disponibiliza a utilização do Pavilhão Gimnodesportivo de Anreade para os treinos, cede transporte e fornece alojamento nas “Casas dos Magistrados” aos diversos agentes desportivos ao serviço da Federação de Andebol de Portugal, sendo que os atletas realizam os seus estudos na Escola Secundária D. Egas Moniz.

António Borges salientou que “temos em Resende condições para conseguirmos fazer a promoção do desporto numa lógica de crescimento do nosso concelho e, naturalmente, entendemos que esta parceria é um grande estímulo e um grande catalisador dentro da escola, na nossa comunidade, para que possamos, particularmente através do andebol, promover o novo perfil dos nossos jovens no concelho”.

Já o Presidente da Federação de Andebol de Portugal, Henrique Torrinha, reforçou que “todas estas condições que nos foram propiciadas pelo Município de Resende vão possibilitar dar continuidade ao projecto iniciado em 2004 e que tem no horizonte o objectivo de entrar nos jogos olímpicos de 2020”, acrescentando que “é para o topo que temos de trabalhar, e assim alcançar a excelência”.

Após a assinatura do protocolo e a seguir ao almoço decorreu a partida que opôs o Resende Andebol ao C.D.C. Santana, a contar para a 2.ª jornada do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão, zona Norte, num jogo bastante renhido onde acabou por vencer a equipa do C.D.C. Santana por 23-22.
Por Notícias de Resende | domingo, 25 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
"Boas, Guerreiros e apoiantes do G.D.R...

Vimos informar que quem quiser fazer parte da claque se pode inscrever. Basta enviar uma mensagem a qualquer um dos administradores da página (do Facebook) com o seu contacto. (Nome completo, disponibilidade, número de telefone e e-mail).

Também informamos que no próximo domingo, dia 25 de Setembro pelas 18:30 temos na sede do Grupo Desportivo de Resende a nossa primeira reunião com todos os elementos da claque. Por favor apareçam para se poder decidir alguns dos assuntos relacionados com a claque. Quem não puder comparecer é favor avisar algum dos administradores. Apareçam!!!

Obrigado e cumprimentos..."

Guerreiros Azuis-Claque organizada GDR (Página do Facebook)
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 23 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
Hélder Amaral
Deputado do CDS-PP
Todos os países têm motivos de interesse: monumentos, história, beleza natural, praias de sonho, gastronomia e gente acolhedora. É consensual que Portugal tem todos estes motivos de interesse. Logo, a primeira conclusão é que quando procuramos cada um destes “tesouros” do outro lado do mundo, deveríamos começar por procurá-los mesmo debaixo dos nossos olhos desatentos. Não pretendo desaconselhar viagens ao estrangeiro - nem o poderia fazer: seria como contra a minha natureza, uma vez que passei mais de duas décadas a convencer as pessoas que viajar é o melhor remédio. Podem crer que viajar faz bem a quase tudo; o que pretendo é chamar a atenção para o que temos, e o que podemos fazer com o que a Graça Divina nos deu como prémio.

No passado Domingo fui convidado para o Dia do Município de Moimenta da Beira na Feira de São Mateus por esse Município. Uma fantástica ideia, a de aproveitar a visibilidade da Feira das Feiras para promover o que de melhor faz cada concelho do nosso Distrito. Aqui está uma ajuda útil que a capital do Distrito pode e deve dar aos nossos vizinhos. O que não percebi, mas deve ser defeito meu, foi a razão pela qual o concelho de Moimenta foi atirado para um local secreto do Pavilhão Multiusos, ou para o Palco 2, quando no palco principal apenas actuava o vazio e o silêncio. Outra nota previsível, mas que explica quase tudo, foi a ausência (até ao jantar, em que não participei) de um representante da Expovis, ou, mais grave, de um qualquer elemento da Autarquia anfitriã, ou seja, da Câmara Municipal de Viseu.

Apesar de tudo isso, o concelho de Moimenta mostrou, como pode ou como o deixaram, o melhor que tem: rancho folclórico, as tradições do pão, enchidos e meias de Alvite, a sua jovem mas de qualidade prometedora Orquestra Ligeira, sem esquecer o seu já famoso espumante Terras do Demo e as maçãs, fazendo jus à verdadeira Capital da Maçã de montanha, que foram distribuídas de forma graciosa em todas as entradas do recinto. Não faltou sequer o lançamento de um livro da Editora local, “Edições Esgotadas”, com o patrocínio da já famosa Bertrand. Estão de parabéns as gentes de Moimenta, que do pouco fazem muito, não se rendendo às dificuldades da história e ao egoísmo de outros.

No meio desta crise, cujo fim ou consequências continuam imprevisíveis, este exemplo de Moimenta vem lembrar-nos do potencial que temos mesmo ao nosso lado. Quase ninguém fala, no nosso Distrito ou no País, dos nossos recursos naturais: floresta, gado, agricultura, património paisagístico, biodiversidade, entre outras, que foram durante séculos a base da nossa subsistência. O País fez bem em investir na sua modernização, nas novas tecnologias, e em serviços. O que fez mal foi esquecer o necessário investimento no que já tinha. O Governo prepara para breve uma espécie de “kit do interior”, com medidas para a coesão territorial. É louvável o esforço, mas sem as pessoas não existem politicas eficazes; e certo é que em muitas parcelas do nosso interior já lá não mora ninguém.

As explorações agrícolas desapareceram a uma velocidade preocupante, e com elas a desertificação, o desemprego e as importações de produtos que podemos produzir. O betão foi a prioridade, mesmo em solos férteis. No discurso partidário, apenas o CDS e o PCP foram alertando para a importância da Agricultura e para o mundo rural, mesmo tendo dele visões diferentes. Nos últimos seis anos tivemos um Primeiro-ministro que visitou o Parlamento todos os quinze dias, e ainda assim nem por uma vez deu importância ao sector. Registam-se sinais que tudo pode mudar agora - não pelas melhores razões, mas que seja. O nosso Distrito tem aqui uma vantagem enorme: é líder em áreas inovadoras, como as renováveis, e pode sê-lo também no mundo rural. A nossa região produz as primeiras Cerejas da Europa na Penajoia (Lamego) e em Resende. Portugal tem outras regiões de grande qualidade, como Alfandega da Fé, Macedo de Cavaleiro e Mirandela, sem esquecer as Cerejas da Beira Interior (Fundão e Covilhã). O Irão é o país com maior área de cerejeira sendo seguido pelos Estados Unidos da América, Turquia, Itália e a Espanha Portugal representa apenas 0,5% da produção mundial. Não temos que ser os maiores, mas não podemos, importar mais de 70% da cereja que consumimos. O problema não está no que temos, mas no que não fazemos com o que temos.
Por Notícias de Resende | quinta-feira, 22 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
No próximo sábado, dia 24 de Setembro, pelas 15h00, no Pavilhão Municipal de Anreade, não perca o Campeonato da 2.ª Divisão Nacional, num jogo que vai colocar frente a frente a Equipa do Resende Andebol - Selecção Nacional e o C.D.C Santana.



Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Dr. António Almeida Henriques
PSD
Portugal é um dos mais centralizados países da Europa Ocidental. Esta forma de governar, que tem séculos de tradição, introduz um efeito pernicioso no desenvolvimento do País e na qualidade da sua democracia. O Centralismo afasta o poder e a decisão dos cidadãos, empurra-os para longe das terras onde nasceram, acentua as assimetrias regionais e promove a desertificação do território.

Os dados provisórios dos Censos 2011 ilustram bem o país que existe para além das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto. Cerca de 65% dos municípios perderam população e dois terços do território encontra-se em processo de desertificação. Fora das grandes áreas urbanas faltam pessoas, empresas, massa crítica. É um país de poucas oportunidades, de escasso investimento público, onde os mais jovens fogem das suas terras e a população está cada vez mais envelhecida.

A Reforma da Administração Local, recentemente anunciada pelo Ministro Miguel Relvas, vem exigir maior austeridade e maior eficácia aos órgãos locais, reduzindo o número de eleitos locais, de dirigentes superiores e intermédios e iniciando um procedimento legislativo conducente a um novo enquadramento legal para o Sector Empresarial Local, o qual visa aumentar o controlo e a monitorização sobre estas empresas.

Porém, vem inverter o registo e tradição centralista da Administração Pública. Colocando o municipalismo no centro da descentralização, esta reforma reforça e valoriza as competências dos municípios, dando-lhes dimensão e enquadramento, especialmente ao nível intermunicipal, criando instrumentos efetivos para que a promoção da coesão nacional e da competitividade sejam feitas através do poder local.

É muito positivo que o Poder Central entenda que é necessário criar músculo nas autarquias, dotando-as de poderes e instrumentos capazes de fomentarem o seu próprio crescimento. A interioridade e os territórios de baixa densidade demográfica precisam desta visão. Para que Portugal, por inteiro, prospere.

Este artigo foi escrito ao abrigo do acordo ortográfico.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários

Uma das vertentes do projecto da Escola de Futebol dos Afonsinhos passa por ajudar as pessoas, neste caso os meninos que não têm tantas possibilidades nem oportunidades, por variadíssimos motivos, de crescer e sobretudo de ter esse direito!

No dia 24 de Setembro e no dia 1 de Outubro a escola irá receber cerca de 20 meninos de todo o concelho de Resende, nessas condições, o que para os Afonsinhos será um prazer tê-los na sua companhia.

A crise existe, a vida não está fácil, mas não podemos desistir, nem parar, e deixar tudo nos consumir, de uma forma trágica.

A Escola Afonsinhos pretende continuar a crescer enquanto projecto e por isso fazendo o bem e ajudando, sentindo-se assim mais realizada e feliz.

Os Afonsinhos irão ter dentro do horário escolar, no Centro Escolar de São martinho de Mouros, uma hora e meia de actividade ( afonsinhos na escola), todas as terças feiras, das 16 horas às 17 horas e 20minutos, o que orgulha ainda mais a escola.

Os Afonsinhos convidam toda a população que gosta dos mesmos a visitar, aos sábados de manhã , no Pavilhão Municipal de São Martinho de Mouros, das 10 horas às 12 horas.

A Escola abraça todos que a apoiam em especial à RMCV, patrocinadora oficial dos Afonsinhos.
Por Notícias de Resende | quarta-feira, 21 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
A Vila de Resende vai receber no próximo dia 24 de Setembro a próxima prova do Campeonato de Portugal de Slalom e Perícia.

Para esta prova o consagrado piloto do Campeonato de Portugal Jorge Almeida já campeão de Portugal de Slalom Automóvel na categoria N/MINI TF, vai procurar o melhor resultado. O piloto Mangualdense pretender amealhar o maior número de pontos para a melhor classificação absoluta da modalidade.

Esta prova é uma organização do Município de Resende com o Clube Automóvel da Régua, e está previsto o seu início para as 14 horas de sábado em frente ao edifício da Câmara Municipal.

Sobre Jorge Almeida
Piloto do Concelho de Mangualde, melhor representante do Distrito de Viseu na modalidade, com 14 anos de actividade neste desporto, sendo este um hobbie deste Economista de Profissão, que conta no seus palmarés com mais de 3000 troféus conquistados em provas de Perícia, Slalom, Freestyle, Rampas, Super Especiais entre muitas outras.

Por Notícias de Resende | terça-feira, 20 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
O Grupo Desportivo de Resende saiu derrotado num jogo da pré-temporada frente ao Académico Desportivo de Fornelos, por 3-1 num jogo de preparação realizado em Fornelos, Cinfães, no dia 18 de Setembro.

Os resendenses não conseguiram dar a volta ao resultado no jogo de preparação com os do Académico Desportivo de Fornelos. O golo do G.D. Resende foi marcado pelo jogador Caê. É ainda de referir o bom desempenho por parte da equipa resendense, mostrando-se capaz de ir mais longe nesta época.
Por Notícias de Resende | segunda-feira, 19 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
A tradicional Festa da Labareda, em Resende, vai decorrer entre os dias 24 e 29 de Setembro, Feriado Municipal, garantindo seis dias de muita folia e animação musical. As festas apresentam um programa diversificado que contempla música, cultura, desporto e lazer, sendo que o destaque vai para a actuação de conceituados nomes do panorama musical nacional.

Pelo palco principal vão passar artistas como Teresa Salgueiro (dia 24) e José Alberto Reis (dia 28). Mas, ao longo dos seis dias a oferta passa por espectáculos com os grupos de baile do concelho (Raio de Sol, Pele e Osso e Segunda Via), as bandas de música de S. Cipriano “A Nova” e “A Velha” (dia 26), uma noite de fados (dia 27), e um festival de folclore (dia 25) que conta com a participação de grupos etnográficos e folclóricos de todo o país. As festas contemplam ainda iniciativas de índole desportiva com um concurso de pesca a decorrer também no domingo, dia 25.

O programa culmina no dia 29, Feriado Municipal, com a Feira Anual de S. Miguel e com o desfile e actuação dos Grupos Folclóricos do concelho (a partir das 20h30), seguindo-se o grupo musical RUMPELSTITSKIN.

Esta festa de fim de verão é uma iniciativa da Câmara Municipal de Resende que vem cumprir a tradição no concelho, e pretende proporcionar momentos de diversão, folia e animação a todos os resendenses e visitantes, já que apresenta um programa equilibrado, destinado a todas as idades.

Programa completo e cartaz em www.cm-resende.pt
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários


A Escola do 2.º Ciclo do Ensino Básico de Resende foi inaugurada no dia 15 de Setembro depois de um investimento de 600 mil euros em obras de remodelação e modernização. A cerimónia, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Resende, António Borges, marcou a abertura do novo ano lectivo no concelho.

A EB2 é frequentada por 312 alunos, tem 18 salas de aula, uma sala de apoio a alunos com multideficiência, biblioteca, cozinha, refeitório, auditório, balneários e pavilhão desportivo. As obras de remodelação contemplaram o arranjo dos telhados, rede eléctrica, novos pavimentos, melhores acessibilidades, pintura, casas de banho, substituição do mobiliário das salas de aula e uma nova cozinha com melhores condições de trabalho.

Durante a cerimónia, António Borges afirmou que “uma sociedade que não investe na educação, é uma sociedade que terá problemas sérios no futuro e que jamais conseguirá responder às ambições e aos anseios da população. Nós continuaremos o caminho da melhoria da qualidade de ensino, da melhoria da qualidade de funcionamento das nossas escolas, porque só com uma escola capaz teremos condições para enfrentar o futuro desta terra que é a nossa terra de Resende”.

O Presidente da Comissão Administrativa Provisória do Agrupamento de Escolas de Resende, Manuel Luís Tuna, referiu que “estamos aqui para festejar a requalificação desta escola, que ao fim de quase 35 anos de existência está cada vez mais acolhedora, cada vez mais confortável, melhor equipada e modernizada para enfrentar a nobre tarefa que tem de desempenhar” e agradeceu ao Presidente da Câmara Municipal “o apoio nas obras realizadas, pelas oportunidades desta realização e pela importância que atribui à educação no concelho”.

As obras realizadas nesta escola integram o programa de modernização das escolas dos ensinos secundário e básico 2/3 promovido pelo Ministério da Educação, a cargo da Parque Escolar, que congrega a requalificação da Escola Secundária D. Egas Moniz, cujas obras ainda se encontram a decorrer, num pacote orçado em 12,8 milhões de euros, no maior investimento público alguma vez realizado no concelho.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
A equipa de S.Martinho de Mouros atingiu a final do torneio Cidade de Tarouca, sendo eliminada apenas no desempate através de grandes penalidades.

Confira os resultados:

1ª MEIA FINAL: Inter Tarouca 1 -3 SMM
2ª MEIA FINAL: Águias Unidas 6-3 Seia

3/4 LUGARES: Inter Tarouca 4-2 Seia

FINAL: SMM 3-3 Águias Unidas (final tempo regulamentar)
Penaltis: SMM 3-4 Águias Unidas
Resultado Final: SMM 6-7 Águias Unidas


Por Notícias de Resende | sábado, 17 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
Acácio Pinto
Deputado do PS
É bem verdade que, depois de oitenta dias de governação, não se podem emitir juízos definitivos sobre a qualidade da linha política do actual governo. Porém, há juízos parcelares a que não podemos, desde já, eximir-nos pela constante redundância das políticas apresentadas. E, face a isso, não podemos ficar sossegados.

Aquilo que ontem, na oposição, eram cortes na despesa, aquilo que eram necessários e urgentes emagrecimentos do estado, passaram rapidamente para cortes na carteira dos contribuintes através de significativos e permanentes aumentos dos impostos e dos serviços.

De cada vez que o primeiro-ministro ou o ministro das finanças falam é só para lançar um imposto novo ou o aumento de um existente. Seja na sobretaxa que vai subtrair 50% do subsídio de natal aos trabalhadores portugueses, seja no aumento do IVA da electricidade e do gás, ou seja no exponencial aumento dos transportes, ou ainda no corte de reembolsos de despesas de saúde há uma conjugação diabólica, sempre, no sentido de penalizar os mesmos, os contribuintes e, sobretudo, aqueles que não vivem dos dividendos financeiros, uma vez que essas mais-valias ficaram de fora de tributação extraordinária.

E essa obstinação é tanta que não há um sinal, um sinal sequer, de abertura a propostas alternativas do PS, como por exemplo a de aumentar a tributação das empresas mais lucrativas para aliviar o aumento do IVA na electricidade e gás.

Sempre se poderia dizer que esta linha política tem acolhimento no memorando da troika que foi assinado pelo estado português e ao qual o PS também está vinculado. Mas nada disso. O que se tem vindo a fazer é de ir para além do memorando e por esta via penalizar os trabalhadores e paralisar a economia.

E a deriva começa a ser global e os sinais em todos os sectores em nada nos sossegam.

Na educação ainda não se encontrou o rumo e o início do ano lectivo está com os problemas pedagógicos e de recursos humanos que bem sabemos. Na saúde começou o ataque ao SNS através de cortes sucessivos aos reembolsos de tratamentos. Na economia não se conhece uma medida concreta e um estímulo, sequer, ao aumento da produtividade e da exportação.

Enfim, se ainda é cedo para uma avaliação consistente do actual governo, há já sinais muito preocupantes com que estamos confrontados e que deixam bem clara a sede deste governo, PSD e CDS, de ataque aos rendimentos do trabalho em detrimento do favorecimento dos rendimentos financeiros.

Acácio Pinto 
Deputado do PS 
2011-09-16
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 1 comentários
A Polícia Judiciária, através da Directoria do Norte, com a colaboração da GNR-SEPNA de Lamego, deteve um homem pela presumível autoria, pelo menos, de cinco incêndios florestais, ocorridos nos meses de Agosto e Setembro do corrente ano.

Os incêndios foram ateados em zonas fortemente florestadas, nas localidades de Portela - S.Martinho de Mouros e Paus, no Concelho de Resende, tendo também colocado em perigo algumas habitações e que só não atingiram maiores proporções em virtude da pronta intervenção dos bombeiros.

A razão destes fogos florestais prende-se, uma vez mais, com motivos fúteis conjugados com hábitos de alcoolismo.

O detido, de 29 anos, trabalhador agrícola ocasional, sem antecedentes criminais conhecidos, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas.

A Polícia Judiciária já deteve 24 pessoas, durante este Verão, pela prática de crimes de incêndio florestal.

16 de Setembro de 2011
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 16 de setembro de 2011 | Publicado em | Com 0 comentários
Uma idosa de 70 anos sofreu hoje queimaduras graves em 70 por cento do corpo durante o combate a um incêndio, em Barrô, concelho de Resende e teve de ser hélitransportada para o Hospital S. João, no Porto.

O alerta para os bombeiros foi dado às 13h53. De acordo com o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) a mulher estava em casa e, quando se apercebeu do incêndio próximo da sua habitação, tentou dominar fogo, o que lhe provocou os ferimentos.

O incêndio foi dado como controlado 16h00. No combate às chamas 16 bombeiros, cinco viaturas e um meio aéreo estacionado em Armamar.

16-09-2011


Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Hélder Amaral
Deputado do CDS-PP
Decorreu no passado fim de semana o Congresso do Partido Socialista. Finalmente o PS, partido indispensável à democracia portuguesa, arrumou a casa. Sem querer imiscuir-me na vida interna de outro partido, o que nunca fiz nem farei, não posso deixar de notar que se tratou de um Congresso dualista: de afectos e amnésia colectiva. De afectos, porque saiu do Congresso um PS que dá a ideia de ser mais simpático e mais tolerante; amnésico, porque apesar dos rostos serem os mesmos do Governo anterior, não se ouviu uma referência digna de nota sobre os erros do passado. A governação socialista foi má, muita má, conduziu o país à pré-bancarrota, mas se o PS julga que trocando a “rosa” do tempo de Guterres e Sócrates pelo “punho” ou pelo slogan de Guterres (“as pessoas primeiro”) muda alguma coisa, está enganado; desde logo porque os tempos de Guterres não deixaram saudades.

Mas para reavivar a memória de socialistas - e não só -, vamos a alguns factos. O líder do PS apresentou algumas propostas, uma delas a criação de um imposto extraordinário de 3,5% sobre as empresas com lucros anuais acima de 2 milhões de euros. Precisamente aquelas empresas que estão em condições de reinvestir na sua actividade e de criarem novos postos de trabalho.

Às segundas, quartas e sextas, reclamam contra o aumento de impostos, às terças, quintas e sábados propõem novos impostos.

Seguro anunciou ainda que vai entregar na Assembleia de República um Projecto-Lei que, a ser aprovado, permitiria a redução do IVA sobre o gás e electricidade, através da revisão dos subsídios dados às empresas que produzem electricidade através de co-geração. Ora, o aumento do IVA na electricidade e no gás consta do memorando da Troika que o PS assinou, e a revisão dos subsídios dados às empresas que produzem electricidade através de co-geração, que Seguro tenta fazer passar como sua ideia, também consta do memorando da Troika em acréscimo, e não em substituição do aumento do IVA sobre a electricidade e gás. O que Seguro está a tentar passar é uma falácia.

António José Seguro afirmou no Congresso que "a austeridade destrói a classe média". Confunde a causa com a consequência. A austeridade é apenas consequência da governação do seu partido. Não fossem os seis anos de regabofe socialista, durante os quais conseguiu duplicar a dívida pública, as medidas de austeridade não seriam necessárias. Os Portugueses podem agradecer ao PS os aumentos de impostos (que não começaram agora, começaram no PEC1, continuaram no PEC2, PEC3 e agora iríamos no PEC8 ou PEC9). O PS ateou o fogo, e agora tem a atitude hipócrita de se queixar do calor.

O governo de Sócrates aumentou a dívida pública em mais de 27 milhões por dia durante os seis da sua governação, incluindo fins-de-semana e feriados. Tudo isso tem agora que ser pago com juros.

Ano
Dívida Pública (mil milhões euros)
Dívida Pública (percentagem PIB)
Défice (percentagem PIB)
2005
96 468,80
62,8 %
5,9 %
2006
102.440,50
63,9 %
4,1 %
2007
115.587,00
68,3 %
3,1 %
2008
123.108,00
71,6 %
3,5 %
2009
139.945,00
83,0 %
10,1 %
2010
160.470,00
93,0 %
9,1 %


No seu discurso, o PS não reconhece os muitos erros cometidos, que conduziram o País à ruína financeira. Mas se a nível do discurso não assume culpas nem mostra arrependimento, a verdade é que já iniciou um processo de distanciamento do passado, mudando desde logo o símbolo.

Os Deputados socialistas de Viseu, imbuídos neste mesmo espírito, vieram perguntar por obra que prometeram e não foram capazes de fazer, segundo noticias desta semana (“Os deputados do PS eleitos por Viseu querem saber se o Governo vai concluir o processo conducente ao início da construção do IC37 ouvindo a opinião da autarquia sobre o traçado definitivo e em caso afirmativo, para quando prevê o Governo o início dos trabalhos nesta região do interior”). Podem pedir que o Governo faça uma obra cuja utilidade é evidente, mas em nome da coerência podiam explicar aos viseenses porque razão não foram capazes de a fazer nos últimos seis anos.
Por Notícias de Resende | quinta-feira, 15 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
Vai realizar-se no próximo sábado, dia 17 de Setembro, um quadrangular de futsal na Cidade de Tarouca. Os clubes participantes são o Inter Futsal Tarouca (clube organizador), a equipa do Seia Futebol Clube, Águias Unidas e a equipa do São Martinho de Mouros.

Programa do evento:

Eliminatórias

Inter Futsal Tarouca / S. Martinho de Mouros - 10.00 horas
Seia Futebol Clube / Águias Unidas – 11.30 horas

Almoço – 13.00 horas

Finais

Parte de tarde - Reforço alimentar no pavilhão, a qualquer hora, de acordo com as equipas

3.º e 4.º Lugar – 17.00 horas

Final - 18.30 horas

Entrega de Prémios logo após a final.

Jantar por volta das 20.00 horas.
Por Notícias de Resende | quarta-feira, 14 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários
A Festa da Emissora Regional de Resende realizar-se-á no próximo dia 23 de Setembro (Sexta-Feira), a partir das 21h00, no Largo da Feira, na Vila de Resende.

A festa contará com a participação de dezoito artistas nacionais, sendo eles:
Sandra Loureiro, Marcelo & Alex, Toy, David Kauan, Miguel Guerreiro, Adelaide Ferreira, António, Karmo Real, Alexandre Faria, Gonçalo da Câmara Pereira, Chave d' Ouro, 4playerz, Tó Zé (Perfume), Paco Bandeira, Ricardo Nascimento, Ricardo & Henrique, Rodrigues Portugal, e Marante.


Por Notícias de Resende | domingo, 11 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 10 comentários
No dia 11 de Setembro, o Grupo Desportivo de Resende goleou o Clube Desportivo de Penajóia, no Estádio Dona Margarida Alpoim Aranha, em Miomães, por 4-1. O ex-novo treinador do Resende, Rui Rebelo, vê na sua estreia, a sua equipa ganhar um jogo de pré-época a uma equipa consideravelmente forte. Pedro esteves (1 golo) abriu o marcador para a equipa resendense,seguido de Daniel (1), Adão(1) e Cesar(1), levando assim o resultado de 4-0 para o intervalo.

Na segunda parte do jogo, o Clube Desportivo de Penajóia marca o primeiro e último golo da mesma parte do jogo. É ainda de referir que este jogo de pré-época contou com muito público, que apoiou fortemente a equipa resendense.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Hélder Amaral
Deputado do CDS-PP
Independentemente do papel que o mercado desempenhou ou venha a desempenhar, o facto incontornável é que o excesso de despesismo do Estado gerou um nível de endividamento insustentável. O governo anterior prometeu cortes que resultavam invariavelmente em mais despesa, e um saneamento das contas públicas com anúncio de cortes que não eram cortes. O endividamento levou o País à pré-bancarrota e ao pedido de ajuda externa. Aumentar ainda mais o endividamento é, por isso, um caminho impossível. Não há nenhuma outra solução senão adoptar medidas para reduzir o endividamento. Não está só em causa o crescimento económico a longo prazo, até porque muitos especialistas dizem que o pior ainda está para vir. A solução até parece simples, mas é difícil de implementar na prática. Todos os países nestas circunstâncias - e o nosso não é excepção - só podem adoptar medidas para reduzir a despesa, aumentar as receitas, e remover obstáculos estruturais da economia - por muito dolorosas que sejas em termos políticos e, mais importante que isso, na vida de cada um de nós.

Como tão bem classificou o Ministro da Finanças, o caminho deve ser “ambicioso nos objectivos, mas gradual nas execução”. Será seguramente um caminho cheio de dificuldades, mas com grande possibilidade de se atingir a meta com sucesso. Como em muitos casos da vida, o importante não é como começa, mas como acaba. Diariamente são destacadas na imprensa as medidas governamentais de aumento de impostos. Ora, se é verdade que o Governo aumentou de forma temporária o IRS, o IRC, e aumentou ainda o IVA na electricidade e gás – que, apesar de constarem do compromisso assumido por PS, PSD e CDS, foram apenas antecipados -, é também verdade que está anunciado um corte na despesa de sete pontos percentuais. Trata-se do maior corte de despesa pública de que há memória. Reduzir o défice para 5,9% este ano não é um capricho: é um sinal fundamental que tem de ser dado para a credibilidade internacional do País. É fundamental que o mercado e os credores acreditem que a meta da redução do défice para 0,5% em 2015 não vai falhar, e que será possível fazer a consolidação orçamental com um terço do lado da receita e dois terços do lado da despesa. Até agora, os sinais de credores, agências de rating e de outras organizações internacionais são de confiança nas medidas e nas metas do Governo.

O corte na despesa pública não deve ser feito “às cegas”, e não pode deixar de proteger os mais carenciados. Daí a importância do programa de emergência social, pois cumpre o principio de “ética social na austeridade” de que falaremos noutra altura. Tais cortes não podem ainda reduzir ou eliminar a presença de alguns serviços que só o Estado pode prestar, principalmente para os que vivem em regiões deprimidas, onde as oportunidades são escassas, ou mesmo inexistentes.

Por agora, gostaria de dar nota da razão para pedir um voto de confiança aos eleitores. O Governo tem apenas dois meses, e em cinco medidas das várias já anunciadas os valores que os contribuintes não vão pagar é já significativo: extinção dos Governos Civis (prometida por muitos governos e nunca cumprido); fim de 18 subdirectores da segurança social; fusão do Instituto Português da Juventude e Instituto do Desporto; cancelamento do investimento de 6 dos 10 troços previstos na subconcessão do Baixo Tejo; extinção de todas as Direcções Regionais de Educação. Nestes cortes da despesa, a poupança de dinheiros públicos será superior a 300 milhões de euros. Alguém se lembra no passado recente de algo semelhante?

Por fim, lembrar que, contra a previsão de muitos e surpresa de alguns, os sacrifícios estão a ser repartidos por todos, como demonstra o agravamento do IRS para os assalariados e pensionistas com rendimentos colectáveis anuais acima de 153.300 euros. Estes exemplos merecem uma mobilização da sociedade portuguesa, não para a manifestação, mas para a cooperação e colaboração com os sacrifícios que nos são pedidos pelo Governo. A bem do nosso futuro.
Por Notícias de Resende | sábado, 10 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 1 comentários
A Vila de Resende recebe dia 24 de Setembro a Perícia Automóvel - Labareda 2011, organizada pelo Município de Resende, em colaboração com o Clube Automóvel da Régua. As provas terão início às 14 horas, em frente ao edifício da Câmara Municipal de Resende.


Por Notícias de Resende | | Publicado em , , | Com 0 comentários
Baião, 08 set (Lusa) - A CP diz não haver condições técnicas para satisfazer centenas de clientes da linha do Douro que reclamam mais paragens comerciais na estação de Aregos, no concelho de Baião.

Em comunicado enviado hoje à agência Lusa, a empresa admite que naquela estação são efetuadas diariamente três paragens de comboios, nas quais não é permitida a entrada e saída de passageiros.

Esta situação foi denunciada recentemente pelo grupo parlamentar do partido "Os Verdes", que entregou no Parlamento um requerimento sobre a matéria ao ministério da Economia.

O partido lembrava que a população reclama que os referidos comboios que fazem paragens técnicas na estação passem a permitir a entrada e saída de passageiros, como exige a junta de freguesia de Santa Cruz do Douro e centenas de clientes da CP, que subscreveram um abaixo-assinado.

A CP esclarece que os três comboios do serviço inter-regional que param na estação de Aregos o fazem por razões técnicas, nomeadamente para permitirem o cruzamento de outros comboios. Segundo a empresa, essa situação decorre do facto de a linha do Douro ser de via única.

No comunicado destaca-se que na estação de Aregos fazem apenas paragens comerciais os comboios do serviço regional entre a Régua e Caíde.

As composições do serviço inter-regional, nomeadamente as que fazem paragens técnicas em Aregos, só efetuam paragens comerciais "nas estações que apresentam uma forte procura".

Segundo a CP, se fosse satisfeita a reivindicação da junta de freguesia e dos populares, haveria necessidade de reformular 90 por cento dos horários dos comboios na linha do Douro, condicionando circulações de linhas adjacentes.

A empresa anuncia também que as paragens técnicas na estação de Aregos vão deixar de ocorrer ainda durante o mês de setembro.

Esta estação é utilizada diariamente por pessoas que acedem à única unidade hoteleira do concelho de Baião ou à Fundação Eça de Queiroz, na Casa de Tormes, situadas em Santa Cruz do Douro.

Também muitos utilizadores da estância termal de Aregos, na margem esquerda do rio Douro, no concelho de Resende, utilizam o comboio como meio de transporte, beneficiando das travessias realizadas diariamente de barco entre ambas as margens.

O presidente da junta, Joaquim Carvalho, adiantou à Lusa que a insatisfação da população foi transmitida a todos os grupos parlamentares da Assembleia da República.

APM.
Lusa/fim

in PORTO CANAL
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 9 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 1 comentários
Amanhã 6ª feira completaremos a 2ª semana de treinos com os jogadores do G.D.Resende. Foram 2 semanas de trabalho muito boas, onde os jogadores tiveram uma atitude fantástica, entregando-se a 101% ao treino, cumprindo horários e sendo assíduos (algumas excepções devido a questões profissionais). Os 15 jogadores que transitaram da época passada e os recém chegados reforços estão a construir um grupo forte e coeso, evidenciando-se o bom ambiente dos treinos, tem sido um prazer trabalhar com esta gente...

A instituição desportiva G.D.Resende tem como principal objetivo a melhoria dos resultados desportivos da época anterior: entre campeonato, taça e jogos amigáveis, o clube realizou 26 jogos, 1 vitória, 4 empates e 21 derrotas; marcou 16 golos e sofreu 68. São números que não orgulham nenhum resendense, não adianta estar a encontrar culpados, até porque ninguém vence ou perde sozinho...
Agora, há que virar uma página na história do Grupo Desportivo de Resende e, pelo que conheço dos "guerreiros" que temos, posso desde já dizer publicamente que eles tudo farão para dignificar a camisola e o emblema que representam, "lutando" até ao último segundo de cada jogo.

Aproveito para pedir que apoiem esta equipa, vamos ganhar, empatar e perder certamente, mas precisamos da ajuda de TODOS. No próximo Domingo dia 11 de Setembro, temos o primeiro jogo de preparação às 16 horas, no antigo estádio do SC.Arêgos, com o Clube Desportivo da Penajóia.

VENHAM LUTAR AO NOSSO LADO PELO CLUBE QUE NOS UNE...O GRUPO DESPORTIVO DE RESENDE


Rui Rebelo
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
No próximo Domingo, dia 11 de Setembro, às 16 horas, disputa-se o primeiro jogo de preparação do Grupo Desportivo de Resende, no Estádio Dona Margarida Alpoim Aranha, em Miomães, com o Clube Desportivo de Penajóia.
Por Notícias de Resende | terça-feira, 6 de setembro de 2011 | Publicado em | Com 0 comentários


Na edição de Agosto:
> Informação sobre as Jornadas da Saúde em S. Martinho que irão decorrer no próximo dia 25 de Setembro;
> A agenda cultural da região;
> 'A Importância Actual dos Cuidados Paliativos' - artigo da convidada do mês, Catarina Agostinho;
> A receita do mês;
> A receita do mês pela mão de Diana Oliveira;
> Artigo de opinião de Miguel Coelho sobre as novas instalações do salão paroquial;
> Um 'Nós por Cá' que destaca a festa do Sr. Do Calvário e a Inauguração do Salão Paroquial;
> 'Por S. Martinho' com Paulo Ribeiro - emigrante;
> O regresso dos 'Pele e Osso'.

Não perca!

Poderá adquirir o Jornal Ventos da Mogueira das seguintes formas:
Comprar no escritório da Irmandade S. Francisco Xavier
Aderir à assinatura anual enviando um e-mail para jvmogueira@hotmail.com, ou contactar através da rede social facebook http://www.facebook.com/profile.php?id=100002242209808
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários

O Presidente da Câmara Municipal de Resende, António Borges, marcou presença na inauguração da sede do Rotary Club de Resende situada no edifício da antiga Escola de Vinhós, numa cerimónia que decorreu no dia 2 de Setembro.

O evento contou, ainda, com a presença do Governador do Distrito Rotário 1970, António Goes Madeira, e dos Presidentes dos Clubes de Resende e Cinfães, Emídio Janela Pires e Carla Gomes, respectivamente.

Durante a cerimónia, o Presidente da Câmara Municipal de Resende afirmou que “temos procurado no final da reestruturação da nossa rede escolar, que as antigas escolas criem novas dinâmicas locais e também possam, naturalmente, a partir das suas memórias relançar aquilo que é um sentido comunitário das nossas populações. Neste momento, estamos na antiga Escola de Vinhós e espero que daqui a mais algum tempo, aquilo que é uma memória da escola possa ser superada com a memória rotária e com a presença de rotários aqui”.

As novas instalações, onde também funciona a Universidade Sénior de Resende, foram cedidas pela Câmara Municipal, tendo sido assinado para o efeito, um contrato de comodato entre as duas partes, conforme deliberação camarária de 20 de Junho de 2011.

Recorde-se que a Câmara Municipal de Resende tem vindo a ceder os vários edifícios das antigas escolas a associações com sede no concelho, assegurando, desta forma, a manutenção e a reabilitação dos próprios edifícios.

Até ao momento foram cedidos 15 edifícios escolares desactivados nas freguesias de Anreade, Barrô, Cárquere, Paus, S. Martinho de Mouros e Resende para funcionarem como sedes sociais, dando apoio às actividades das associações. O Município de Resende disponibiliza os edifícios e as colectividades asseguram a conservação e a manutenção das instalações, suportando as despesas de funcionamento e de consumo de energia eléctrica e água.

Com a cedência dos edifícios escolares que foram desactivados no âmbito do reordenamento da rede escolar, pretende-se criar condições para que as antigas escolas possam ser úteis à comunidade, evitando a degradação dos edifícios e promovendo a dinamização das diversas freguesias.
Por Notícias de Resende | sábado, 3 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 0 comentários

Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Clique na imagem da capa para ler o jornal

Clique na imagem da capa para ler o jornal
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 2 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 2 comentários
Hélder Amaral
Deputado do CDS-PP
Acabaram-se as férias. Desta vez, como em anos anteriores, mesmo quando o espectro da crise não nos assombrava qualquer tentativa de descanso, optei por ajudar o turismo nacional. Não sendo as melhores, foram seguramente as férias mais formativas. E não me refiro ao que se procura nas férias - “dolce fare niente” -, mas porque aprendi imenso sobre o País, a crise e os portugueses. O tempo estava fantástico, e os turistas respiravam confiança - o que contraria a maioria dos estudos sobre o clima económico. Merece, por isso, referência positiva esta opção por ir para fora cá dentro. Os portugueses redescobriram o Algarve e o turismo interno; pelo menos neste sector a opção por produto nacional pode ajudar a vencer a crise. Deve, por isso, servir de incentivo para outros sectores: consumir produtos nacionais deve ser uma prioridade de todos.

Vamos às lições: Quis o destino que um dos membros da minha família, devido a dificuldades de mobilidade, felizmente temporária, usasse cadeira de rodas. Mas aprendemos todos as dificuldades que um deficiente tem em ter férias, ou algo parecido com o conceito. Se, na grande maioria, os hotéis são construidos com acesso para defecientes, os funcionários ou os equipamentos estão longe de os ter em conta. Felizmente os deficientes são uma minoria; logo, apesar de pouco utilizados, ou de aparecerem poucos, os que aparecem necessitam que o estacionamento exista, e que o acesso ao mesmo, a elevadores, restaurantes e piscinas esteja disponível. Quanto às praias, o cenário é aterrador. Será que um deficiente não tem direito a banhos de água salgada, ou a fazer castelos na areia?

Nada disso seria impeditivo se, apesar disso, os outros turistas tivessem o mínimo de respeito ou solidariedade a quem tem que ultrapassar todas as barreiras – físicas, emocionais e a indiferença. É aterrador e profundamente triste ver que a maioria dos Ingleses, Franceses e Italianos (por esta ordem), são quase sempre atentos: oferecem ajuda, cedem o lugar, dão preferência, e respeitam os lugares de estacionamento para deficientes. Quanto aos Portugueses, em 10 chegam os dedos de uma mão para aqueles que se deram conta que existia alguém com deficiência, e por isso bastava ceder não o seu lugar, mas o lugar que está assinalado para os deficientes. Uma vergonha, e um sinal da falta de civismo e do abismo enorme que existe entre nós e ous outros paises europeus. Por incrível que pareça, a coisa não melhora nos estratos sociais mais elevados...

Aprendi a lição, e não da melhor maneira. Nada será como antes. Ao regressar, sou confrontado com mais do mesmo: a nossa incapacidade de sentido cívico e ético, de responsabilidade com o presente e principalmente como futuro dos nossos filhos e do País. Os estudos dizem o que todos suspeitavam: há um conjunto de Autarquias falidas, mas os seus líderes continuam a achar que não são responsáveis pelo défice público. Gerem sem respeito nem responsabilidade pelos contribuintes, sentido de Estado ou respeito pelas gerações futuras. Ou seja, obra muitas vezes inútil que não podem pagar, mas quando têm obra útil, como auto-estradas, a resposta é a mesma: não pagamos.

Não espanta, por isso, que se comece a discutir que como não se consegue controlar o Estado – central, regional e local -, o melhor é por limites ao endividamento na Constituição. Isto significa apenas que para quem é viciado em gastar o que não tem, a receita é a mesma da aplicada a um viciado em outras substâncias: proíbe-se o consumo. Ou seja, em vez de governantes competentes, que façam uma gestão da coisa pública com sentido de Estado, e com respeito pelo contribuinte, limita-se a sua capacidade gastadora; em vez de autarcas que assumam a sua função como um serviço e tenha uma gestão rigorosa, limita-se-lhes o mandato. Por este andar, ainda teremos na Constituição os limites de sal no pão. Não pretendo uma discussão sobre a Constituição Portuguesa, mas certo é que estas servem para consagrar princípios orientadores. Não deixa de ser curioso que há muitos constitucionalistas que, concordando que não se deve inscrever esse limite, afirmam não os incomodar que lá esteja. Já percebi: pode estar, como tantas outras normas nas leis e princípios constitucionais que se inscrevem sem intenção de serem cumprido. É isto que me preocupa: viver num País de faz de conta.
Por Notícias de Resende | quinta-feira, 1 de setembro de 2011 | Publicado em , | Com 2 comentários
O FC Porto renovou esta quinta-feira o acordo estabelecido na época passada com a Câmara Municipal de Resende e que implica que a equipa de andebol júnior dispute todos os jogos caseiros no concelho. O contrato foi assinado no Dragão Caixa pelo presidente da autarquia, António Borges, e pelo vice-presidente do FC Porto, Vítor Santos.

Para além dos encontros da formação júnior, o dirigente portista revelou que a formação sénior deverá realizar alguns estágios e mesmo jogos do campeonato nacional em Resende.

António Borges sublinhou o facto de ser “o presidente da câmara com um número de sócio mais antigo do FC Porto”, mas, acima de tudo, congratulou-se com a visibilidade que terá o concelho: “Este clube é uma grande marca do Norte do país e da Região Norte. Estamos na periferia da área metropolitana do Porto e temos a possibilidade de nos associar à lógica de afirmação do FC Porto, que tem uma grande expressão naquela região do Douro”.

in FCPorto
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 2 comentários
A 25 de Setembro, domingo, realizar-se-ão as Primeiras Jornadas da Saúde para a População Geral, pelas 14h30, no Salão Paroquial recém-inaugurado.

Numa sociedade em que a saúde assume cada vez mais uma posição preponderante no âmbito pessoal, mas também social e económico, urge a necessidade de motivar a população, independentemente da sua formação base, a ter uma cultura de prevenção. A promoção e educação para a saúde são áreas em que definitivamente se deve apostar, aliás, tem que se apostar obrigatoriamente… não trazem benefícios a curto prazo, mas têm um impacto importantíssimo a médio e a longo prazo. Propus-me assim a organizar estas jornadas, convidando vários médicos de diferentes hospitais do país para virem até S. Martinho de Mouros falar sobre vários assuntos relevantes dentro desta área.

As inscrições podem realizar-se na Irmandade S. Francisco Xavier (entidade que apoia as Jornadas) ou nos locais criados para o efeito, cujas respectivas informações também serão dadas nos locais onde fizerem a inscrição. O custo por inscrição será 3€/pessoa ou 5€/casal e grátis para crianças e jovens com 20 anos ou menos. A totalidade das inscrições reverterá para o Lar de Idosos e restantes actividades da Irmandade S. Francisco Xavier, nomeadamente o nosso jornal.

Programa:

14h30 – Abertura das jornadas

14h45 – Cancro do colo do útero e a sua prevenção

            Dra. Paula Gama – Serviço de Ginecologia e Obstetrícia - Unidade de Saúde Local de Viana do Castelo

15h15 – “ O meu filho tem febre. O que fazer?”

            Dr. Pedro Fernandes – Serviço de Pediatria – Centro Hospitalar Tondela – Viseu

15h45 – Alimentação e Saúde

            Dra. Daniela Franco – Centro Hospitalar Tondela - Viseu

16h15 – Coffee Break (Pausa para lanche “Saúde à mesa”)

16h45 – Exercício físico – “Mexa-se pela sua saúde”

            Dra. Catarina Soares Ribeiro – Hospital Infante D. Pedro - Aveiro

17h15 – Hipertensão Arterial – uma doença silenciosa

            Dr. Tiago Borges – Centro Hospitalar Gaia – Espinho

17h45 – Encerramento das Jornadas

A Presidente das Jornadas: 
Liliana Duarte