Quantcast
[ ]
Notícias de Última Hora
Por Notícias de Resende | quinta-feira, 30 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
Quem usa, com frequência saudável, a sensatez na resolução de problemas, opta muitas vezes como solução pela via mais fácil. É quase sempre uma receita de sucesso. Para resolver um problema - uma viagem, um regressar a casa -, escolher o caminho mais fácil aumenta em muito as probabilidade de sucesso, de chegar cedo e em segurança - e já agora de poupança. Não deixa de ser curioso que na prática politica a opção pelo caminho mais fácil é sempre lida como falta de rigor, empenho e coragem. Este argumento, em abono da verdade, é utilizado por todos em várias ocasiões. Importa é saber: fácil para quem? Para quem decide ou para o País?

O governo tem vindo a criar um “clima” para mais um aumento de impostos: faltam 4,5 mil milhões de euros para cumprir a meta do défice (7,3%). Dirão muitos que o governo vai pelo caminho mais fácil; nada mais errado. Na política procura-se qualidade de vida, uma sociedade moderna com índices de desenvolvimento humano ao nível dos melhores exemplos Europeus. O caminho mais fácil é o que permite atingir o objectivo de forma rápida, segura e duradoura. Partindo do princípio que os governos perseguem esse objectivo, fica fácil perceber que o caminho que escolheram foi o mais fácil para chegar ao poder, mas o mais difícil para o manter, para a credibilidade da vida pública, e principalmente para o país. Aumentar impostos não foi o mais fácil: castiga os contribuintes com uma insuportável carga fiscal, uma das mais elevadas da Europa, retira competitividade e afasta investimento. Este foi o caminho de todos os governos PS/PSD nos últimos 30 anos. O dinheiro fácil criou um estado obeso e gastador, afastou o país dos melhores da Europa, e criou dificuldades a empresas e famílias.

Fica claro que o caminho mais fácil deveria ser outro: arrecadar de forma justa e equilibrada, gastar com igual rigor e dentro das possibilidades. Mas o caminho escolhido foi engordar as empresas públicas com muitos fiéis e poucos competentes, funcionários públicos acima dos necessários para um bom serviço público, mas aquém dos interesses de cacique partidário, institutos, fundações, empresas municipais de utilidade duvidosa, projectos e grandes obras públicas que não respondem ao interesse geral mas ao interesse de muito poucos. Este foi o caminho fácil que os governos quiseram fazer e que conduziram o país às dificuldades de hoje. Foi tão fácil que foi necessário o Presidente da República alertar para as dificuldades de resistir a esta crise.

Da OCDE vieram recomendações muitas criticáveis; outras merecem melhor estudo, como a ideia de nichos fiscais, que pode ser interessante, em contraponto a um aumento de impostos generalizado. As restantes recomendações vão estar no próximo orçamento: aumento de impostos, congelar pensões, cortar salários e benefícios, e mais infra-estruturas. São algumas das medidas que o PS promete adoptar. Terá seguramente oposição nas ruas, e teremos todos um mês de Outubro muito complicado em termos políticos.

Não sei como tudo acabará, mas espero que não se volte a optar pelo caminho mais fácil. PS e PSD cimentaram níveis de votação que lhes permitiram alternar no governo. Congelar ou diminuir os salários da função pública, ao contrário do que dizem os sindicatos, não é o caminho mais fácil: é o mais difícil. Fácil foi aumentar 2% em véspera de eleições, e com o país em recessão; foi fácil para ganhar eleições, mas fatal para as contas do estado. Foi fácil distribuir sem rigor o rendimento mínimo e outros subsídios; difícil é mantê-los ou reduzi-los. Na situação actual, é fácil nomear militantes para as empresas públicas, ou prometer e contratar obra pública que torne fácil o caminho da “caça ao voto”. Foi fácil para esta geração, mas deixa um caminho muito difícil para a gerações futuras.

Hélder Amaral
Deputado do CDS-PP
Por Notícias de Resende | quarta-feira, 29 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
A Câmara Municipal de Resende homenageou, no dia 29 de Setembro, o ex-selecionador nacional e ex-jogador Sport Lisboa e Benfica, Humberto Coelho, com a Medalha de Honra do Município, e com a atribuição do seu nome à rua A2 da Portela, na Vila de Resende.

A distinção foi aprovada, por proposta do Presidente da Câmara Municipal, António Borges, em reunião de câmara de 15 de Fevereiro de 2005 e posteriormente na sessão ordinária da assembleia municipal de 25 de Fevereiro de 2005.

Para o Presidente da Câmara, António Borges, “o Humberto é a partir de hoje o embaixador de Resende onde quer que vá. Resende e as suas gentes assumem-no como uma referência. Será sempre lembrado como um dos nossos. Ter o nome do Humberto junto ao memorial da cereja é um motivo de orgulho”.

Emocionado, Humberto Coelho agradeceu esta distinção e referiu que “este é o prémio de toda uma vida desde o futebol à vida pessoal. É um prémio para toda a minha família desta região”. Acrescentou, ainda, que é uma homenagem que o deixa orgulhoso e também à sua família.

Humberto Coelho, que nasceu a 20 de Abril de 1950, tem as suas origens em Resende, mais propriamente na freguesia de Cárquere, local onde ainda vivem muitos dos seus familiares, e uma carreira desportiva excepcional, comprovada pelas suas passagens pelo Benfica e pela Selecção Nacional. Foi considerado um dos melhores defesas centrais europeus do seu tempo (décadas de 70 e 80) pelas suas enormes qualidades físicas, técnicas e tácticas, aliadas a uma forte capacidade de liderança.

Humberto Coelho foi, durante mais de dez anos, a grande referência do futebol do Sport Lisboa e Benfica e da Selecção Nacional. Esteve 14 épocas ao serviço dos encarnados (entre 1968/69 e 1974/75; 1977/78 e 1983/84), tendo realizado um total de 496 jogos (76 golos), 355 dos quais a contar para o Campeonato Nacional (56 golos). Disputou, ainda, 71 jogos a contar para as Competições Europeias de clubes. Durante duas épocas (1975/76 e 1976/77) jogou no Paris Saint-Germain (França), ao serviço do qual efectuou 48 jogos, tendo marcado 2 golos.

Humberto Coelho foi 64 vezes internacional pela Selecção Nacional sendo um dos jogadores portugueses mais internacionais de sempre. No final de 1983 fez a despedida do Benfica encerrando uma brilhante carreira de 16 anos (14 dos quais de "águia ao peito"), tornando-se num dos jogadores do Benfica e do futebol português com mais jogos efectuados, quer no Campeonato Nacional, quer nas Competições da UEFA.

Como treinador, começou a carreira em 1985/86 no Sporting de Braga, ainda nessa temporada treinou o Salgueiros. De 1998 a 2000 orientou a Selecção Portuguesa, qualificando-a para o Euro 2000, o seu excelente trabalho e resultado levou a equipa a conquistar o terceiro lugar da competição. Já foi treinador da Selecção de Marrocos, Coreia do Sul, Tunísia.

O Gabinete de Comunicação e Imagem
Resende, 29 de Setembro de 2010
Por Notícias de Resende | terça-feira, 28 de setembro de 2010 | Publicado em | Com 0 comentários
Os deputados do PSD eleitos para a Assembleia Municipal de Viseu que por sua vez foram eleitos para a Comunidade Intermunicipal da região de Dão-Lafões votam na mesma moção, contra em Viseu e a favor na Intermunicpal que ocorreu ontem em Carregal do Sal.

Na Assembleia Municipal de Viseu o PSD votou contra a moção apresentada pelo Bloco de Esquerda com o argumento que são a favor do principio utilizador pagador, ou seja são a favor das portagens a custo máximo, sem isenções. Mas ontem em Carregal do Sal a mesma moção apresentada pelo deputado Rui Costa foi aprovada largamente com os votos dos mesmos que em Viseu eram contra.

No jogo das aparências temos muitos a escrever textos e crónicas onde à vista desarmada se insurgem contra as portagens, mas a verdade escondida é que tanto são a favor como querem que todos paguem o máximo.

O Bloco de Esquerda recusa-se a aceitar portagens em estradas sem alternativas, A25 e A24 não podem ter portagens, se isto acontecer o poder de compra de milhares de trabalhadores vai descer, o preço dos produtos por ali transportados vão aumentar, muitas empresas vão sufocar, e o interior vai acelerar a já sua desertificação.

PS e PSD estão juntos no Interioricídio!
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 3 comentários
O Presidente da Câmara Municipal, António Borges, inaugurou no dia 24 de Setembro, a sede do Grupo Desportivo de Resende, situada na rua Dr Pereira Dias num edifício cedido pela Autarquia.

Durante a cerimónia a direcção do Clube homenageou o Presidente da Câmara Municipal, António Borges, e um ex-atleta do GDR, António Pereira, com o cartão de sócios honorários.

Para o Presidente da Câmara Municipal, António Borges, “este é um momento que marca as nossas memórias, marca Resende na sua vida de muitos anos. Os sócios do Resende têm a partir de hoje um espaço onde podem partilhar as emoções do seu clube”.

O Presidente do Clube Desportivo de Resende afirmou que “a abertura da Sede do Grupo Desportivo de Resende é mais um consolidar do clube no concelho. Decidimos abrir o espaço para não perdermos a ligação com os adeptos”. Reforçou, ainda, que nesta época “o objectivo principal passa pela manutenção do clube na 1ª Divisão”.

O Grupo Desportivo de Resende é a filial n.º 2 do Futebol Clube do Porto e o único clube de futebol federado do concelho, tendo sido criado em 1928. O clube obteve a sua melhor classificação de sempre na época desportiva de 1989/90, o que lhe permitiu disputar a Taça de Portugal na época de 1990/91.

O ex-atleta e treinador, Armando Fonseca, tem 24 jogadores, na sua maioria resendenses, ao seu dispor para fazer uma boa época. A primeira jornada joga-se em Resende, no dia 17 de Outubro com o Arguedeira. O clube continua a apostar na formação que se pratica actualmente nos escalões escolinhas, iniciados, juniores e seniores num total de 80 atletas.

O Gabinete de Comunicação e Imagem
Resende, 28 de Setembro de 2010
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários
Numa Assembleia Municipal onde muito se falou de massa e de pão, PS, PSD mostraram ser farinha do mesmo saco, não permitindo aos viseenses o acesso justo ao direito de petição.

O Bloco de Esquerda, pela mão do deputado Carlos Vieira, apresentou duas medidas que permitiam tornar a Assembleia Municipal de Viseu e a politica local mais participada.

A primeira proponha estabelecer o número de 300 assinaturas como mínimo para o agendamento de um ponto de discussão na Assembleia Municipal, ao invés de remeter para o regulamento geral que corresponde a cerca de 3400 assinaturas para o concelho de Viseu. A segunda propunha que o período de intervenção do público passa-se a ser logo no início da sessão, o que permitia ao munícipe intervir sem ter que ficar horas à espera que os trabalhos acabassem, por vezes perdendo o dia de trabalho.

Relembramos que estes mesmos partidos já recusaram por várias vezes estes e outros mecanismos de democracia participativa como o Orçamento Participativo que propõe que uma fatia do total do orçamento seja decidida pelo cidadão, como já é exemplo Lisboa entre muitas outras cidades mundiais.

O B.E. vai continuar a debater-se por uma democracia para todos e todas, onde o cidadão tenha opinião e capacidade de intervenção e contra aqueles que se acham iluminados pela razão e superiores à vontade popular.
Por Notícias de Resende | segunda-feira, 27 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
A Escola Secundária D. Egas Moniz, em Resende, assinalou o Dia do Diploma que é uma iniciativa do Ministério da Educação em premiar os melhores alunos e valorizar a importância da conclusão do ensino secundário, nível que o Governo estabeleceu como referência para a qualificação da população portuguesa.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, António Borges, e de um representante da equipa de apoio às escolas do Douro Sul e da DREN, Cristina Correia.

Os Prémios de Mérito Ministério da Educação foram criados com o objectivo de distinguir, em cada escola, o melhor aluno dos cursos científico-humanísticos e o melhor aluno dos cursos profissionais, tecnológicos ou do ensino artístico especializado. Os alunos premiados, Pedro Almeida (Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias) e Tânia Raquel Alexandre (Curso Profissional de Turismo) recebem um valor pecuniário de 500 euros e um diploma alusivo à distinção. Foram ainda distinguidos 19 alunos, dos vários níveis de ensino, que conseguiram atingir o quadro de excelência da Escola. Desta forma pretende-se incentivar a continuidade das práticas que visam o trabalho e o mérito.

Esta iniciativa do Ministério da Educação, que tem tido grande receptividade junto da comunidade educativa, pretende ser um estímulo para os estudantes, na medida em que se valorizam os seus interesses e motivações, se reconhece o trabalho e o desempenho escolares, ao mesmo tempo que se distingue o mérito e a excelência.

O Gabinete de Comunicação e Imagem
Resende, 27 de Setembro de 2010
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
O Clube de Natação de Resende organizou, no dia 25 de Setembro, a cerimónia do seu terceiro aniversário e a II Gala de Prémios CNR (Clube de Natação de Resende).

O evento contou com a presença do Presidente da Câmara, António Borges, o Vice- Presidente do FC Porto e padrinho do Clube, Alípio Jorge, o Presidente da Associação de Natação do Norte de Portugal (ANNP), Aníbal Pires, e o Presidente do Clube de Natação, Alfredo Ferreira.

Todos os presentes tiveram a oportunidade de visualizar um filme que ilustra os momentos mais simbólicos e representativos do caminho percorrido pelo Clube ao longo de três anos de actividade.

O momento mais esperado e aguardado seguiu-se com a atribuição dos prémios aos atletas que ao longo da época se destacaram em quatro categorias: Fair Play, cujo vencedor foi o atleta Tiago Severino; Atleta Revelação que foi atribuído a Bruna Sousa, já Patrícia Nascimento arrecadou os prémios Atleta Completo e Assiduidade, nesta última categoria além do troféu recebeu um prémio monetário no valor de 50 euros.

O Clube de Natação homenageou o padrinho do CNR, Alípio Jorge, o Presidente da ANNP, Aníbal Pires, e o Presidente da Câmara, António Borges, que de uma forma mais ou menos directa tiveram influência no percurso promissor que o clube tem tido.

As surpresas não ficaram por aqui e no final todos os espectadores tiveram a oportunidade de ouvir em primeira mão, na voz melodiosa de Ana Pinto, o Hino do Clube de Natação.

O Presidente do Clube de Natação de Resende, Alfredo Ferreira, endereçou uma palavra de apreço e agradecimento aos presentes e a todos os que têm contribuído para a evolução do CNR. Ao Presidente da Câmara agradeceu o apoio incondicional ao clube que é uma obra sua. Reforçou, ainda, que os atletas “devem sentir o clube como sendo seu, procuramos proporcionar uma melhor qualificação num mundo cheio de rigor, disciplina, empenho e ambição”.

Para o Presidente da Câmara Municipal, António Borges, “a direcção do Clube de Natação é muito empenhada, é um exemplo para muitas direcções dos clubes. Forma, qualifica e torna competitivos os nossos atletas”.

O Gabinete de Comunicação e Imagem
Resende, 28 de Setembro de 2010
Por Notícias de Resende | domingo, 26 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
A Direcção da Casa do Benfica em Resende associou-se à homenagem que a Câmara Municipal irá prestar no dia 29 de Setembro de 2010 ao Humberto Coelho, figura nacional e notável do nosso Glorioso Clube, pelo que, muito prezará a sua presença.

11h00 – Salão Nobre, atribuição da medalha de mérito pelo Município;

12h00 – Descerramento da placa na Rua Humberto Coelho (Portela);

No final do descerramento da placa seguiremos para a sede da Casa do Benfica onde o homenagearemos com uma salva de prata, contendo o logótipo da nossa casa.

Irão estar presentes na cerimónia:

O Vice-presidente da Direcção do S. L. Benfica, Dr. Domingos Almeida Lima;

O Presidente e Vice-presidente da Associação das Casas do Benfica, Srs. Carlos Peixoto e António Oliveira, respectivamente;

O Delegado regional das Casas do Douro Litoral, Sr. Fernando Arriscado;

Informa-se ainda que o Humberto Coelho se fará acompanhar por antigas glórias do Glorioso, sendo que neste momento não nos é possível precisar quais.

in Casa Benfica Resende - Facebook
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários

"Uma jornada que vai ficar na memória!!

A carrinha que transportava o material para o concerto de hoje sofreu um acidente em Pala, uma localidade quase a chegar a Resende. Ninguém ficou ferido mas para a carrinha foi o fim da viagem...

E foi com a chegada de moradores próximos que, entre conhecidos e amigos, nos conseguiram arranjar uma carrinha para levar o nosso material.

Agradecemos a disponibilidade e amabilidade a todas estas pessoas, pois permitiu-nos continuar a jornada para o concerto de hoje.

A todos, Obrigado!!!"

Blind Zero - Facebook
link da notícia
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 24 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários

Dia 5 de Outubro, no Auditório Municipal

Programa

11h00 - Sessão de Abertura:
Presidente da Câmara Municipal, Eng.º António Borges

11h10 - Entrega do Prémio Rebelo Moniz

14h30 - Concerto da Banda "A Nova" de S. Cipriano

15h45 - Coffee Break

16h00 - Conferências:
"Sons da República" - Dr. Paulo Lima e José Moças
"O Ideal Republicano" - Dr. Miguel Nunes Ramalho

17h30 - Encerramento da Cerimónia do Centenário da República pelo Presidente da Associação Cívica e Cultural Antão de Carvalho e pelo Presidente da Câmara Municipal de Resende.

in Câmara Municipal de Resende
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
A expressão é de Marcelo Rebelo de Sousa para se referir à proposta de revisão constitucional do PSD para a área laboral: “razões legalmente atendíveis” para despedir.

Mas para além da revisão, as ideias de Passos Coelho (PC) para outros sectores são verdadeiros manuais de desconhecimento da realidade. Vejam-se as suas recentes declarações em Viseu sobre a relação do Governo com as IPSS’s que disse serem de desconfiança.

Será que PC sabe que, por exemplo, no Distrito de Viseu temos 300 camas na rede de Cuidados Continuados, quando em 2005 tínhamos zero? Que temos, em curso e concluído, investimento público de mais de 27 Milhões de Euros em equipamentos sociais? Que em 2009 a despesa com a cooperação com as instituições foi de 47 milhões de euros contra os 37,5 milhões de 2005?

Todas as instituições têm planos e mais ambições, o que é saudável, mas nenhuma se pode queixar de falta de apoio e de contribuição, relevante, deste e do anterior Governo.

Portugal não está às avessas, quem está de costas para a classe média e para os mais desfavorecidos é PC e este PSD, cujas ideias se têm revelado uma verdadeira “marmelada” para os portugueses.

Acácio Pinto
Deputado do PS
2010-09-22
Por Notícias de Resende | quinta-feira, 23 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
Tive a oportunidade de assistir ao Congresso dos Portos e dos Transportes Marítimos, que teve o objectivo de chamar a atenção para os desafios do mar e o seu potencial para a economia. A primeira nota é a de que o Portugal dos Congressos é mais dinâmico, empreendedor, produtivo e viável, um sonho cheio de esperança. O problema é o choque violento com a realidade que se dá à saída. Confesso que é uma sensação recorrente, com o problema acrescido de não raras vezes os mensageiros da esperança dentro do congresso serem os mensageiros da desgraça fora deles.

A economia portuguesa encontra-se num processo de definhamento, ou mesmo de inviabilidade financeira e económica. O problema orçamental ocupa a agenda mediática e politica, mas o congresso, com o patrocínio do Senhor Presidente da República, apontou um caminho onde poderão estar novos recursos que podem ajudar a resolver o imprescindível crescimento económico: a Economia do Mar. A exploração de sectores de actividades económicas relacionados com o mar parece, assim, ser um porto seguro para a criação de condições de sustentabilidade estrutural, para além da criação de um enorme valor. A responsabilidade não é tanto do governo: passa em muito pela capacidade dos empresários de empreenderem, de se libertarem da protecção do Estado e arriscarem. Os sectores marítimos tradicionais (transportes, portos e construção naval) geram em Portugal um valor sete vezes inferior ao produzido em Espanha, e três vezes inferior ao da Bélgica, com apenas 98 km de costa.

O mar é, para Portugal, parte integrante da sua identidade histórica, e um grande recurso estratégico. A nossa Zona Económica Exclusiva é cerca de 18 vezes maior que o território continental. Com o alargamento da nossa plataforma marítima, já solicitada, pode vir a atingir uma dimensão de território marítimo superior em vinte e três vezes ao território terrestre. Ou seja, muitos dos recursos do futuro, descobertos ou a descobrir, estão no mar. Fugir a este desafio é algo que não fizemos no passado. Actualmente, os efeitos indirectos e directos da economia do mar em Portugal representam 11% do PIB (segundo um estudo da Universidade Católica), 12% do emprego (três vezes menos que na Grécia ou Dinamarca), 17% de impostos indirectos.

No estudo “O Hypercluster da Economia do Mar”, coordenado pelo Prof. Hernâni Lopes, conclui-se que a cooperação entre sectores estratégicos nacionais tem um efeito multiplicador em outras actividades e no emprego. A economia portuguesa pode ser, num futuro próximo, um actor marítimo relevante na economia global do mar. O estudo apresenta um exaustivo plano de acção, destacando os componentes de maior capacidade e competitividade para servirem de motores catalisadores, como os portos, logística e transportes marítimos, turismo náutico, náutica de recreio, pesca, aquicultura e indústria do pescado, construção e reparação navais, ou até energias renováveis.

Portugal tem estado de costas voltadas para o Mar, pelas mesmas razões que ditam em muitas áreas os atrasos estruturais: um bloqueio ideológico, principalmente dos partidos de esquerda, que olham para o mar como o símbolo do colonialismo ou do Estado Novo. Talvez por isso só o governo PSD/CDS, em 2004, teve a coragem de criar a Secretaria de Estado dos Assuntos do Mar. Não durou muito, mas foi o suficiente para criar a EMEPC (Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental) junto da ONU, cujo resultado será conhecido em 2015. Como a necessidade aguça o engenho, talvez resultem os apelos do Senhor Presidente da República, que desde o seu discurso nas comemorações do 25 de Abril tem vindo alertar o poder político e os empresários para a necessidade de pensar nos “Portos do Futuro”.

Hélder Amaral
Deputado do CDS-PP
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 1 comentários
O FC Porto e a Câmara Municipal de Resende formalizam, ao princípio da noite desta quarta-feira, um protocolo de colaboração que será selado com um aperto de mão entre o autarca António Borges e Vítor Santos, vice-presidente dos Dragões, momentos antes do início do jogo da terceira jornada do Andebol 1, que opõe o FC Porto Vitalis ao Xico Andebol.

No centro do terreno de jogo do Dragão Caixa, António Borges e Vítor Santos celebram a parceria, ao abrigo da qual o concelho de Resende se compromete a reunir todas as condições organizativas e logísticas para se transformar na casa dos juniores do FC Porto durante o Nacional da I Divisão, inscrevendo os azuis e brancos o símbolo e o nome do município de Resende nos seus equipamentos como contrapartida.

O FC Porto Vitalis-Xico Andebol começa às 19h30.

in FCPorto
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
O novo equipamento vai juntar-se ao centro escolar de Resende que entrou em funcionamento neste ano letivo

Resende, 22 set (Lusa) - A Câmara de Resende vai lançar concurso para a construção do terceiro centro escolar do concelho, na localidade de S. Cipriano, num investimento de 1,2 milhões de euros, adiantou hoje à Lusa o presidente da autarquia, António Borges (PS). O novo equipamento vai juntar-se ao centro escolar de Resende que entrou em funcionamento neste ano letivo. “Com o novo centro escolar na zona ocidental do concelho vamos fechar a rede de novos equipamentos que iniciámos há alguns anos com a abertura em 2007 do centro escolar de S. Martinho de Mouros”, adiantou o autarca. Este ano entrou em funcionamento, na sede do concelho, o maior centro escolar, com capacidade para mais de 400 crianças, num investimento de dois milhões de euros. António Borges sublinhou que este trabalho de renovação do parque escolar, que incluiu o encerramento de 24 escolas, tem sido feito “de forma equilibrada e concertada com as populações”. Quando o centro escolar de S. Cipriano estiver pronto vão fechar mais três escolas, abrangendo um universo de 150 alunos, de quatro freguesias. Segundo o autarca, o concelho está a viver um momento importante, porque a maioria da população escolar já tem condições para a frequência de estabelecimentos de ensino com grande qualidade, apoiadas por transportes assumidos pelo município e onde podem fazer as suas refeições. O autarca recorda que até há alguns anos as taxas de abandono e insucesso escolar no concelho eram superiores às médias regional e nacional, mas essa tendência, garantiu, já foi invertida graças aos investimentos realizados. “Os últimos resultados dão-nos muito alento”, observou. Para António Borges, este concelho do Douro Sul "está agora mais bem preparado para enfrentar o futuro, porque as crianças têm melhores condições de aprendizagem”. APM.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Armindo Mendes
 Lusa/fim
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários

2.ª Jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Andebol Júnior, dia 26.09.2010, às 15h00, no Pavilhão Municipal de Anreade.


in Câmara Municipal de Resende
Por Notícias de Resende | quarta-feira, 22 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
As Jornadas Europeias do Património (JEP) celebram-se nos dias 24, 25 e 26 de Setembro.

O tema para este ano é “Património: Um Mapa da História”, que pretende chamar a atenção para o património nas suas diferentes manifestações, como documento do percurso espaço-tempo das sociedades. Viajar pelas cidades, percorrer o território, observando vestígios, interpretando os cenários urbanos e rurais de acontecimentos históricos e políticos da humanização das paisagens, da produção técnica e científica, literária ou artística é como ter, entre mãos, um inesgotável mapa que nos ajuda a entender de onde viemos e a escolher para onde podemos seguir.

As JEP em Resende serão assinaladas com as seguintes actividades:

Visitas guiadas "Rota dos monumentos românicos"
Igrejas de Cárquere, S. Martinho de Mouros e Barrô
Dia 24 de Setembro, das 09h30 às 12h30
Público-Alvo: Público Escolar (3.º CEB e Secundário)

Visita guiada ao Núcleo Megalítico de S. Cristóvão
Conjunto Megalítico de Felgueiras e Feirão
24 de Setembro, das 14h00 às 16h00
Público-Alvo: Público Escolar (3.º CEB e Secundário)

Inauguração da exposição de pintura de Xico Fran
Dia 24 de Setembro, às 18h00, no Museu Municipal
Público em geral

Visitas guiadas às exposições de etnografia e arqueologia
Explorando no Património, o mapa da História de Resende, no Museu Municipal
Dias 25 e 26 de Setembro, 10h00 às 12h30m e 14h00 às 17h00
Público em geral

Apresentação e visualização de documentários diversos sobre o Património concelhio
Dias 25 e 26 de Setembro, das 10h00 às 12h30m e das 14h00 às 17h00
Museu Municipal
Público em Geral

Festa da "Labareda"
Actuação de grupos musicais diversos e ranchos folclóricos e etnográficos
Dias 25 e 26 de Setembro, das 21h30 às 24h00, no Largo do Município
Público em Geral

in Câmara Municipal de Resende
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários
É já esta sexta-feira o plenário concelhio de Viseu da candidatura de Manuel Alegre.
Estão convidados tod@s os que quiserem apoiar a candidatura que se propõe levar esperança a Belém e aos Portugueses.
Fica o desafio a todos os que acham que Portugal tem de mudar, todos os que acreditam que Portugal pode dar "o paço em frente", conseguindo sair da crise e acabar com as desigualdades.

Durante a sessão Júlio Barbosa, mandatário distrital da candidatura, vai convidar os participantes a preparar a campanha no concelho, inclusive a vinda de Manuel Alegre ao distrito e concelho de Viseu.
Informações sobre o mandatário:

Júlio Barbosa tem 61 anos, é médico, especialista de Gastrenterologia.
Foi em Coimbra, onde se formou, que iniciou a sua actividade politica, participando nas lutas estudantis de 1968 e destacando-se no trabalho Associativo e nas Campanhas Eleitorais do MDP/CDE.
Após o 25 de Abril foi um dos fundadores da UDP e seu dirigente até à sua demissão em 1977.

Membro da Comissão Nacional de Maria de Lurdes Pintassilgo, e Coordenador da Campanha no Distrito de Viseu nessas eleições Presidenciais.

Foi mandatário distrital da campanha Presidencial de Fernando Rosas, e fez parte do Núcleo do Douro Sul da campnha de Manuel Alegre em 2006.

Filiado no Partido Socialista desde 2003, é membro da Comissão Política Concelhia de Lamego.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
A Escola Secundária Dom Egas Moniz – Resende assinalou, no passado dia 15 de Setembro, o “Dia do Diploma”, uma iniciativa do Ministério da Educação, com o objectivo de premiar os melhores alunos dos cursos científicos e profissionais, bem como o de valorizar a importância da conclusão do ensino secundário, nível que o Governo estabeleceu como referência para a qualificação da população portuguesa.

Estiveram presentes na cerimónia várias entidades, nomeadamente António Borges, Presidente da Câmara Municipal de Resende (CMR), Dulce Pereira, Fernando Teixeira e Albano Santos, Vereadores da CMR, Cristina Correia, da Equipa de Apoio às Escolas do Douro Sul e em representação da DREN, Casimiro Veloso, Presidente da Assembleia da Associação de Pais e Encarregados de Educação, Gina Antas, Presidente do Conselho Geral, entre outras individualidades.

Receberam os prémios de mérito Pedro Leonel Frias Couraça Carvalho de Almeida (Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias) e Tânia Raquel Rabaça Alexandre (Curso Profissional de Turismo), alunos que obtiverem a melhor média de conclusão do ensino secundário, sendo recompensados com um prémio de mérito de 500 euros e um diploma alusivo à distinção.

A ocasião foi aproveitada, também, para distinguir os melhores alunos, de acordo com o artigo 3.º, do anexo ao Despacho n.º 120/90, de 12 de Setembro e, nos termos do ponto 2, do artigo 184.º, do Regulamento Interno, que conseguiram atingir o Quadro de Excelência da Escola Secundária Dom Egas Moniz. Aqui ficam os seus nomes: Cristiana Pinto (7.º A); Márcia Monteiro (7.º A); Cândido Truta (7.º B); Patrícia Ribeiro (7.º B); Liliana Gomes (7.º C); Raquel Almeida (8.º A); Sandra Torre (8.º A); Manuel Veloso (9.º A); Patrick Monteiro (9.º B); Sidonie Monteiro (9.º B); Adriana Ferreira (9.º C); André Veloso (10.º B); Liliana Almeida (11.º A); Ana Dias (12.º A); Cristiana Costa (12.º A); Daniela Almeida (12.º A); Pedro Almeida (12.º A); Fernanda Lourenço (1 C); Agathe Pedersen (2 A).

in Douro Sul Acontece
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
No passado dia 18 de Setembro os militantes da Secção Política de Resende do Partido Social Democrata, foram chamados a pronunciar-se sobre a eleição dos seus órgãos locais.

Num acto eleitoral muito participado, a Lista A, encabeçada pelo Arquitecto Paulo Moura, que apresentou a moção “Novo Ciclo, Novas Vitórias”, obteve uma maioria expressiva, merecendo 82 dos 110 votos depositados nas urnas, correspondendo a 74,5 % do universo de votantes.

Para a Mesa da Assembleia foi ainda eleito pela Lista A, o Dr. José de Freitas.

Resultados:
Comissão Política
Lista A – 82 votos
Lista B – 27 votos
Brancos – 1 voto
Nulos – 0 votos

A nova Comissão Política da Secção de Resende é assim composta pelos seguintes membros:
Presidente: Paulo Sérgio Pinto dos Santos Moura;
1.º Vice-presidente: Elsa Isabel Ferreira Rodrigues;
2.º Vice-presidente: José de Oliveira Monteiro;
Tesoureiro: Jaime António Bernardino Alves,
Vogais: Carla Manuela Ferreira Rodrigues, Adriano Pinto, Eugénia Isabel Borges de Almeida, Jorge Albino Correia Pinto, Orlando Alberto Duarte Cardoso, Maria Manuela Peixoto de Almeida, Luís Miguel Pinto Botelheiro, João Paulo Ramos Coelho, Fernando José de Costa Prata Dias Botelho, António Inácio Dias, Adérito Augusto Lopes.

A Mesa da Assembleia da secção de Resende tem a seguinte composição
Presidente: José Carvalho de Freitas;
Vice-presidente: Rui Miguel de Viseu Botélho Cardoso;
Secretários da Assembleia: Maria Alice Alves e Albina Maria da Silva Pereira.
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Veja-se bem onde chegou o desplante de Passos Coelho: “Em Portugal está tudo às avessas!” Dito de outra maneira: Estão todos errados, eu é que sei!

Pois se o que sabe é propor revisões constitucionais destas, terá a resposta.

Pois se o que sabe é dizer que quem revela inacção deve ir fazer os trabalhos de casa, eu direi, continue a fazê-los pois até agora ainda não acertou com a sociedade.

Pois se o que sabe é dizer que este Governo não tem apoiado as IPSS’s fique a saber que até hoje nunca nenhum Governo investiu tanto em apoios e equipamentos sociais como o actual e o anterior Governo (PARES, MASES, Cuidados Continuados, Complemento Solidário para idosos, Creches, Lares…).

Pois se o que sabe é pedir desculpa aos portugueses, fique ciente de que os portugueses mais do que pedidos de desculpa querem determinação e medidas corajosas.

Pois se o que sabe é ameaçar com crises e fazer ultimatos fique a saber que a última coisa que os portugueses querem é ouvir falar de jogos de poder e de ameaças.

É assim mesmo! Passos Coelho está em desespero. A unidade (balofa) do Congresso esvaiu-se e já ninguém o ouve. Alguns já desertaram da sua equipa e os barões já se movimentam nos bastidores.

Os portugueses, esses, começaram a perceber para onde Passos Coelho e este PSD nos querem levar: Para um liberalismo económico puro e duro e para a teoria do salve-se quem puder.

Segundo ele todos os males vêm do Estado. Só falta mesmo dizer, morte ao Estado.

E se nesse modelo talvez alguns dos mais poderosos bem se governariam, todos bem sabemos que os mais frágeis e toda a classe média estariam subjugados a esses “superiores” interesses da economia!

Não, quem está às avessas não é Portugal, mas sim Passos Coelho e este PSD!

Acácio Pinto
Deputado
2010-09-20
Por Notícias de Resende | terça-feira, 21 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
O novo Centro Escolar de Resende abriu portas este ano lectivo e acolhe mais de 400 crianças provenientes de seis jardins-de-infância e de 10 escolas básicas do 1º ciclo situados nas freguesias de Anreade, Felgueiras, Miomães, Cárquere e Resende.

O novo equipamento, que custou mais de 2 milhões de euros, encontra-se localizado entre a Rua da Portela e arruamento projectado em terreno anexo ao Pavilhão Desportivo da Escola Preparatória, desenvolve-se em dois corpos paralelos: o primeiro corpo agrupa o ensino pré-escolar com sete salas que se relacionam directamente com o recreio exterior, instalações sanitárias, sala de professores, sala de repouso, bem como os espaços comuns aos dois níveis (átrio principal, refeitório e áreas complementares de cozinha, despensa, arrecadação depósito de lixos e vestiário, auditório, espaço para material didáctico e audiovisual e a secretaria). O segundo corpo destina-se ao ensino básico e engloba dois pisos, sendo que no piso superior estão afectas as salas de aula, sala de professores e instalações sanitárias e no piso inferior a biblioteca/mediateca, sala multiusos, arquivo, sala polivalente, recreio coberto e arrecadações.

A zona exterior do edifico contempla áreas pavimentadas, zonas arborizadas, uma área reservada à criação de pomar/horta, um campo de jogos para complemento das actividades físicas ao ar livre e, ainda, um espaço de apoio ao pré-escolar, nomeadamente um parque infantil.

Recorde-se que Resende foi o primeiro município do país a apostar neste modelo de ensino, que visa uma sociedade menos desigual, mais desenvolvida, qualificada e com mais oportunidades, com a abertura do Centro Escolar de São Martinho de Mouros, em 2007, pelo primeiro-ministro, José Sócrates.

O Gabinete de Comunicação e Imagem
Resende, 21 de Setembro de 2010
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários

in PAUS-RESENDE
Por Notícias de Resende | segunda-feira, 20 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
A tradicional festa do concelho de Resende, a “Festa da Labareda”, decorre entre os dias 24 e 29 de Setembro. O programa é diversificado e contempla iniciativas de índole musical, desportiva, cultural e recreativa.

Para o dia 24 de Setembro está agendada a inauguração da exposição de Pintura “Dualidades (Jazz e memórias de uma terra...)” de XicoFran, às 18 horas, no Museu Municipal, segue-se às 21 horas a animação das ruas da vila a cargo do grupo de Bombos de S. Martinho de Mouros. O programa musical continua, no largo da feira, com a actuação dos grupos “Revolução XXI” (às 21h30), “Sinopse” (às 22h30) e “Trovador” (às 23h30).

Blind Zero sobe ao palco no dia 25 de Setembro, às 23h30, logo após a animação das ruas por parte do grupo de Bombos de S. Romão e da actuação do grupo musical “Raio de Sol”. A noite culmina com uma sessão de fogo de artifício.

No dia 26 tem lugar o XXII Concurso de Pesca Desportiva e a animação das ruas ficará a cargo do grupo de Bombos de Miomães. Às 21h30 tem início o habitual Festival de Folclore com a participação de Grupos Etnográficos e Folclóricos oriundos de todo o país.

O dia 27 de Setembro é o dia dedicado às bandas musicais do concelho. Pelas 21h30, no Largo da Feira, as Bandas de Música de S. Cipriano “A Nova” e “A Velha” actuam. No dia 28 de Setembro o grupo “Segunda Via” inicia mais uma noite de animação, seguindo-se às 23h30 o concerto do conhecido cantor “Roberto Leal”.

As actuações do grupo “Rumpelstitskin”, às 21 horas, e “Tiago Bettencourt & Mantha”, às 22h30, encerram as festividades, no dia 29 de Setembro, com chave de ouro.

A Festa da Labareda surgiu no âmbito da Feira Anual de São Miguel que se realiza desde tempos que a memória desconhece. A feira decorria, no dia 29 de Setembro, no dia de São Miguel Arcanjo que marca o final das colheitas agrícolas e a mudança de caseiros. A vontade de que todos participassem na feira levou a que se instituísse o dia 29 como feriado municipal.

Programa completo e cartaz em www.cm-resende.pt

O Gabinete de Comunicação e Imagem
Resende, 20 de Setembro de 2010
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Resende recebeu mais uma vez a prova de perícia automóvel, que decorreu no dia 19 de Setembro, numa organização do Município de Resende, Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting e Sport Clube da Régua.

Na prova participaram 31 pilotos, na sua grande maioria já conhecidos na modalidade, que proporcionaram muita emoção e competição, num espectáculo sobre rodas que centenas de espectadores não quiseram perder.

Carlos Rosendo foi o grande vencedor da Divisão I (carros de tracção à frente, incluindo transformados), Jorge Araújo foi o primeiro classificado da Divisão II (carros de tracção atrás, incluindo transformados) e Luís Delgado classificou-se em primeiro lugar na Divisão III (carros normais, sem alterações de origem).
O prémio para melhor piloto do concelho foi atribuído a Celso Santos que concorreu com um Toyota.

in Câmara Municipal de Resende
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Comemoração do III Aniversário e II Gala de Prémios, dia 25 SET 2010, pelas 16h, no Auditório Municipal de Resende.

in Desporto em Resende
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários
Foto: Rui Pinheiro (IPP)
No âmbito da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIMTS), que integra o Município de Resende, o Presidente da Câmara, António Borges, assinou recentemente um protocolo de qualificação estratégica com o Instituto Politécnico do Porto.

Com a assinatura deste protocolo as duas entidades comprometem-se a colaborar activamente em projectos que potenciem o desenvolvimento no espaço geográfico da CIMTS ou nos seus concelhos, e que poderão cobrir a qualificação dos recursos humanos, o estímulo às actividades de investigação científica, desenvolvimento e inovação, a transferência de tecnologia, e o desenvolvimento cultural e social, potenciando a valorização da CIMTS através da respectiva competitividade num mundo globalizado, assente na elevação do valor do capital humano e promovendo o bem estar de uma população ciente da importância de uma cidadania participada.

Para além de Resende, a CIMTS é constituída pelos municípios de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel.

in Câmara Municipal de Resende

Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários

O Bloco de Esquerda marcou para dia 20 de Setembro, com a presença do deputada da Assembleia da República, João Semedo, uma série de iniciativas nos concelhos de Santa Comba Dão, Nelas, São Pedro do Sul e Viseu para se inteirar das várias realidades vividas pelos utentes do Serviço Nacional de Saúde deste distrito.

Durante a visita a Manhouce, São Pedro do Sul, teremos a presença do Coordenador Nacional do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã.

Convidamos todos a participarem desta visita, assim como solicitamos a divulgação do programa.

Programa:


Manhã


  • 10h00 - 10h30 - Reunião no Centro de Saúde de Santa Comba Dão

- O B.E. pretende com esta reunião saber se neste momento os utentes deste concelho estão a usufruir em pleno dos seus direitos a cuidados de saúde neste centro, verificar se a contratação de médicos necessária para que todos possam ter um médico de família é suficiente e para durar, bem como os moldes dessa contratação.

  • 10h30 - 11h00 - Visitas ao INEM de Santa Comba Dão

- O deputado João Semedo, a organização distrital de Viseu do B.E e o núcleo de Santa Comba Dão pretendem com esta visita saber se os enfermeiro, médicos e tripulantes dos veículos do INEM têm neste momento acesso ao material necessário para exercer as suas funções, bem como se o pessoal contratado é suficiente para a permanência deste serviço.


  • 12h00 - 12h30 - Visita ao Centro de Saúde de Nelas e reunião com a sua direcção

- O B.E. pretende com esta reunião saber se neste momento os utentes deste concelho estão a usufruir em pleno dos seus direitos a cuidados de saúde neste centro, verificar se a contratação de médicos necessária para que todos possam ter um médico de família é suficiente e para durar, bem como os moldes dessa contratação.


  • 13h00 - 14h30 - Em local a marcar - Encontro com ex-trabalhadores da Empresa Nacional de Urânio (ENU) e encontro com os comandantes das Corporações de Bombeiros de Nelas e Canas de Senhorim seguido de almoço.

- O Bloco de Esquerda pretende com esta iniciativa perceber se os ex-trabalhadores da ENU já têm acesso aos cuidados de saúde conseguidos após 8 anos de luta. Pretendemos saber se as medidas aprovadas em Assembleia da República são suficientes para "remediar" o facto de os trabalhadores desta empresa terem sido expostos a grandes quantidades de radiação.

- Na reunião com os comandantes de bombeiros das Corporações de Bombeiros de Nelas e Canas de Senhorim pretendemos estar a par de como estão a ser feitos os transportes de doentes, bem como a coordenação com o centro de saúde, hospitais e INEM.

Tarde


  • 16h00 - 17h00 - Reunião com comissão de utentes da extinta extensão de saúde e com a Junta de Freguesia de Manhouce (São Pedro do Sul) e contacto com a população desta freguesia, que se vai concentrar junto à sede da Junta de Freguesia, Comissão de Utentes e Junta de Freguesia


- Declarações à imprensa dos intervenientes desta visita - Presença de Francisco Louçã


- A população viu recentemente ficar sem acesso a consultas médicas prestadas pela extensão do Centro de Saúde, o deputado João Semedo, a organização distrital do Bloco de Esquerda e os autarcas eleitos pelo B.E.em São Pedro do Sul vão ouvir as reivindicações da população reunida em frente à Junta de Freguesia, Comissão de Utentes e da Junta de Freguesia de Manhouce.

  • 18h30 - 19h30 - Visita ao Hospital de S. Teotónio E.P.P. - Viseu - (Reunião com direcção)

- Várias são as situações a tratar nesta reunião, ponto de situação nas reivindicações do serviço de oncologia, ponto de situação sobre acesso à fisioterapia, tempo de espera tanto em consultas como para operações, condições das urgências entre outros. O B.E. pretende ter conhecimento do estado da saúde no concelho e distrito de Viseu.


  • 19h30 - Jantar/Debate - Situação do SNS em Portugal - Acção local em defesa do SNS - Restaurante Colmeia (Rua das Ameias - Praça D.Duarte)

- Neste debate informal o Bloco de Esquerda vai traçar o ponto de situação sobre o estado do Serviço Nacional de Saúde em Portugal e no distrito. Vai-se debater e discutir as propostas e a visão do B.E. para o SNS. Jantar/debate aberto a todos os que queiram participar.

Para mais informações, inscrições no Jantar/Debate e transporte para acompanhar a iniciativa contactar pelo número 967985053 ou através do email blocoviseu@sapo.pt
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Temos sido brindados com autênticas pérolas de coerência por alguns políticos do PSD em matéria de portagens.

Apreciemos algumas narrativas: “O mínimo que se espera é que [socialistas] cerrem fileiras connosco na luta contra as portagens na A25 e A24”; “Ou pagam todos ou não paga nenhum”.

A primeira é de Almeida Henriques (AH) e a segunda é de Miguel Relvas, respectivamente em 16 e 22 de Junho. Ambos são do PSD e, como se vê, muito “coerentes”!

Agora, em 10 de Setembro, AH diz: “Nunca o escondemos, somos favoráveis ao princípio da universalidade e do utilizador pagador.”

A “coerência” continua, como se percebe!

Ou seja, quem exigiu o princípio da universalidade, como foi o PSD, veja-se agora a coerência ao acusar o Governo de responsável por este processo.

Estamos conversados: Com este PSD sabemos como as coisas começam mas nunca sabemos como acabam. E começamos também a saber que o PSD começou a optar por disfarçar os aleijões das suas propostas de ataque aos mais desfavorecidos com “máscaras” que podem disfarçar mas não escondem a sua génese.

Os ataques aos mais desfavorecidos (territórios e pessoas) estão no ADN deste PSD.

Acácio Pinto
Deputado do PS
2010.09.15
Por Notícias de Resende | domingo, 19 de setembro de 2010 | Publicado em , , | Com 0 comentários

As festas coincidem com o feriado municipal de S. Miguel e há muita animação programada. A labareda nasceu há muitos anos quando houve a ideia de acender fogueiras à noite para proteger do frio. A tradição ficou até aos dias de hoje

A iluminação tradicional dá lugar às ímpares labaredas, na festa do concelho de Resende. A tradicional "Festa da Labareda" decorre até quarta-feira dia 29, feriado municipal, garantindo três dias de muita folia e animação na vila. O programa é diversificado e abarca a música, a cultura, o desporto e o lazer. O destaque é a actuação de conceituados nomes do panorama musical português.

A organização do evento, da responsabilidade da Câmara Municipal de Resende, fez uma aposta "de peso" na programação musical. Pelo palco da realização passarão artistas como os Blind Zero (sábado), Roberto Leal (dia 28) e Tiago Bettencourt e Mantha (dia 29). O evento dá também espaço ao folclore, contando com a participação de grupos etnográficos e folclóricos de todo o País. "Houve a preocupação de fazer um programa bastante equilibrado e que abrangesse todas as faixas etárias", explicou ao DN Dulce Pereira, vereadora da autarquia local.

A "Festa da Labareda" surgiu no âmbito da Feira Anual de São Miguel, cuja origem se perdeu na memória das gentes de Resende. A feira acontecia a 29 de Setembro, dia do arcanjo. A data marcava e marca o final das colheitas e a mudança dos caseiros, que, por opção ou por despedimento, mudavam de quinta: era o momento de avaliar os animais da quinta e vendê--los ou comprá-los. Isso acontecia na Feira de São Miguel.

A vontade de que todos participassem na feira levou a que se instituísse o feriado municipal no dia de São Miguel. Daí que a feira se tenha transformado em festa - nas Festas do Concelho. Em meados do século passado, a autarquia organizou um grande arraial no pátio da antiga câmara. No ano seguinte, a festa passou a realizar-se no Jardim Municipal. Numa altura em que as noites começam a ficar frias e escuras, a organização teve a iniciativa de acender fogueiras no recinto. O povo ficou agradado com a ideia e a festa passou a chamar-se "Festa da Labareda".

Dulce Pereira defende que "é uma festa que tem a particularidade ser a última do Verão e por isso é motivo de atracção para muitos visitantes".

JOANA CAPUCHO

in Diário de Notícias
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 17 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
Museu Municipal de Resende. De 24.09.2010 a 07.11.2010. Inauguração às 18:00 horas

O Verdadeiro Dueto

Exposição do artista Xicrofan, patente no Museu Municipal de Resende, de 24 de Setembro (com inauguração marcada para as 18h00) até ao dia 7 de Novembro de 2010.

Uma exposição temática onde o artista plástico passa para a tela a sua interpretação dos ritmos e dos movimentos dados pelo jazz. Várias telas figurando o tema e momentos históricos do jazz. Dando sequência a um namoro entre o Jazz e a Pintura praticada ao sabor do improviso livre e espontâneo.

Com esta exposição, o artista pretende mostrar uma quebra com os cânones estabelecidos da figura humana, tentando valorizar os gestos e a força da silhueta do musico de Jazz num momento único de inspiração.

Com um futuro promissor e um passado inolvidável, Xicofran tem já obras pertencentes ao espólio de diversos amantes puros de Arte em Portugal e no Estrangeiro, tem vindo a ser reconhecido o seu talento com vários prémios Nacionais e Internacionais, sendo de louvar que, com base no continuado e sistemático trabalho que tem vindo a desenvolver se tenha imposto como uma forte e consolidada presença no mundo artístico.

Amigos do Jazz

in Câmara Municipal de Resende

Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
A Selecção Nacional de Cadetes Masculinos 2009/2011, orientada por Jose Rojas, inicia amanhã (dia 18), em Resende, o primeiro de uma série de estágios a efectuar durante os meses de Setembro e Outubro.

Este estágio, que contará com treinos bidiários (dias 18 a 21 de Setembro), servirá para observar alguns atletas com potencial que integram a Selecção e terá por palco o pavilhão da Escola ES/3 D. Egas Moniz e o Gimnodesportivo de Anreade.

Durante o estágio, a Selecção Portuguesa irá disputar jogos amigáveis com equipas da A2 e da II Divisão.

in O Jogo Online
Por Notícias de Resende | | Publicado em , , , | Com 0 comentários
Por Notícias de Resende | quinta-feira, 16 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 1 comentários

in PAUS-RESENDE
link da notícia
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Escola Pública de qualidade

Os deputados do PS eleitos pelo Círculo Eleitoral de Viseu deslocaram-se esta semana ao Centro Escolar de Cinfães acompanhados pelo Presidente da Câmara Municipal, José Manuel Pereira Pinto, no âmbito da abertura do ano lectivo.

Ali assistimos à reunião geral de início de ano que envolveu a direcção, os alunos, encarregados de educação, professores e pessoal não docente.

Pudemos constatar a forte aposta na educação que a Câmara de Cinfães está a desenvolver e que se traduziu na oferta de todos os manuais escolares aos alunos do primeiro ciclo do concelho, mas também percebemos que no âmbito dos transportes escolares todas as crianças do concelho, do pré-escolar até ao final do secundário, são transportadas de forma gratuita.

É este um bom exemplo de qualificação da Escola Pública e de cooperação entre o Estado Central e o Estado Local que se tem vindo a traduzir na construção de vários centros escolares em todo o país e que vai permitir no dia 5 de Outubro (centenário da República) a inauguração de cem novos centros escolares.

Para uma certa oposição que vê fantasmas na Escola Pública e que não quer ver o muito que este Governo e o anterior têm feito em prol da qualificação da Educação em Portugal, aqui temos mais uma resposta de qualidade, implementada no terreno, que existe, afinal uma escola que funciona a tempo inteiro, com actividades de enriquecimento curricular, com refeições integradas, com transportes para todos os alunos, com edifícios modernos, com professores colocados a horas e por quatro anos.

Para os deputados do PS é gratificante sentir e vivenciar estes apoios e perceber que este investimento está a ser interiorizado pelas famílias e que serão elas, no futuro, a não permitir que qualquer líder partidário venha a colocar em causa e a atacar a Escola Pública, como pretende o PSD, que deveria ser mais responsável nesta e noutras matérias.

Requalificação da EN 229

Os deputados do PS foram interpelados pelas Juntas de Freguesia de Sátão e de S. Pedro de France sobre alguns aspectos que, em sua opinião, deveriam merecer uma reavaliação ou mesmo alteração.

Nessa sequência e na decorrência de muitas outras intervenções públicas de outras entidades, apresentei, conjuntamente com os restantes deputados do PS de Viseu, uma pergunta ao Ministro das Obras Públicas relativamente à requalificação da EN 229 que liga Viseu ao Sátão.

A questão foi a seguinte:

“Estão o Ministério e a Estradas de Portugal disponíveis para, de uma forma objectiva, ouvir e analisar os contributos apresentados pelas várias Autarquias (Câmaras e Juntas) atravessadas pelo troço requalificado da EN 229, no que concerne, entre outros, à sinalização em geral (também informativa), à colocação de semáforos, à drenagem de águas pluviais, à minimização da perigosidade de acessos a algumas localidades e de algumas rotundas, a estudar nova localização de algumas paragens de autocarro, e de uma vez por todas clarificar, tecnicamente, todos estes aspectos?”

Quanto à variante à EN 229 (nova estrada Viseu – Sátão) os deputados do PS entendem que essa nova acessibilidade deve constituir uma resposta de futuro para os concelhos de Viseu e de Sátão e para todos aqueles concelhos dos distritos de Viseu e Guarda por ela atravessados (Aguiar da Beira, Vila Nova de Paiva, Moimenta da Beira, Sernancelhe, Penedono, S.J. Pesqueira e Tarouca).

Acácio Pinto
Deputado do PS
2010-09-15
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Foi com enorme orgulho, alegria e esperança que tive oportunidade de visitar a última Feira do Vinho em Nelas, no coração do Dão, como gostam de dizer por lá. Com orgulho pela quantidade e qualidade das inúmeras marcas de vinhos, algumas delas a coleccionarem prémios e fama internacional. Vinhos produzidos em vinhas por onde passei momentos de trabalho e de ingénua alegria, como a Quinta de Lemos, em Passos de Silgueiros, a minha aldeia; vinha cujas uvas que serviam de lanche na ida ou regresso de uns mergulhos no rio Pavia, hoje está transformada numa das vinhais mais modernas da região.

Alegria por ver que muitas adegas e cooperativas conseguem vencer o destino, mantendo o espírito cooperativo, com gestão cada vez mais profissional, onde o critério da qualidade e racionalidade económicas é regra; de ver tantos homens e mulheres abraçarem com verdadeira paixão a arte de produzir vinhos com alma, de uma qualidade tão unânime como subjectiva. Parabéns, CVRD! Espero que vença as inúteis e sempre prejudiciais influências políticas para se concentrar na defesa e divulgação de um dos melhores vinhos do Mundo. Quem, como eu, trabalhou a vinha, olha para o vinho como um elemento de coesão e identidade culturais. Basta olhar para as paisagens do Douro, Património Mundial, para o gosto e sensibilidade de uma região ou de um povo… Nos dias de hoje, saber escolher, ou alimentar uma conversa sobre vinho, é matéria para especialistas; e a escolha do vinho passou a ser uma tarefa que define o sucesso ou fracasso de um almoço ou jantar.

É certo que os vinhos estão menos ligados a uma região, e hoje espelham o carácter do criador e menos a singularidade do local. A evolução técnica permitiu uma evolução mais resguardada dos caprichos da natureza. O risco pode ser a menor diversidade, o que desperta a necessidade de saber mais da região de origem e do seu produtor. Confesso que senti um desconhecimento que incomoda, apesar de ter crescido rodeado pela cultura do vinho, num mundo agrícola onde o valor económico do vinho era decisivo, de expressões populares de sabedoria simples mas verdadeiras como “só olham para o vinho que bebo, mas ninguém repara nas quedas que dou”, entre outras. Em Nelas, sentimos a pujança de um sector forte, cultural e economicamente, de gente que regressa à vinha e outros que começam agora.

Um reparo: o Vinho não está a ser o motor do que a lei considera património cultural - a “Gastronomia”. A Feira confirmou que o vinho continua de costas voltadas para o Queijo da Serra, para o pão e a doçaria regional; mas todos eles se complementam, todos eles são marcas de valor económico único na nossa região. O Turismo, nas suas inúmeras vertentes, só tem a ganhar.

Resta a esperança de, no futuro, ser possível provar um vinho ao mesmo tempo que se prova um queijo com um pão regional; de encontrar vinhos, licores e espumantes do Douro e Dão em todos os cantos do mundo; de saber que a fileira é geradora de mais riqueza, de postos de trabalho gerados por marcas distintivas da nossa região. Muito já foi feito, e bem. Estou certo que o futuro está salvaguardado: o mercado de vinhos em todo o mundo nunca esteve tão preparado para receber os nossos vinhos, hoje ao nível dos vinhos Chilenos, Argentinos, Californianos, italianos da Toscana, ou os Franceses de Bordeaux. O melhor dependerá do gosto de cada um. Para mim, é o que se bebe com a família ou amigos, e se for um bom Dão, como dizemos em Silgueiros, “prefiro que me faça mal a que se estrague”.

Hélder Amaral
Deputado do CDS-PP
Por Notícias de Resende | terça-feira, 14 de setembro de 2010 | Publicado em , , | Com 0 comentários
A última prova do campeonato nacional de Jet Ski que decorreu em Caldas de Aregos terminou com uma boa notícia para o incremento desta modalidade no desporto náutico nas águas do Douro: a criação de uma escola de Jet Ski. Com a criação da Escola de Jet Ski dá-se um passo importante na formação de pilotos oriundos da região do Douro que poderão vir a participar nos próximos campeonatos da modalidade.



in Turiviajar.tv
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Por Notícias de Resende | | Publicado em | Com 0 comentários
Conforme tinha sido anunciado pelo presidente da Dólmen, José Luís Carneiro, na reabertura do Centro dos Produtos Locais, em Baião, pretende-se que este Centro encontre espaços semelhantes em outros concelhos da Cooperativa e divulgue também os nossos produtos em certames nacionais e internacionais.

É o que acaba de acontecer, mais uma vez, em Espanha, desta feita em Salamanca, visando o público de Castela e Leão, à semelhança da recente participação, em Silleda, tendo em vista o público da Galiza.

Os produtos dos seis concelhos do "Douro Verde" (Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e Resende) estiveram, assim, presentes na AGROMAQ 2010, entre os passados dias 8 e 12, com o patrocínio do Ministério da Agricultura.

De referir que aos vinhos e artesanato se pretende juntar o conceito mais abrangente do produto "Douro Verde", com as suas paisagens milenares, o seu património, a sua gastronomia, e a oferta de alojamento, como destino turístico dos públicos visados.

O balanço provisório destas duas participações, a avaliar pelo facto de o stand da Dólmen ser um dos mais procurados, e pela quantidade de informações solicitadas sobre a nossa região, adivinha-se promissor para esta estratégia de divulgação.

in O Comércio de Baião
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Com o Campeonato a terminar em grande estilo, na localidade de Caldas de Aregos, junto a Resende. O magnífico enquadramento natural do Rio Douro foi anfitrião de duelos espectaculares e lutas até a última volta, nesta que foi a última prova do Campeonato Nacional de JetSki 2010.

A região duriense recebeu, mais uma vez, de braços abertos esta modalidade, tanto que as entidades do município vão criar já um clube de jetski, apadrinhado pela nova direcção da federação, sempre com o âmbito de proporcionar ‘Mais e Melhor Jet Ski’. Um passo importante para a modalidade com o objectivo de trazer mais praticantes a esta modalidade.

Já no seu terceiro ano de existência, o GP de Resende acabou por ser o local ideal para as lutas que se proporcionaram dentro de água. Muitas das classes estavam por se decidir e, o público assistiu mais uma vez à competição pura e dura, com duelos excelentes.

Na classe rainha do desporto, a classe Ski Pro, Tiago Sousa confirmou o que tinha provado no inicio do ano. Mais um titulo de Campeão Nacional, fruto de um andamento muito forte e, a prova de Resende não foi excepção, alcançando o primeiro lugar neste GP. O segundo lugar foi para o piloto algarvio Manu Balzer, com a sua irmã a conseguir o terceiro lugar do pódio.

A classe dos juvenis acabou por se determinar na ultima manga, com Henrique Rosa Gomes a sagrar-se Campeão da classe Ski Juvenis. O piloto da Madeira estava em competição renhidacom Mariana Pontes, mas acabou por vencer, mesmo que, tenha ficado em terceiro lugar nesta prova. À frente deste piloto acabou a nortenha Mariana Pontes, sendo que João Sousa terminou a última prova a vencer a sua classe.

in Federação Portuguesa de JetSki
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
O Município de Resende e o CLDS – “Resende mais Solidário” organizaram em Caldas de Aregos, no dia 11 de Setembro, no âmbito do Ciclo de Conferências, uma palestra dirigida ao tema “Actividade Física na Terceira Idade” que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, António Borges.

A actividade física e o seu benefício na saúde física e psicológica dos idosos foi o tema predominante neste encontro que contou com a presença de mais de 50 profissionais ligados ao desporto, à saúde e às ciências sociais e humanas, que viram nesta iniciativa uma oportunidade de complementar os seus conhecimentos relativamente ao seu contributo na prevenção de patologias nos idosos como a diabetes e o colesterol.

Durante a manhã foi feita uma abordagem teórica com as intervenções do director de Podologia do Instituto Politécnico de Saúde do Porto, Domingos Gomes, com o tema “A Importância do Exercício Físico: Avaliação prévia de capacidades”; e da professora da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, Joana Carvalho, que explorou a temática “Actividade Física no Idoso: Benefícios e Recomendações para as boas práticas”.

À tarde deu-se início a parte prática que decorreu nas instalações das Termas de Caldas de Aregos onde foram trabalhados exercícios de hidroginástica, flexibilidade, alongamento, relaxamento, resistência e de coordenação motora sob a orientação de dois professores Licenciados em Educação Física, Dárida Castro e Rui Duarte. Estes exercícios visaram, sobretudo, mostrar formas de favorecer a mobilidade articular e muscular e promover o aumento da temperatura corporal.

Refira-se, ainda, que serão realizadas posteriormente mais duas conferências: uma no dia 16 de Outubro que terá como tema “Como Lidar com a Deficiência”; e, outra no dia 13 de Novembro que abordará a “Depressão na Terceira Idade”.

O Gabinete de Comunicação e Imagem
Resende, 14 de Setembro de 2010
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
O G.D. Resende, em jogo particular que marcava a apresentação da equipa da Associação Desportiva e Recreativa Tarouquense, perdeu por 4-1.

O SMM - Futsal em mais um jogo de preparação, desta vez em Castro Daire contra a Casa do Benfica local, perdeu por 7-4.

A equipa de Juniores B do SMM - Futsal, também perdeu no seu jogo de apresentação com a equipa de Sta Cruz do Douro, por 5-3.

in Desporto em Resende
Por Notícias de Resende | segunda-feira, 13 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários
1. José Sócrates continua com sentido de responsabilidade a governar (inaugurar escolas, visitar empresas, a puxar pela economia) e a dizer aos portugueses que o país do que precisa é de estabilidade governativa.

Tem repetido este discurso vezes sem conta. Disse-o em Mangualde, em Matosinhos e em tantos outros locais. E continua a dizê-lo todos os dias.

E acrescenta, ainda, aquilo que é óbvio. Que o PS e o Governo não estão disponíveis para negociar seja o que for sob chantagem e com ultimatos de quem quer que seja. Portanto, o que o PS e o Governo não desejam é nenhuma crise política, que, porém, não temem se alguém a decidir abrir.

Igualmente, José Sócrates, tem deixado bem clara a sua posição sobre a proposta de revisão constitucional do PSD e de Passos Coelho. É uma proposta ultra-liberal, que quer destruir o Serviço Nacional de Saúde, agredir a Escola Pública (conquista tão cara da República e do Portugal democrático), despedir os trabalhadores por razões atendíveis e privatizar a Segurança Social. Em suma, o que o PSD quer é desmantelar o Estado Social.

2. Cavaco Silva tem, a este propósito, também sido bem claro. Tem enviado recados directos para o PSD e para Pedro Passos Coelho, dizendo por exemplo: “Um chumbo do Orçamento é coisa que não me passa pela cabeça”; “juntos somos melhores, juntos somos mais fortes, juntos venceremos os obstáculos que se nos deparam, como sempre fizemos…”.

Ou seja, do que nós precisamos é de estabilidade, de união de esforços e de muita responsabilidade política, sem cedência a demagogias fáceis.

É esta a mensagem do Presidente da República das últimas semanas. Mensagem que tem repetido por todos os locais do país onde tem estado, como ainda fez esta semana no Distrito de Viseu.

3. Marcelo Rebelo de Sousa também não tem ficado em silêncio. Tem falado, como tanto gosta de fazer. E os seus “conselhos” para o PSD têm sido de esperar com paciência, ser responsável, não ter pressa e não dizer, como fez Passos Coelho recentemente, que só é possível governar bem se a revisão constitucional for concretizada.

Ora veja-se lá bem onde chegou a desfaçatez de Passos Coelho, ao dizer que com esta Constituição não se pode governar bem. Será que um partido que quer ser poder pode dizer isto? Então se já Cavaco governou, Guterres governou, Barroso governou, Sócrates governa… e é agora Passos Coelho a dizer o que diz, quando sabe que a revisão da Constituição só poderá ser feita com 2/3 dos deputados da Assembleia da República? Que só com o PS tal percentagem será atingida?

Marcelo diz mesmo que “um partido que quer ser Governo não pode dizer que só será bom Governo e governará verdadeiramente bem se conseguir uma revisão que provavelmente não vai conseguir”.

Ou seja e dito de forma clara: quem diz isto não merece governar, pois já está a arranjar, prévios, álibis para o seu fracasso.

Acácio Pinto
Deputado do PS
2010-09-08
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Os deputados do PS eleitos pelo Círculo Eleitoral de Viseu deslocaram-se hoje, dia 13 de Setembro, no âmbito da abertura do ano lectivo 2010/2011, ao Centro Escolar de Cinfães acompanhados pelo Presidente da Câmara Municipal, José Manuel Pereira Pinto e pelo responsável da Equipa de Apoio às Escolas de Lamego, César Carvalho.

Ali assistiram à reunião geral que o Director do Agrupamento e a Coordenadora do Estabelecimento estavam a levar a cabo com os alunos, encarregados de educação, professores e pessoal não docente a que se seguiriam reuniões de cada uma das turmas e puderam, portanto, constatar da normalidade do arranque do início do ano lectivo.

Igualmente puderam constatar a forte aposta na educação que a Câmara de Cinfães está a desenvolver e que se traduziu na oferta de todos os manuais escolares aos alunos do primeiro ciclo do concelho. Simbolicamente, nesta reunião, foi entregue, a um aluno de cada ano de escolaridade, um conjunto de manuais.

Mas esta aposta vai mais longe e no âmbito dos transportes escolares todas as crianças do concelho, do pré-escolar até ao final do secundário, são transportadas de forma gratuita até ao Jardim de Infância e à escola que frequentam.

Refira-se, aliás, que o Director do Agrupamento fez questão de enaltecer a excelente parceria entre a autarquia e as escolas do concelho, dizendo haver uma grande correspondência por parte do Presidente e da Câmara aos anseios e expectativas que as escolas lhe apresentam.

É este um bom exemplo de qualificação da Escola Pública e de cooperação entre o Estado Central e o Estado Local que se tem vindo a traduzir na construção de vários centros escolares por todo o concelho (quatro até ao momento) e que, ainda hoje, a Câmara adjudicará o novo centro escolar de Nespereira, obra que ascenderá a 2 Milhões de Euros.

Para uma certa oposição que vê fantasmas na Escola Pública e que não quer ver o muito que este Governo e o anterior têm feito em prol da qualificação da Educação em Portugal, aqui temos mais uma resposta de qualidade, implementada no terreno, que existe, afinal uma escola que funciona a tempo inteiro, com actividades de enriquecimento curricular, com refeições integradas, com transportes para todos os alunos, com edifícios modernos, com professores colocados a horas e por quatro anos.

Para os deputados do PS é gratificante sentir e vivenciar estes apoios e perceber que este investimento está a ser interiorizado pelas famílias e que serão elas, no futuro, a não permitir que qualquer líder partidário venha a colocar em causa e a atacar a Escola Pública, como pretende o PSD, que deveria ser mais responsável nesta e noutras matérias.

2010-09-13
Os Deputados do PS eleitos pelo Círculo de Viseu
Por Notícias de Resende | sábado, 11 de setembro de 2010 | Publicado em | Com 2 comentários
Resende é um dos 85 concelhos isentos nas Scuts do Interior Norte. Confira em baixo a lista dos concelhos isentos no Interior Norte.

Aguiar da Beira, Alfândega da Fé, Alijó, Alvaiázere, Amarante, Ansião, Arganil, Armamar, Arouca, Baião, Boticas, Bragança, Cabeceiras de Basto, Carrazeda de Ansiães, Carregal do Sal, Castanheira de Pêra, Castelo de Paiva, Castro Daire, Celorico de Basto, Chaves, Cinfães, Felgueiras, Figueiró dos Vinhos, Fornos de Algodres, Freixo de Espada à Cinta, Góis, Gouveia, Lamego, Lousã, Lousada, Macedo Cavaleiros, Mangualde, Marco de Canaveses, Mesão Frio, Miranda do Corvo, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Moimenta da Beira, Mondim de Basto, Montalegre, Mortágua, Murça, Nelas, Oliveira de Azeméis, Oliveira de Frades, Oliveira do Hospital, Paços de Ferreira, Pampilhosa da Serra, Paredes, Pedrógão Grande, Penafiel, Penalva do Castelo, Penedono, Penela, Peso da Régua, Resende, Ribeira de Pena, Sabrosa, Santa Comba Dão, Santa Maria da Feira, Santa Marta de Penaguião, São João da Madeira, São João da Pesqueira, São Pedro do Sul, Sátão, Seia, Sernancelhe, Tábua, Tabuaço, Tarouca, Tondela, Torre de Moncorvo, Vale de Cambra, Valpaços, Vila Flor, Vila Nova de Foz Côa, Vila Nova de Paiva, Vila Nova de Poiares, Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, Vimioso, Vinhais, Viseu e Vouzela.

Para saber as isenções no resto do país clique em http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/economia/algarve-ja-prepara-revolta-contra-scut
Por Notícias de Resende | sexta-feira, 10 de setembro de 2010 | Publicado em , | Com 0 comentários


in PAUS-RESENDE
Por Notícias de Resende | | Publicado em , | Com 0 comentários
Chegou esta semana o submarino Tridente, um dos dois que Portugal decidiu comprar. Apesar de ser uma decisão do governo da República Portuguesa, o tema tem servido para atacar o CDS e o seu Presidente com a mais pura demagogia e falta de rigor. Como consequência, é frequente que cada vez que se visita uma feira, um restaurante ou uma empresa há sempre quem pergunte para que servem os submarinos, ou porque razão gastou o Dr. Portas dinheiro em submarinos. Vale a pena, por isso, deixar aqui alguns dados para reflexão.

A capacidade submarina de Portugal não começou em 2004 - faz agora cem anos, e começou com a Monarquia, continuando com a I Republica, com o Estado Novo, e com o regime saído do 25 Abril. A última frota de submarinos foi adquirida em 1962, pelo Estado Novo: compraram-se 4 submarinos da classe Albacora. Quando em 2002 o CDS ocupou a pasta da Defesa Nacional, já só 1 dos 4 submarinos estava operacional, e eram até alvo alguma piada: ”1 só subia, o outro só descia, e o outro nem subia nem descia”.

De quem foi a ideia de renovar a frota de submarinos? A primeira declaração de intenção de aquisição de novos submarinos é de 1993; o concurso foi lançado em 1998, era Primeiro-ministro o Eng. António Guterres, e a decisão do Governo PS previa a aquisição de 3 a 4 submarinos, ou seja, a reposição da frota anterior. O valor estimado para aquisição de 3 submarinos era de 2.000 milhões de euros. O governo PSD/CDS herdou o concurso já na sua fase final (2002). A decisão entretanto tomada foi a de reduzir a aquisição para 2 submarinos, baixando o custo. Decidiu-se ainda reduzir para 50% o valor da Lei de Programação Militar previsto em leasing. Importa referir que em 2004, quando a decisão final é tomada, a dívida portuguesa era de 58% do PIB; hoje, depois de 5 anos de governo PS, a dívida pública está próximo dos 90% do PIB.

Convém ainda lembrar que todos os Ministros da Defesa socialistas (Veiga Simão, Jaime Gama, Castro Caldas, Rui Pena, Luís Amado e Severiano Teixeira) foram favoráveis à aquisição de submarinos, inscrevendo-a na Lei de Programação Militar; e a decisão de reduzir para 2 foi criticada pelo PS, com o argumento que isso colocaria a capacidade submarina de Portugal ao nível da Argélia. Reconheço que a crítica faz sentido, com base no seguinte: são vários os países oceânicos com tradição marítima que têm e renovam a sua capacidade submarina - Espanha terá 12 (4 actuais; 8 em construção), França 17 (10 actuais; 7em construção), Grécia terá 12 (8 actuais; 4 em construção), Holanda 4, Polónia 5, e até a Albânia, o país modelo do Bloco de Esquerda, teve 2. Deixo de lado as potências económicas ou militares com outra capacidade. Se Portugal abandonasse a capacidade submarina, seria o único país oceânico da Europa a demitir-se da soberania marítima, e a deixar que outros países ocupassem esse vazio.

Portugal tem uma superfície de 92 mil Km2 e uma zona Económica Exclusiva de 1 milhões 658 mil Km2, o 11º ao nível mundial, que pode crescer, uma vez que Portugal apresentou à Comissão dos Limites da Plataforma Continental da ONU uma proposta de extensão dos seus limites para mais 240.000 Km2, que a tornará numa das maiores do mundo, com 3.027.408 Km2. A ciência diz-nos que é nos oceanos e no fundo dos mares que se encontram riquezas e bens por descobrir. O valor do mar português é, por isso, relevante e de potencial enorme: basta referir as pescas, turismo, transportes e comércio marítimos significam mais de 80% dos bens transaccionados, e 90% do comércio intercontinental é feito por mar. Assim, este património precisa de capacidade para o reclamar, proteger e salvaguardar.

As razões militares e estratégicas dão como vital esta componente para a Marinha, para vigilância, reconhecimento e interdição dos nossos mares: é um meio silencioso, furtivo, flexível na utilização, dissimulado na sua presença; nas missões de interesse público, desempenham um papel muito relevante na luta contra o tráfico de droga, pirataria, pesca ilegal, terrorismo, crimes ambientais, entre outros. É impensável ter fragatas (e Portugal tem 5) se não houver meio de as proteger, e sem fragatas deixamos de ter Marinha.

António Almeida Henriques
Vice-presidente Grupo Parlamentar PSD